Ciro Gomes diz que experiência fará Carlos Eduardo governador

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) declarou na noite de sábado (22/9) em João Câmara, a 81 quilômetros de Natal, que o Rio Grande do Norte passa por uma crise grave e somente a experiência administrativa do candidato a governador pela coligação 100%RN, ex-prefeito da capital, Carlos Eduardo (PDT) poderá recolocar o Estado em ordem.

Em comício na superlotada Praça Antônio Justino de Souza, Ciro Gomes comparou o caos do Rio Grande do Norte à crise do país e defendeu o preparo do candidato do seu partido ao Governo do Estado: “O Rio Grande do Norte, da mesma forma que o Brasil, não pode se arriscar no fracasso comprovado ou na incapacidade administrativa incompatível com as dificuldades que afligem o povo. O Rio Grande do Norte não deve descartar a experiência e por isso Carlos Eduardo vai ser governador”, pontuou Ciro Gomes.

Carlos Eduardo destacou a necessidade de reflexão do eleitor tanto para presidente quanto para governador. “A nível nacional, a divisão pelo ódio, pelo radicalismo não pode prevalecer sobre a competência de Ciro Gomes. No Rio Grande do Norte, onde haverá segundo turno, ficará claro quem comprova resultados como gestor e quem jamais “administrou nada”.

Eleitores de várias regiões viajaram até João Câmara para acompanhar o comício de Ciro Gomes e Carlos Eduardo. Também foram oradores, o ex-prefeito Maurício Caetano e o atual prefeito Manoel Bernardo, ambos do DEM.

Neste sábado, Carlos Eduardo percorreu a Região do Mato Grande visitando Ceará-Mirim, onde percorreu a feira livre e o comércio, Barra de Maxaranguape, Rio do Fogo e João Câmara.

Uma resposta

  1. Bom dia, Xerife. Há um movimento popular forte se espalhando no RN denominado aposentadoria compulsória. A ideia base é a o povo aposentar velhos caciques da política oligárquica através do voto. Para 2018 o plano maior era Garibaldi e Agripino, pois entendem que Geraldo Melo já foi aposentado há um tempo. Talvez Agripino escape dessa vez pq foi rebaixado a deputado. O movimento fora Alves, que derrubou Henrique em 2014 voltará com força contra Carlos Eduardo no momento certo. Outros nomes também circulam no movimento aposentadoria compulsória no RN.

Deixe um comentário para Xênia Assunção Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

agosto 2022
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias