Dia: 26 de dezembro de 2017

Bondade de final de ano

Michel Temer assinou hoje a MP que reduz a idade mínima para o saque do PIS/Pasep. Homens e mulheres poderão sacar o benefício a partir dos 60 anos.

(mais…)

Pesquisas mexeram com a cabeça de Temer

Recentes pesquisas mexeram na cabeça do presidente Michel Temer. Antes, ele dizia enfaticamente que não disputaria a reeleição. Agora, disse à coluna que só a partir de junho tomará decisões sobre 2018.

Caicó: protesto a caminho!

Se o prefeito de Caicó Robson Batata Araújo não pagar até sexta feira (29) o restante do décimo terceiro salário dos servidores efetivos poderá haver barulho.

Os servidores estão se preparando para gerar protestos.

Município vai realizar licitação para o carnaval de Caicó

O Município de Caicó vai realizar licitação na modalidade de Concorrência, do tipo maior oferta, visando a Permissão de uso precário e a título oneroso de espaço público – solo urbano do Complexo Turístico Ilha de Sant’Ana e do Corredor da Folia para exploração e realização dos festejos culturais do Carnaval 2018.

O recebimento dos documentos para credenciamento dos representantes das empresas será no dia 17 de janeiro de 2018, às 8 horas, na sala das Licitações, na Av. Coronel Martiniano, nº 993, Centro, Caicó.

O Carnaval de Caicó é um evento popular cultural, classificado como a maior folia de rua do Rio Grande do Norte; que a cada ano vem ganhando um número cada vez maior de turistas, não só da região Nordeste, mas sim de todo o Brasil e até do exterior.

Esse período de fevereiro é considerado pelas entidades empresariais – CDL, ACISC e SindVarejo, como o evento que melhor impacta a economia do município, principalmente por ser um período que atrai turistas e injeta recursos diretamente nos setores de comércio e serviços e indiretamente na indústria e agricultura; e gera empregos temporários somado ao período das festas natalinas

Também é importante destacar que o Carnaval de Caicó torna-se relevante do ponto de vista cultural, pois é um dos principais veículos da memória e da identidade coletiva, em especial os relacionados a expressões de música, dança, artesanato.

Reveillon com artistas potiguares na capital potiguar

Shows com artistas potiguares na praia da Redinha e show pirotécnico na ponte Newton Navarro e na praia de Ponta Negra. A Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura (Secult/Funcarte) e graças aos incentivos da Lei Djalma Maranhão, promovem a tradicional virada de ano para todos os gostos e estilos. A programação do próximo dia 31 faz parte do Calendário do Natal em Natal.

A grande festa para a chegada de 2018 reunirá cinco shows musicais no largo ao lado da Igreja de Pedra, a partir das 22 horas. Nara Costa, Sueldo Soaress (show da virada), Dudu Galvão; Panka de Bakana e Frevo do Xico comandam a festança até o dia amanhecer na Redinha. O show pirotécnico na ponte Newton Navarro terá em torno de 12 minutos de duração e depois retomam os shows. O Réveillon da Redinha conta com os patrocínios do Banco do Brasil, viabilizados pelo Programa Djalma Maranhão de Incentivo à Cultura.

Na praia de Ponta Negra acontece o tradicional show pirotécnico em alto mar.

Polícia Militar age rápido e captura dupla acusada de assaltar drogaria em Caicó

Na noite desta terça-feira (26), uma dupla de meliantes realizou um assalto na Drogaria Paraiba, farmácia localizada próximo ao cemitério São Vicente de Paula no bairro Paraíba, em Caicó. Diante da situação, a Polícia Militar tomou conhecimento do crime, agiu rápido e conseguiram localizar e realizar a prisão dos dois assaltantes que estavam armados, logo por trás do Colégio Diocesano Seridoense (CDS).

Os militares já conseguiram identificar os suspeitos do assalto. Um deles é um velho conhecido da Polícia, conhecido como ‘Daniel Canuto’, o qual já foi apreendido enquanto menor de idade devido a assaltos ocorridos no Posto Santa Cruz, bairro Barra Nova, e como também no Supermercado Canaã, bairro Boa Passagem.

Daniel Canuto havia saído recentemente do CDP de Parelhas, onde cumpriu prisão preventiva. O seu comparsa é menor de idade e natural da cidade de Carnaúba dos Dantas. Com a dupla, foi apreendido um revólver calibre 22 com cinco munições intactas.

