Dia: 18/04/2016

A música preferida de Dilma Rousseff. Ouça

dilma_mala

Nas rádios a música mais solicitada é uma de Pablo que faz uma alusão a presidente Dilma Rousseff que diz assim:

 – Estou indo embora

– A mala já está lá fora

– Vou te deixar (vou te deixar)

– Vou te deixar

Lula recebeu um “jabá” de 3,6 milhões de reais

ter lula chorandoUm laudo da Polícia Federal feito com base na quebra do sigilo fiscal da empreiteira Andrade Gutierrez destaca o pagamento de R$ 3,6 milhões para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entre 2011 e 2014. São valores que “transitaram” por uma conta chamada “overhead” trilhando mesmo percurso do dinheiro que abasteceu empresas investigadas por lavagem de dinheiro de propina alvo da Operação Lava Jato, como firmas ligadas aos operadores financeiros Adir Assad, Fernando “Baiano” Soares, Mário Goes e Julio Gerin Camargo.

“Foram identificados lançamentos contábeis indicativos de pagamentos e doações a empresas e instituições vinculadas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no montante de R$ 3.607.347, entre os anos de 2011 e 2014”, registra o laudo 10/2016, da PF.

 

Cerveró confirma propina a Renan

cervero agora

No depoimento a Sérgio Moro, Nestor Cerveró também confirmou o pagamento de US$ 6 milhões a Renan Calheiros pelo contrato do navio-sonda Petrobras 10000.

Segundo ele, quem fez o repasse foi o operador Jorge Luz.

“Luz foi o operador que pagou os US$ 6 milhões da propina da sonda Petrobrás 10.000, foi o encarregado de pagar ao senador Renan Calheiros”, disse, ao ser questionado pela defesa de Salim Schahin.

O Antagonista

Propostas do governo terão dificuldades de votação na Câmara, diz Cunha

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, afirmou, em entrevista coletiva, que não acredita que matérias relevantes sejam votadas na Casa antes que a abertura do processo de impeachment contra a presidente da República, Dilma Rousseff, seja definida no Senado Federal. Ele informou que não haverá sessões deliberativas na Câmara nesta semana.

“Esta semana a Câmara não vai ter pauta, porque nós trabalhamos sexta, sábado e domingo. Fizemos a sessão mais longa da história do Parlamento, foram quase 43 horas seguidas – de 9 horas da manhã de sexta-feira às 3h45 da madrugada de domingo – depois retornamos no domingo às 14 horas e fomos até meia-noite”, explicou.

Jucá diz que Michel Temer foi decisivo para reeleição de Dilma

romero jucaO presidente nacional do PMDB, senador Romero Jucá (RR), subiu hoje (18) à tribuna do Senado para responder as acusações da presidenta Dilma Rousseff de que o vice-presidente da República, Michel Temer, tem conspirado para tomar o governo e sua posse seria uma forma de eleição indireta.

“Me desculpe a presidente. Não tenho nada contra ela, mas verdades têm de ser ditas. A primeira delas é que a presidente não tem nenhuma condição moral de criticar o vice-presidente Michel Temer, porque, na hora de formar a chapa, ele era o melhor homem do mundo”, disse Jucá no discurso.

Ele lembrou que 42% do PMDB foi contra a formação da chapa com Dilma para a Presidência em 2014, mas a decisão de continuar no governo prevaleceu e Temer foi o indicado para vice. Para o senador, a entrada dele na chapa foi decisiva para que Dilma se reelegesse presidente e, portanto, isso significa que ele terá legitimidade se tomar posse após o impeachment.

Médicos ajuizam ação no STF contra lei que libera ‘pílula do câncer’

fosfoA Associação Médica Brasileira (AMB) ajuizou uma ação direta de inconstitucionalidade (ADI) no Supremo Tribunal Federal contra a lei que liberou a fosfoetanolamina sintética.

Apesar de defensores dizerem que a chamada “pílula do câncer” pode curar tumores, a substância não passou por testes adequados em laboratórios ou em seres humanos e não recebeu o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), responsável por autorizar o uso de medicamentos no país.

