Penso, logo existo...

Candidatos conhecerão estratégias do projeto ‘Natal Cidade Inteligente’

Onze estratégias para tornar a capital do Rio Grande do Norte uma cidade inteligente com o uso de novas tecnologias associadas ao desenvolvimento sustentável. Essas propostas estão reunidas no documento ‘Natal Cidade Inteligente – Prefeitura Aberta e Cidadão Participante’, um mapeamento feito pelo Sebrae no Rio Grande do Norte, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Federação das Indústrias do Estado do RN (FIERN) e Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (FECOMÉRCIO-RN).

O documento será apresentado aos candidatos que concorrem ao pleito eleitoral de 15 de novembro próximo através de uma live técnica aberta ao público, que será realizada na próxima quinta-feira, às 19h, no canal do YouTube do Instituto Metrópole Digital (IMD), com transmissão nos perfis das instituições parceiras.

O estudo reúne dados sobre as atividades municipais capazes de otimizar o aproveitamento de recursos no ambiente, usando tecnologia para melhorar a qualidade de vida local, como ponto de partida para planejar o espaço urbano e permitir um melhor gerenciamento dos recursos disponíveis pelos gestores públicos.

O conteúdo será apresentado pelo coordenador do Smart Metropolis, professor Frederico Lopes, o presidente do Sinduscon-RN, engenheiro Sílvio Bezerra, e pela professora do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Jane Roberta Barbosa.

O documento destaca 11 áreas essenciais para o desenvolvimento social e econômico da cidade, estimulando a inteligência municipal através do investimento, uso e absorção cultural de tecnologias.  Desde a saúde pública passando pela economia, educação, empreendedorismo, energia, governança, meio ambiente, mobilidade e segurança até tecnologia e urbanismo.

“Essas instituições parceiras, juntamente com o IMD, estão apresentando para os candidatos à Prefeitura de Natal que apostam no conceito de ‘Cidades Inteligentes’ como diferencial competitivo, algumas estratégias para o planejamento de uma gestão municipal criativa e sustentável, usando a tecnologia como uma grande aliada”, afirma o diretor superintendente do Sebrae-RN, José Ferreira de Melo Neto.

Os desafios trazidos pelo ano de 2020 – através de um fato inesperado: a pandemia da COVID-19 – e novos desafios que poderão surgir, oportunizam novos modelos de gestão.  O objetivo da proposta é tornar Natal, que concentra 27% do PIB da indústria potiguar, ainda mais atrativa para novos investimentos do setor.


Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *