Ciro Gomes diz que experiência fará Carlos Eduardo governador

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) declarou na noite de sábado (22/9) em João Câmara, a 81 quilômetros de Natal, que o Rio Grande do Norte passa por uma crise grave e somente a experiência administrativa do candidato a governador pela coligação 100%RN, ex-prefeito da capital, Carlos Eduardo (PDT) poderá recolocar o Estado em ordem.

Em comício na superlotada Praça Antônio Justino de Souza, Ciro Gomes comparou o caos do Rio Grande do Norte à crise do país e defendeu o preparo do candidato do seu partido ao Governo do Estado: “O Rio Grande do Norte, da mesma forma que o Brasil, não pode se arriscar no fracasso comprovado ou na incapacidade administrativa incompatível com as dificuldades que afligem o povo. O Rio Grande do Norte não deve descartar a experiência e por isso Carlos Eduardo vai ser governador”, pontuou Ciro Gomes.

Carlos Eduardo destacou a necessidade de reflexão do eleitor tanto para presidente quanto para governador. “A nível nacional, a divisão pelo ódio, pelo radicalismo não pode prevalecer sobre a competência de Ciro Gomes. No Rio Grande do Norte, onde haverá segundo turno, ficará claro quem comprova resultados como gestor e quem jamais “administrou nada”.

Eleitores de várias regiões viajaram até João Câmara para acompanhar o comício de Ciro Gomes e Carlos Eduardo. Também foram oradores, o ex-prefeito Maurício Caetano e o atual prefeito Manoel Bernardo, ambos do DEM.

Neste sábado, Carlos Eduardo percorreu a Região do Mato Grande visitando Ceará-Mirim, onde percorreu a feira livre e o comércio, Barra de Maxaranguape, Rio do Fogo e João Câmara.

Uma resposta

  1. Bom dia, Xerife. Há um movimento popular forte se espalhando no RN denominado aposentadoria compulsória. A ideia base é a o povo aposentar velhos caciques da política oligárquica através do voto. Para 2018 o plano maior era Garibaldi e Agripino, pois entendem que Geraldo Melo já foi aposentado há um tempo. Talvez Agripino escape dessa vez pq foi rebaixado a deputado. O movimento fora Alves, que derrubou Henrique em 2014 voltará com força contra Carlos Eduardo no momento certo. Outros nomes também circulam no movimento aposentadoria compulsória no RN.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

outubro 2021
DSTQQSS
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Categorias