Senadores democratas José Bezerra e Rosalba Ciarlini cobram do BNB agilidade para fazer valer Lei que garante anistia aos agricultores

rosalba ximbica jaja Senadores democratas José Bezerra e Rosalba Ciarlini cobram do BNB agilidade para fazer valer Lei que garante anistia aos agricultoresOs senadores Rosalba Ciarlini e José Bezerra Júnior foram ao superintendente do Banco do Nordeste, José Maria Vilar, cobrar uma explicação sobre a Lei 12.249, já sancionada pelo governo federal, que anistia os agricultores rurais que adquiriam empréstimo de até 10 mil reais, além dos rebates para os devedores de 85 mil, na origem. A Lei foi sancionada em 11 de junho do corrente ano, mas ainda não está em vigor.

“Nós estamos aqui porque há uma angústia dos produtores que nos procuram para dizer que o Banco do Nordeste não está cumprindo o que foi amplamente divulgado nos meios de comunicação de todo país”, disse José Bezerra.

A senadora Rosalba disse que certo dia na região do Trairí as dúvidas eram tantas que durante uma hora em uma emissora de rádio local falou aos produtores rurais sobre a Lei que anistia as dívidas contraídas.

O senador licenciado José Agripino Maia, que também acompanhou a visita, disse que o que mais vê no interior é que os agricultores chegam nas agências do BNB e ninguém sabe orientá-los como proceder.

O presidente José Maria Villar julgou a visita dos senadores oportuna. Afirmou que a expectativa é que nos próximos 15 dias os agricultores já possam ir nas agências do BNB  para que tudo seja operacionalizado.

“Vamos dar uma orientação para que as agências do interior dêem informações mais precisas a população”, garantiu Vilar.

Uma resposta

  1. Depois que inventaram essa história de anistiar dívidas de agricultores, virou moda entre eles tomar emprestado com a deliberada intenção de não pagar. E tem mais uma coisa: sabendo que não dá em nada, muitos nem investem na atividade os recursos que lhes destinam, preferindo comprar picapes, carros bonitos e motos. As leis, em grande parte, no Brasil, são produzidas para amparar os malfeitores, e, nesse aspecto, nada há de incoerência, afinal, um bocado deles as redige.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias