Justiça Estadual determina fim da greve de professores da rede municipal de ensino de Touros

Em caráter liminar, o Tribunal de Justiça, por intermédio do desembargador Cláudio Santos, determinou hoje o imediato retorno dos professores da rede municipal de ensino de Touros à sala de aula. O desembargador estipulou em R$ 5 mil o valor da multa diária a ser paga em caso de desobediência à ordem judicial.

Os professores estão em greve há pouco mais de 90 dias. O Sindicato dos Trabalhadores na Educação, seção de Touros, marcou para esta sexta-feira, a partir das 9 horas, assembleia geral extraordinária da categoria. A expectativa é de que os educadores acatem a decisão judicial e decidam pelo retorno imediato ao trabalho.

Ao conceder tutela antecipada ao pedido de liminar apresentado pela Prefeitura de Touros, o desembargador Cláudio Santos destacou, entre outros argumentos: “Diferentemente do movimento paredista no setor privado, a greve estatutária traz, em si, uma pesada carga de prejuízos à população como um todo” e “A greve dos servidores da educação (…) está causando à coletividade graves danos, inclusive com risco de perda do ano letivo, conforme já vem sendo noticiado por diversos periódicos locais”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

fevereiro 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  
Categorias

Fábio Faria: O pavão

Pouco mais de seis meses depois de tomar posse no comando do Ministério das Comunicações, Fábio Faria conseguiu sem alarde algo que o tornou ainda

Leia Mais

Chuva cai forte sobre o Nordeste

Chuvas volumosas voltaram a ser registradas em diversas áreas do Nordeste neste início de semana. Pelas medições do Instituto Nacional de Meteorologia choveu 104,6 mm

Leia Mais