Estudantes da Maple Bear Natal vão exercitar a criatividade e o trabalho em equipe em maratona de programação

Vai começar mais uma maratona de programação com muita criatividade, habilidade, superação e trabalho em equipe em busca de uma solução para um problema. É o Hackaton da Maple Bear Natal, em parceria com a Google For Education. A fase preparatória teve início na segunda-feira (25), com alunos do 5º ao 8º ano do ensino fundamental. A etapa final acontece entre os dias 18 e 20 de novembro.

As inscrições foram encerradas nesta quarta-feira (20). 15 equipes com cinco integrantes vão agora passar por um treinamento com os professores da Maple Bear Natal e com a equipe da Google For Education. Isso vai acontecer dentro do ambiente de uma sala de aula virtual, o Google Classroom. Nesse período, os alunos são orientados a desenvolver uma etapa do projeto a cada semana.

“Para a escola, momentos como esses são essenciais, pois atendemos as diretrizes da Base Nacional Comum Curricular, que versa sobre a necessidade do desenvolvimento de habilidades e competências. Ou seja, não apenas conceitos, mas, sim, verdadeiros objetos de conhecimento que são usados para impulsionar o processo de ensino-aprendizagem”, explicou o coordenador do ensino fundamental II da Maple Bear Natal, Olavo Vitorino.

Na maratona de 72 horas de design e programação, que a acontece a partir do dia 18 de novembro, as equipes vão receber uma temática e precisam aprofundar o conteúdo teórico e analítico. Eles vão buscar informações e fazer um protótipo de um jogo na tentativa de resolver o problema proposto. Depois, acontece a programação desse jogo e, ao final, os estudantes defendem o projeto para uma banca avaliadora, formada por professores de todo o Brasil convidados pelo Google For Education.

O objetivo é promover um ambiente onde os estudantes têm a oportunidade de colocar em prática abordagens que promovam a resolução de problemas e a aprendizagem significativa. Assim, o ensino se torna fluído e material, ao mesmo tempo, e não apenas teórico. “O Hackathon vai além de uma maratona de programação. Na verdade, é uma oportunidade de crescer como indivíduo, levando em consideração toda a questão coletiva”, observou o coordenador.

Em 2020, a Maple Bear Natal já havia promovido o I Hackaton Educacional do Nordeste, que aconteceu em outubro. Foi o primeiro evento desse tipo realizado de forma remota na região. O Hackaton foi um sucesso de participação e teve como vencedora a equipe Martian Potassium, formada por cinco alunos do 6º ano do ensino fundamental, que conseguiu concluir a maratona de programação para construção de um jogo e convenceu os jurados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

dezembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 
Categorias