Por Jair Sampaio

Maioria dos natalenses ainda não sabe em quem vai votar nas eleições de 2018

Mesmo com a aproximação do ano eleitoral, seis em cada dez natalenses ainda não se envolveram com os pleitos para o Governo do Estado e o Senado de 2018, ao ponto de terem preferência por algum possível candidato. O resultado da indiferença do eleitorado está nos números da mais recente pesquisa realizada pelo Instituto Seta, a pedido do Jornal Agora RN.

Segundo o levantamento, realizado de maneira estimulada (no qual os nomes dos eventuais candidatos são apresentados), 42% declararam não saber em quem votar para governador ou não quiseram responder à pesquisa. Além destes, outros 20,8% afirmaram não ter pretensão em votar em nenhum dos nomes colocados, pretendem votar em branco ou vão anular.

A pesquisa para o Senado, por sua vez, foi dividida em duas partes, tendo em vista que duas vagas estarão em disputa no ano que vem. Na primeira lembrança, 38% afirmaram não saber em quem votar ou não quiseram responder aos questionamentos. Já o índice dos que afirmam não querer votar em nenhum dos candidatos, querem votar em branco ou pretendem anular o voto alcançou 26%.

No segundo voto, a indecisão é maior. Nada menos que 80,8% dos entrevistados disseram não saber em quem votar nas eleições de 2018 na segunda vaga para senador.

Quanto à eleição presidencial, o contingente de indefinidos representa quase a metade do eleitorado. 36,5% dos natalenses não sabem ainda em quem pretendem votar. Outros 10,3% declararam que vão anular o voto ou votarão em branco, porque rejeitam todos os possíveis candidatos mencionados.

A pesquisa Agora RN/Seta entrevistou 600 pessoas entre os dias 20 e 22 de dezembro. O intervalo de confiança é de 95%, com margem de erro de 3,5%.

Fátima tem 17,5%; Carlos Eduardo, 11,3%; e Robinson, 7% para o Governo, diz pesquisa

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Seta a pedido do Agora RN mostra que, entre os entrevistados que declararam voto na sondagem para o Governo do Estado, a liderança é da senadora Fátima Bezerra (PT), que apareceu com 17,5% das intenções.

Na sequência dos citados, apareceram com ao menos um dígito o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), com 11,3%; e o atual governador, Robinson Faria (PSD), com 7%.

Não chegaram a 1% o empresário Tião Couto (PSDB, 0,8%), o desembargador Cláudio Santos (sem partido, 0,3%), a vereadora de Grossos Clorisa Linhares (PSDC, 0,3%) e o professor universitário Robério Paulino (PSOL, 0,3%).

Foram entrevistadas 600 pessoas em Natal entre os dias 20 e 22 de dezembro. O intervalo de confiança da sondagem é de 95%, com margem de erro de 3,5%.

Em Natal, Lula e Bolsonaro estão tecnicamente empatados para 2018

A pesquisa realizada pelo Instituto Seta a pedido do Agora RN, divulgada nesta terça-feira, 26, e que trouxe números da corrida para o Governo do Estado e Senado Federal, também sondou as intenções de voto do natalense para a eleição presidencial do ano que vem e constatou que os dois primeiros colocados estão tecnicamente empatados.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que será julgado em janeiro no Tribunal Regional Federal da 4ª Região e poderá se tornar inelegível para a disputa, lidera, com 24% das citações. O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) é o segundo, 23%. A margem de erro da sondagem é 3,5%.

Com apenas um dígito, o terceiro colocado é o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), com 2%. Além dele, foram citados pelos entrevistados o prefeito de São Paulo João Doria (PSDB), com 1,8%; a ex-ministra Marina Silva (Rede), com 1,5%; o apresentador de TV Luciano Huck (sem partido), com 0,8%; e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), com 0,3%.

Não pontuaram o governador de São Paulo Geraldo Alckmin, a deputada estadual gaúcha Manuela D’Ávila (PCdoB) e o senador pelo Paraná Álvaro Dias (Podemos).

Foram entrevistadas 600 pessoas em Natal entre os dias 20 e 22 de dezembro. O intervalo de confiança é de 95%, e a margem de erro é de 3,5%.

Robinson Faria e Fátima Bezerra são os mais rejeitados para o Governo, mostra pesquisa

Atual governador e pré-candidato à reeleição em 2018, o governador Robinson Faria é o mais rejeitado para o cargo pelos natalenses, com 21% das citações.

Depois dele, ainda dentro da margem de erro (que é de 3,5%), a mais rejeitada é Fátima Bezerra, que foi citada por 16% dos entrevistados. Além deles, não são bem absorvidos para o Governo do Estado pelo eleitorado natalense os nomes de Carlos Eduardo Alves (6%), Robério Paulino (2%), Clorisa Linhares (0,8%), Tião Couto (0,5%) e Cláudio Santos (0,3%).

Os números da pesquisa, realizada pelo Instituto Seta a pedido do Agora RN, mostram também que 45,5% não sabem que nome rejeitam ou não quiseram responder ao levantamento e 8% não rejeitam nenhum dos nomes apresentados.

Foram entrevistadas 600 pessoas entre os dias 20 e 22 de dezembro. O intervalo de confiança é 95%, e a margem de erro é de 3,5%, para mais ou menos.

Com 21,5% das citações, José Agripino lidera rejeição para o Senado em Natal

Apesar de liderar as intenções para primeiro voto para o Senado no ano que vem, o senador José Agripino Maia (DEM) é o mais rejeitado pelos natalenses para o cargo, segundo dados da pesquisa realizada pelo Instituto Seta a pedido do Agora RN divulgados nesta segunda-feira, 26. O democrata aparece em primeiro lugar no quesito de maneira isolada, com 21,5% das lembranças.

Além dele, são rejeitados Geraldo Melo (PMDB, 6,8%), Garibaldi Alves Filho (PMDB, 6%), Ney Lopes de Souza (PSD, 3,3%), Zenaide Maia (PR, 3%), Magnólia Figueiredo (SD, 2,5%), Carlos Eduardo Alves (PDT, 1%) e Joanílson de Paula Rêgo (PSDC, 0,5%).

Entre os entrevistados, 47,5% disseram não saber que nome rejeitam ou não quiseram responder à pesquisa. Outros 8% disseram não rejeitar ninguém.

A pesquisa entrevistou 600 pessoas entre 20 e 22 de dezembro. O intervalo de confiança é de 95%, e a margem de erro é de 3,5%.

Persona non grata

Ministério das Relações Exteriores informou nesta terça-feira (26) que irá declarar “persona non grata” o encarregado de negócios da Venezuela no Brasil, Gerardo Antonio Delgado Maldonado. Na prática, com a medida do Itamaraty, ele terá de deixar o país.

A declaração de “persona non grata” a Maldonado acontece três dias após a Venezuela ordenar a expulsão do embaixador do Brasil no país, Ruy Carlos Pereira (relembre no vídeo mais abaixo).

Procurada, a Embaixada da Venezuela em Brasília informou que somente se pronunciará sobre o assunto nesta quarta (25).

Segundo o governo, Maldonado é o atual representante da Venezuela no Brasil porque em maio de 2016 o presidente Nicolás Maduro mandou o embaixador, Alberto Castellar, retornar a Caracas.

(mais…)

Sem previsão dinheiro para o RN

O Ministério da Fazenda vetou socorro financeiro ao Rio Grande do Norte, com base em recomendação do Tribunal de Contas da União. A secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, afirmou nesta terça-feira (26) que uma “ajuda orçamentária está descartada”.

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, tinha a expectativa de receber R$ 600 milhões da União na primeira semana de janeiro. Em texto publicado no Facebook, pede que servidores voltem ao trabalho e diz que pretende pagar até 29 de dezembro salários de novembro.

Após negar que possa ocorrer um socorro financeiro, Ana Paula Vescovi destacou que é necessário “gerar isonomia de tratamento com os entes federativos”.

Servidores só receberão novembro em 2018

O governo do Rio de Janeiro informou nesta terça-feira, 26, que vai pagar na quinta-feira, 28, os salários integrais de novembro de 134.760 servidores ativos, inativos e pensionistas, de todas as categorias, que recebem até R$ 2.805,00 líquidos. Para outros 71.134, os vencimentos de novembro só serão depositados em 2018.

Com os pagamentos do dia 28, que dão, somados, R$ 200 milhões, o Estado terá honrado integralmente os salários de novembro para 84% do funcionalismo público. Os soldos dos 71.134 restantes representam R$ 375,9 milhões. As informações são da Secretaria de Estado de Fazenda.

Em crise há dois anos, o governo já havia feito depósitos no dia 14 (10º dia útil de dezembro) dos ativos da área de educação e do Departamento Geral de Ações Sócio-Educativos (Degase), e ainda dos ativos, aposentados e pensionistas das áreas de segurança e administração penitenciária, além de órgãos vinculados.