Marinha alerta para ondas de até 2,5 metros no litoral do RN

A Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte, emitiu uma nota nesta segunda-feira (18) alertando os navegantes potiguares para a possibilidade de uma ressaca com ondas de até 2,5 metros de altura na área entre as cidades de Maceió (AL) e Touros (RN) a partir das 12h deste segunda até às 6h de quinta-feira (21).

66525374

Renan diz no STF que Senado não terá voto em “função do que a família quer”

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse hoje (18) que não haverá na Casa voto a favor ou contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff em função do que a “família quer ou não”. Após audiência com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, Renan também declarou que o Senado vai “observar todos os prazos” e garantirá o direito de defesa da presidenta.

Renan ironizou as justificativas dos deputados que votaram ontem (18) na sessão em que a Câmara dos Deputados decidiu a abrir procedimento de impedimento de Dilma. Muitos parlamentares afirmaram que seus votos eram em nome de suas famílias. “A Constituição diz que cabe ao Senado processar e julgar. No Senado, com certeza não vai ter voto em função do que a família quer ou não. O julgamento será de mérito, se há ou não crime de responsabilidade. Vamos em todos os momentos do processo nos guiar pelo cumprimento do papel do Senado Federal”, afirmou.

“Jararaca” vai morrer pela boca

19164598

Um laudo da Polícia Federal feito com base na quebra do sigilo fiscal da empreiteira Andrade Gutierrez destaca o pagamento de R$ 3,6 milhões para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entre 2011 e 2014.

São valores que “transitaram” por uma conta chamada “overhead”, trilhando o mesmo percurso do dinheiro que abasteceu empresas investigadas por lavagem de dinheiro de propina alvo da Operação Lava-Jato, como firmas ligadas aos operadores financeiros Adir Assad, Fernando “Baiano” Soares, Mário Goes e Julio Gerin Camargo.

Aesa restringe o uso das águas do Rio Paraíba e da barragem de Acauã

A Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) publicou no Diário Oficial do Estado (DOE), na edição de sábado (16), resolução que dispõe sobre o estabelecimento de restrições ao uso das águas do Rio Paraíba e do açude Acauã. Dentre as determinações, estão proibidos os usos múltiplos, como a agricultura irrigada, aquicultura e piscicultura.

A restrição visa proteger a agricultura de subsistência e o uso da água para consumo urbano, que permanecem autorizadas a utilizar as águas.

A resolução também restringe a vazão regularizada da barragem Acauã a 380 litros por segundo, exceto por um período de 48 horas, quando esta vazão passa para 680 litros por segundo. Aos sábados e domingos, os usos múltiplos da água estão autorizados nos horários estabelecidos pela “tarifa verde”.

CgXRP6EUIAAHt4Q

Governo quer esticar trâmite no Senado para negociar apoios

O governo quer estender ao limite máximo do regimento o rito de aprovação da admissibilidade do processo contra a presidente Dilma Rousseff no Senado para esfriar o clima pró-impeachment que vem da Câmara dos Deputados e usar esse tempo para tentar conquistar os votos ainda possíveis entre os senadores, disseram à Reuters duas fontes governistas.

Renan e Lewandowski vão decidir juntos roteiro do impeachment no Senado

renanL

Os presidentes do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-RJ), informaram hoje (18) que vão decidir em conjunto o rito do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Eles se reuniram no início desta noite, no STF, para definir que as regras serão divulgadas em breve e deverão ser confirmadas pelos demais ministros da Corte após sessão administrativa do tribunal, que ainda não tem data marcada para ocorrer.

Os gabinetes de Lewandowski e Renan estão trabalhando em conjunto para definir o roteiro. O procedimento será o mesmo adotado em 1992, no caso do impeachment do presidente Fernando Collor, quando o Supremo também realizou sessão administrativa.

“Temos quatro parâmetros fundamentais : o regimento interno do Senado, a Lei 1079/1950 [Lei do Impeachment], a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental [ADPF] 378 [julgamento do roteiro do impeachment na Câmara]], e o precedente de 1992 [Collor]. Portanto, vamos nos guiar por esses quatro parâmetros, que definem prazos e procedimentos. Esses prazos já estão nos documentos aos quais me referi. Vamos só objetivar ou especificar o que está nesses quatro parâmetros”, disse Lewandowski.

