Receita Federal ainda não sabe se vai prorrogar o prazo da declaração

A Receita Federal do Brasil ainda não se mostrou sensível às dificuldades geradas pela pandemia do coronavírus, em relação ao adiamento ou suspensão dos prazos para entrega das declarações de Imposto de Renda deste ano. Ainda está matutando, enquanto os prazos correm.

Questionada nesta segunda-feira, a confirmou apenas que “está avaliando”. Lacônica, sua assessoria informa: “Não há definição”.  A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O secretário da Receita, José Tostes, recebeu no dia 20 um pedido do Sindicato dos Auditores Fiscais para ampliar o prazo para 31 de maio.

Segundo o Sindifisco, a pandemia do vírus e as medidas impostas para combate-lo podem dificultar o recolhimento de documentos do IR.

O secretário José Tostes teve de desmentir informações de que o prazo foi prorrogado. A negativa foi interpretada como definitiva. Só que não.

Apesar das dificuldades, a Receita já recebeu cerca de 6 milhões de declarações e deve receber mais 26 milhões até o fim do prazo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias

O buraco é fundo, né Robinson?

Apesar de o governador Robinson Faria (PSD) afirmar que entregará o governo melhor do que encontrou, as informações apuradas pela equipe de transição sobre as

Leia Mais