Cármen Lúcia nega habeas a Paulo Maluf

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, negou dois pedidos de habeas corpus para o deputado Paulo Maluf (PP-SP), que está preso desde quarta-feira passada. Os pedidos de liberdade para Maluf foram apresentados pelos advogados Eduardo Galil e Antônio José Carvalho Silveira. Na quinta-feira passada, a ministra rejeitou pedido de um outro advogado, Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, para suspender o início do cumprimento da pena de Maluf e, com isso, soltar o deputado.

Galil pediu a soltura de Maluf com o argumento de que a pena prevista para o crime imputado ao deputado já estaria prescrita. O deputado foi condenado pela Primeira Turma do STF em maio deste ano a sete anos, nove meses e dez dias de prisão pela lavagem de US$ 15 milhões. O crime teria ocorrido em 2006, quando ele ainda era prefeito de São Paulo, mas o processo só foi aberto em 2011. Cármen Lúcia os prazos não indicam prescrição de pena.

“Não houve, pois, o transcurso do prazo de seis anos entre a prática do crime e o recebimento da denúncia, entre o recebimento parcial da denúncia e a prolação do acórdão condenatório, pelo que não se há cogitar da extinção da punibilidade pela prescrição, como pretende adefesa”, escreveu a ministra em despacho divulgado nesta terça-feira. O STF ainda não tornou público a decisão sobre o pedido de Silveira.

Procurado pelo GLOBO, Kakay disse que Silveira e Galil não fazem parte do grupo de advogados contratados para defesa de Maluf.

O Globo

Hermano comenta sobre ajuda financeira ao RN

Informo à população potiguar que, enquanto agente público e cidadão, tenho atuado junto às lideranças do meu partido no Congresso Nacional, buscando reforçar o pleito de liberação de recursos financeiros oriundos do Governo Federal para o RN. É tempo de juntarmos forças para amenizar esta crise sem precedentes, que:

1) Tem deixado os servidores estaduais sem os seus devidos salários;

2) Tem prejudicado os fornecedores do Governo do Estado que estão sem receber pelo serviço prestado ou produto fornecido;

3) Tem oferecido à população serviços públicos essenciais – como segurança e saúde – de forma precária;

4) Tem devastado a economia do nosso Estado (como se já não bastasse os efeitos da seca prolongada).

Hermano Morais. Deputado Estadual.

Polícia do RN vai doar sangue


A mobilização dos policiais civis do Rio Grande do Norte contra atraso de salários terá uma ação social, nesta quarta-feira, dia 27 de dezembro. A categoria fará uma doação de sangue coletiva no Hemonorte, no Tirol, em Natal, a partir das 8h30.

“Trata-se de uma ação social importante, que irá ajudar várias pessoas, mas também tem uma representação simbólica, pois, no momento, a única coisa que nós policiais temos a oferecer à sociedade potiguar é o nosso sangue”, afirma o presidente do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança, Nilton Arruda.

Os policiais civis passaram todo o dia desta terça-feira (26) reunidos em assembleia, na sede do SINPOL-RN. Eles foram notificados da decisão judicial que decretou ilegal uma paralisação das forças de segurança.

De acordo com o SINPOL-RN, a categoria, apesar de enfatizar que não está realizando paralisação, quer acatar a decisão. Por isso, o Sindicato enviou um ofício à Delegacia Geral da Polícia Civil solicitando uma reunião para que seja definido como os policiais civis poderão retomar as normalidades dos serviços sem terem dinheiro nem mesmo para se deslocarem para as unidades onde trabalham.

“Nós estamos falando de uma necessidade básica do trabalhador, que é o salário. Hoje, os policiais civis ainda não receberam seus salários de novembro, nem o 13º e também não sabem quando vão receber dezembro. Ou seja, a situação chegou no limite do limite. Por isso, desde a semana passada temos realizado essas mobilizações”, comenta Nilton Arruda.

Ele ainda completa: “Os policiais civis não estão em greve e não estão se negando a trabalhar. Eles não estão indo para as delegacias simplesmente porque não têm dinheiro para combustível ou para passagem de ônibus e também não têm condições psicológicas de desenvolverem atividades complexas estando preocupados como vão pagar as contas e colocar comida em casa”.

O SINPOL-RN espera ser recebido pelo delegado-geral nesta quarta-feira para tratar sobre a decisão judicial. No entanto, ressalta que pela manhã a mobilização terá concentração no Hemonorte. Todos os policiais civis que não estiverem  nas delegacias de plantão ou na central de flagrantes devem se dirigir para o órgão para participar da doação de sangue coletiva.

Pesquisa: Gestão de Carlos Eduardo é reprovada por 65%; a de Robinson Faria, por 73,3%

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Seta a pedido do Agora RN avaliou a percepção do eleitorado natalense quanto à gestão do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT). Cumprindo seu quarto mandato à frente da prefeitura da capital, o pedetista é mal avaliado por mais da metade da população.

Para 65% dos entrevistados, a gestão de Carlos Eduardo é “ruim” ou “péssima”. Segundo o levantamento, 38,5% consideram a administração “péssima”; e outros 26,5%, “ruim”.

Outros 18% classificaram a gestão como “regular”, enquanto 15,8% disseram que a gestão é “boa”. Apenas 1,3% dos entrevistados disseram que o governo é “ótimo”.

O desempenho do governador Robinson Faria (PSD) também foi medido no levantamento. Para 73,3% dos entrevistados, a gestão estadual é “ruim” ou “péssima”. Quase metade (47,8%) considera “péssima”, e outros 25,5% acham que a administração estadual é “ruim”.

O levantamento mostrou também que, para 15% dos natalenses, a gestão é “regular”. Só 11% disseram que a gestão é boa. Ninguém classificou o governo estadual como “ótimo”.

Foram entrevistadas 600 pessoas em Natal entre os dias 20 e 22 de dezembro. O intervalo de confiança da pesquisa é de 95%, e a margem de erro é de 3,5%.

Fundo Especial de Financiamento da Democracia

Os recursos para a campanha eleitoral de 2018, denominado de FUNDO ESPECIAL DE FINANCIAMENTO DA DEMOCRACIA, que será repassados aos partidos políticos, para bancar as despesas de seus candidatos, irá ocasionar sérios problemas nas composições dos nomes que irão concorrer aos pleitos de deputados federais e estaduais.

Se um partido político no RN, receber R$ 2 milhões para custar a campanha para deputado estadual, esses recursos serão divididos igualitariamente entre todos os postulantes da legenda, não podendo nenhum candidato receber numerários diferenciados.

Exemplo: Se uma legenda tiver uma nominata com 30 candidatos a deputado estadual, cada um irá receber o valor de R$ 66 mil.  Caso o Partido só tenha seis postulantes, esses serão aquinhoados com a importância de R$ 333 mil.

Para os grandes partidos políticos, não interessa um número grande de candidatos as eleições proporcionais, preferindo marchar, com um grupo pequeno, para formar coligações com outras legendas, protegendo assim os seus preferidos

TCE/RN esclarece sobre a atuação da Corte na fiscalização da LRF

O Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte vem atuando firme em defesa da Lei de Responsabilidade Fiscal. Não somente com relação ao Executivo Estadual.

Prova disso são as várias auditorias realizadas e em andamento, provocadas por representações do Ministério Público de Contas ou por determinações do Pleno. Sempre proferindo decisões necessárias para os ajustes das contas públicas do Estado, conforme mostram os seguintes pontos:

(mais…)

A decisão da policia militar do RN

Na tarde desta terça-feira (26), a Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares (ASSPMBMRN) foi notificada judicialmente pelo Tribunal de Justiça do RN sobre a decisão da desembargadora Judite Nunes, que acatou o pedido do Governo do Estado e determinou o retorno imediato dos policiais à rotina habitual de trabalho. O setor jurídico da Associação está ciente do caso e tomará as medidas Legais cabíveis. Nesta quarta-feira (27), às 14h, será realizada uma Assembleia Geral, no Clube Tiradentes, para esclarecimento da situação aos policiais e bombeiros.

Não cabe à Associação obrigar seus associados ao retorno normal das atividades de policiamento ostensivo, principalmente contrariando dispositivos legais e de segurança. A decisão de aderir ou não à Operação Segurança com Segurança foi, e ainda é, individual de cada policial e bombeiro. Os militares estaduais atuam em situação precária, se esforçam todos os dias para prestar um bom serviço, mas não têm o reconhecimento do Governo que sequer oferece condições mínimas e adequadas para o trabalho e nem mesmo a garantia do salário mensal em dia.