DEM sai fortalecido com o impeachment de Dilma

O DEM que há anos está “sem representação” no poder sai fortalecido com o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Nas rodas de conversas por Brasília cogita-se que ele ganhe um Ministério num eventual Governo Temer.

Outros já dizem que a legenda não vai querer Ministério nenhum.

Vamos aguardar decantar as ideias.

Mossoró sediará Ciclo de Debates sobre Petróleo, Soberania Energética do país e da Bacia Potiguar

cavalinhos-de-petroleo

No próximo dia 20 de abril, o Instinto Federal do Rio Grande do Norte – IFRN, Campus Mossoró, sediará o I Ciclo de Debates sobre Petróleo direcionado à Soberania Energética do país e a Bacia Potiguar.

O evento terá inicio às 19h no auditório do IFRN, entrada franca. A iniciativa do debate é do Sindicato dos Petroleiros e Petroleiras do Rio Grande do Norte – SINDIPETRO-RN, em parceria com o grêmio estudantil Valdemar dos Pássaros, do IFRN.

O objetivo é discutir as consequências da crise política e econômica no País direcionada ao setor de petróleo e gás no Estado, e os desdobramentos sobre o futuro do Pré-sal brasileiro.

Entre os palestrantes convidados, estão: Márcio Dias, Sociólogo e atual Diretor de Comunicação do Sindipetro/RN; Ricardo Pinheiro, Engenheiro de Petróleo e presidente da AEPET-NS e Eduardo Gagliuffi Peralta, Engenheiro de Petróleo e professor do IFRN, Campus Mossoró.

Rogério Marinho ganha com o impeachment de Dilma

rogerioI

O PSDB presidido no Rio Grande do Norte pelo deputado federal Rogério Marinho, ganhará com o impeachment da presidente Dilma Rousseff. O partido ganhará num eventual Governo Temer cargos no primeiro escalão e poderá ganhar o Ministério Fazenda com a indicação Armínio Fraga.

STF não pode emitir juízo sobre mérito do processo de impeachment, diz ministro

gilmar-mendes-10abrO ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse hoje (18) que a Corte não poderá emitir juízo de valor sobre o mérito do processo do impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Segundo o ministro, apesar de a jurisprudência do STF assegurar o direito ao devido processo legal, ao contraditório e à ampla defesa, o tribunal poderá apenas impugnar eventuais decisões de procedimento, mas não decidir sobre o mérito.

“O tribunal não pode emitir juízo sobre o mérito do processo. Essa é a jurisprudência que vem de lições clássicas do nosso constitucionalismo. Então, me parece que poderemos ter, sim, eventual impugnação quanto a decisões de procedimento”, disse Gilmar, em palestra em um hotel em São Paulo.

Salário mínimo de R$ 946 não representará aumento real, destaca governo

A Secretaria de Orçamento Federal do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão publicou na internet o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2017. Na sexta-feira (15), quando a proposta foi enviada ao Congresso Nacional, os ministros da Fazenda, Nelson Barbosa, e do Planejamento, Valdir Simão, já haviam divulgado parte do conteúdo.

O projeto explicita que o salário mínimo previsto para 2017, de R$ 946, não representará um aumento real ante os R$ 880 pagos hoje. “Vale salientar que, para 2017, não haverá correção real do valor do salário mínimo, pois essa [correção] corresponde ao crescimento real do PIB [Produto Interno Bruto, soma dos bens e serviços produzidos em um país] em 2015, que foi de -3,85%”, diz a proposta do governo.

Temer deverá dar ministério a Henrique Alves

O ex-deputado federal Henrique Alves é o “homem de confiança” do vice-presidente Michel Temer. Amigo próximo do vice-governador deve ganhar o Ministério da Integração Nacional, Casa Civil ou das Cidades.

O fato é que num eventual Governo Micher Temer, Henrique será ministro.

índice

 

Cunha processará deputado que o chamou de gângster

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, vai entrar com uma queixa-crime contra o deputado Glauber Braga (PSOL-RJ), que o chamou de gângster na votação da admissibilidade do processo de impeachment.

Na mesma linha, Cunha e aliados entrarão com representação contra Sílvio Costa no Conselho de Ética da Casa por ter dito que 95% dos deputados são “bandidos” e “canalhas”.

O grupo do presidente da Câmara também vai representar no colegiado contra Jean Wyllys (PSOL-RJ), que cuspiu em direção ao deputado Jair Bolsonaro.

Radar Online

Kassab fará a ponte entre Temer e Robinson no RN

Gilberto Kassab é quem abrirá os caminhos para uma aproximação do governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, com o futuro presidente da República, Michel Temer.

Não pensem que será somente o ex-ministro Henrique Alves que dará as cartas por aqui.

Lula levou uma “surra”

O que é a esquerda brasileira? Um cargo na mão e muitas ideias de jerico na cabeça. A Câmara dos Deputados aplicou neste domingo uma surra histórica em Luiz Inácio Lula da Silva: por 367 votos a 137, autorizou o Senado a abrir o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. Ah, sim: ela também apanhou. Afinal, será a impichada.

Reinaldo Azevedo

21 de setembro: Fim da era Dilma…!

renan (1)Em conversas com integrantes da cúpula do PMDB nesta segunda-feira, 18, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), ressaltou que é preciso ter “cautela” e que o trâmite do processo de impeachment na Casa deve seguir estritamente o que prevê o regimento para se evitar a judicialização por parte do governo.

A previsão dos senadores, colocada na ponta do lápis na reunião, é de que a votação do processo de impeachment, no plenário do Senado, ocorra apenas no dia 21 de setembro, uma quarta-feira. Nessa data, a ministra Cármen Lúcia já terá assumido a presidência do Supremo Tribunal Federal (STF), porque o mandato do atual presidente, Ricardo Lewandowski, expira em 10 de setembro. A posse da ministra está prevista para 14 daquele mês.

Renan esteve reunido ao longo do dia na residência oficial do Senado com o presidente do PMDB em exercício, senador Romero Jucá (RR), e o líder do PMDB do Senado, Eunício Oliveira (CE). O encontro ocorreu menos de um dia após a Câmara aprovar, na noite deste domingo, 17, por 367 votos a favor e 137 contrários, o processo de afastamento da petista.

Governador destaca pioneirismo do RN durante eventos de energias renováveis

robinson_eolica

O governador Robinson Faria destacou a posição de líder do Rio Grande do Norte na geração de energia eólica, durante a fala de abertura do Fórum Nacional Eólico e do Solarinvest 2016, ambos realizados na Escola de Governo Cardeal Dom Eugênio Sales, no Centro Administrativo, em Natal. Os eventos, iniciados nesta segunda-feira, 18, seguem até amanhã, 19, com o propósito de discutir os aspectos regulatórios, operacionais e de política setorial do segmento de energias renováveis.

“Temos hoje o maior número de megawatts instalados, o maior número de turbinas instaladas e as duas cidades com maior geração do Brasil: Parazinho e João Câmara. Com 120 parques eólicos em operação e outros 50 em produção, o RN é responsável pela geração de 2,6 gigawatts. Isso é mais de 30% de toda a geração deste tipo de energia no Brasil”, destacou Robinson Faria.

O chefe do Pode Executivo estadual ainda lembrou que a fonte eólica deve criar até 2019, um total de 35 mil novas vagas de emprego. Só em 2016, a estimativa é que sejam gerados 10 mil empregos, entre diretos e indiretos. Os avanços do segmento são, segundo Robinson, motivados também pelo cumprimento do papel do governo estadual, que não tem medido esforços para dar celeridade à instalação de novos empreendimentos.

É a vez do HUB da TAM, hein Henrique?

O ex-ministro Henrique Eduardo Alves deverá ser o principal interlocutor do Rio Grande do Norte junto ao governo do futuro presidente, Michel Temer. Certo? Certo.

Então nós já podemos articular um movimento pelo HUB da TAM para o nosso Estado, né verdade? Fala aí Henrique.

Lobão vai seguir com o PMDB

edison lobaoEx-ministro de Minas e Energia de Dilma, Edison Lobão aparece no hall dos indecisos no mapa do impeachment no Senado.

A assessoria diz que Lobão seguirá exatamente o que a bancada do PMDB determinar.