Policiais cancelam férias para garantir Segurança

Enquanto no Rio Grande do Norte os agentes estão parados há sete dias por causa dos salários atrasados, no Rio de Janeiro a corporação vai suspender as férias de dois mil militares para que a segurança do revellion seja garantida.

Policiais do RN descumprem decisão judicial

Os policiais militares ignoraram a decisão da desembargadora Judite Nunes, decretando a ilegalidade da paralisação no Rio Grande do Norte. Eles continuam de braços cruzados.

José Agripino repudia calúnia

“Desafio a quem esteja espalhando essa mentira a provar que eu tenha estado com qualquer membro do TCU, ministro ou não, ou sequer tenha estado fisicamente no TCU tratando de qualquer assunto que viesse a dificultar interesses do RN, principalmente do funcionalismo público do meu Estado.

Repilo veementemente esta calúnia que, além de me atribuir a força que eu não teria para cometer a perversidade que tentam me atribuir, me imputa a desinteligência de adotar procedimentos que estariam me colocando na contramão da relação positiva que eu sempre tive com o funcionalismo do RN.

Reafirmo minha determinação em continuar solidário com a ação desenvolvida pelo presidente da Câmara dos Deputados, meu companheiro de partido, para que se encontre solução ao impasse criado e que está retardando a liberação dos anunciados recursos, os quais desejo que cheguem e atendam às justas expectativas dos servidores. Servidores que, tenho certeza, desejam continuar a servir à sociedade potiguar”.

Senador José Agripino

Imprensa nacional repercute negativa de ajuda ao RN

Virou destaque no blogue O Antagonista e no Estadão a decisão do Governo Federal de não mais enviar R$ 600 milhões ao Governo do Rio Grande do Norte, como havia prometido. O blogue do Xerife já havia divulgado desde as primeiras horas de ontem.

Kelps mostra postura autoritária no Solidariedade

Presidente do Solidariedade no RN, o deputado estadual Kelps Lima, que prega em seus discursos uma nova política, tem sido mais autoritário no comando da sigla do que os velhos caciques que ele critica. Por causa da postura de Kelps, a legenda está perdendo os três vereadores que possui em Natal e teve a pré-candidato a deputada Priscila Müller expulsa da sigla. Do jeito que vão as coisas, o deputado vai ficar só.

Beto propõe reunião para debater ajuda financeira do Planalto ao RN

Ao ser informado da negativa do Governo Federal em liberar os R$ 600 milhões em ajuda financeira para o Rio Grande do Norte, o deputado federal Beto Rosado (Progressistas) propôs uma reunião entre a bancada do RN em Brasília, o governador Robinson Faria (PSD) e o presidente Michel Temer (PMDB) para debater a situação.

“A ajuda do Governo Federal é importante para resolver essa situação lamentável do atraso no pagamento dos servidores. É uma questão emergencial. Precisamos unir forças e pressionar o presidente em busca desses recursos”, declarou o parlamentar.

Para Beto, o parecer de um procurador do Ministério Público do Trabalho (MPTCU) não pode ser usado como justificativa para negar ajuda a milhares de servidores que estão passando dificuldades. “Parecer é uma recomendação e não uma decisão. O Governo Federal não pode fechar os olhos diante da situação do nosso Estado”, opinou.

Receita Federal vai monitorar 43 mil pessoas e empresas em 2018

Em 2018, aproximadamente 43 mil contribuintes, entre pessoas físicas e jurídicas, serão monitorados de forma especial pela Receita Federal.

Duas portarias publicadas na semana passada estabeleceram os critérios para os acompanhamentos Diferenciado e Especial, que ocorrem todos os anos nas empresas e pessoas físicas que, juntas, correspondem a 60% da arrecadação federal.

Pelas regras, serão submetidos à fiscalização diferenciada 8.969 empresas e 30,7 mil pessoas físicas. Mais 1.023 pessoas jurídicas e 2.377 pessoas físicas serão submetidas ao chamado acompanhamento especial.

Posts Recentes

Posts Recentes

Categorias

Chove em Caicó

A noite deste domingo, 12, inicia com chuva na terra de Sant’Ana. Acompanhada de nuvens carregadas e muitos relâmpagos, a chuva poderá ser forte. Que

Leia Mais

PSD e PSB se reúnem hoje em Natal

O Partido Social Democrático e o Partido Socialista Brasileiro reúnem-se nesta sexta-feira(16) em Natal. A reunião terá início às 14h e ocorrerá no escritório do

Leia Mais