Digam aí, petistas…????

cunha_renan

Se o presidente Eduardo Cunha não podia presidir o impeachment na Câmara,o senador Renan Calheiros (com 7 ou 8 processos nas costas) pode presidi-lo no Senado? Digam aí petistas!

Lula “jararaca” vai encarar Temer

ter jararaca

Depois do fracasso das articulações contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai se dedicar a articular a resistência contra um eventual governo Michel Temer. Interlocutores do ex-presidente avaliam que, apesar da derrota, Lula ainda pode se beneficiar com o afastamento de Dilma e chegar a 2018 como candidato de oposição.

Segundo o Instituto Lula, o ex-presidente ainda não decidiu se vai disputar a Presidência pela sexta vez. Mas os sinais são cada vez mais fortes. No sábado (16/04), em ato com manifestantes anti-impeachment, em Brasília, Lula disse que “espera chegar em 2018”. Aliados do ex-presidente dizem que o petista ficou animado com resultado de pesquisas que o colocam na liderança da disputa eleitoral

Dilma se diz indignada com decisão sobre impeachment

dilma_pronunciamento

Um dia após a Câmara dos Deputados aprovar a abertura do seu processo de impeachment, a presidenta Dilma Rousseff disse que se sentiu indignada e injustiçada com a decisão. Ela reafirmou que o processo não tem base de sustentação, repetindo que não cometeu crime de responsabilidade. Dilma contou que assistiu a todas as intervenções dos deputados durante a votação e não viu “uma discussão sobre o crime de responsabilidade, que é a única maneira de se julgar um presidente no Brasil”.

“Injustiça sempre ocorre quando se esmaga o processo de defesa, mas também quando, de uma forma absurda, se acusa alguém por algo, primeiro, que não é crime, e segundo, acusa e ninguém se refere a qual é o problema”, disse. Recorrendo à Constituição, a presidenta disse que o impeachment está previsto, mas “é necessária existência de crime de responsabilidade, para que a pessoa possa ser afastada da Presidência da República”.

Ao repetir várias vezes a palavra injustiça, Dilma disse que poderia bater em apenas uma tecla, de que não há crime, mas afirmou que é importante porque “é a tecla da democracia”. “Os atos pelos quais me acusam foram praticados por outros presidentes antes de mim e não foram considerados atos ilegais ou criminosos. Portanto, quando me sinto indignada e injustiçada, é porque a mim se reserva um tratamento que não se reservou a ninguém. Atos baseados em pareceres técnicos. Nenhum deles beneficia a mim diretamente. Não são atos praticados para que eu enriquecesse indevidamente”, afirmou.

Defesa diz que não há impedimento para que Lula tome posse na Casa Civil

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva argumentou hoje (18) que não há impedimento legal para que Lula assuma a chefia da Casa Civil. Em memorial entregue ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, os advogados também contestaram a validade das gravações de chamadas telefônicas entre Lula e a presidenta Dilma Rousseff divulgadas pelo juiz Sérgio Moro.

Na quarta-feira (20), a Corte deve julgar recurso contra decisão do ministro Gilmar Mendes que suspendeu a posse de Lula no ministério. “A pretensão do PPS e do PSDB de impedir a posse do ex-presidente Lula como ministro não tem respaldo na Constituição e nas leis. Lula não é réu em nenhuma ação penal e muito menos foi condenado. Ele preenche todos os requisitos para assumir o cargo para o qual foi escolhido pela presidenta da República”, argumenta a defesa.

Posts Recentes

Posts Recentes

Categorias

Henrique vira réu

A Justiça aceitou a denúncia do Ministério Público Federal contra o ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB), preso há quase um mês por suspeita de participar

Leia Mais

Dez medidas contra a corrupção?

Lembra do procurador da República Ângelo Goulart Vilela, que falou na Câmara sobre as virtudes das Dez Medidas Contra a Corrupção, propostas pelo Ministério Público

Leia Mais

Rosalba: da alegria a tristeza

Da governadora do Rio Grande do Norte Rosalba Ciarlini durante o sepultamento do ex-presidente do PMDB de Tenente Laurentino Agostino Fernandes hoje à tarde na

Leia Mais