Dia: 2/11/2022

Só foi Lula “engabelar” a eleição: Gasolina sobe pela terceira semana seguida nos postos de combustíveis

Apesar de a Petrobras manter congelado há 60 dias o preço do combustível para as refinarias, a gasolina continua subindo de preço nos postos de abastecimento, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Na semana de 23 a 29 de outubro, o combustível teve alta de 0,6%, com preço médio em todo o País de R$ 4,91 por litro, ainda se mantendo abaixo dos R$ 5.

O preço máximo de revenda encontrado pela ANP foi de R$ 7,34 por litro e o mais baixo, de R$ 3,49 por litro.

Já o preço do diesel S10 caiu 0,6%, para uma média de R$ 6,68, com o valor mais alto atingindo R$ 8,49 e o mais baixo, R$ 5,96 por litro.

Gás 0,2% mais barato

Já o Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) de 13 quilos, ou gás de cozinha, teve queda de 0,2% na revenda, para uma média de R$ 109 86. O preço mais alto encontrado pela agência no período foi de R$ 149 e o mais baixo, de R$ 83 por botijão.

Durante a campanha eleitoral encerrada no domingo passado, a queda no preço dos combustíveis foi uma das principais bandeiras que o presidente Jair Bolsonaro utilizou para sinalizar à população que o governo tomara medidas para reduzir o valor do insumo. A zeragem de impostos federais contribuiu para a queda de preços, além da redução dos impostos estaduais, mas também contribuiu para o cenário o fato de o preço do barril do petróleo ter caído nos últimos meses. Essa realidade, porém, mudou nas últimas semanas, devido à instabilidade no cenário internacional, e o preço do petróleo voltou a subir, de forma a pressionar a Petrobras, que ainda assim evitou reajustes.

Conforme o Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), na terça-feira anterior à eleição a gasolina da estatal estava 12 27% (ou R$ 0,46 por litro) mais barata do que os preços internacionais, e o diesel, 14,13% (ou R$ 0,80 por litro). Mesmo sem reajustes nas refinarias, a pressão inflacionária levou a aumentos no preço dos combustíveis nos postos.

O Estado de São Paulo (SP).

Bolsonaro pede fim do bloqueio das rodovias

O presidente Jair Bolsonaro (PL) gravou vídeo nesta 4ª feira (2.nov.2022) pedindo a seus apoiadores que desbloqueiem estradas. Manifestantes estão nas ruas desde domingo (30.out), quando foi proclamada a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições.

“Quero fazer um apelo a você: desobstrua as rodovias. Isso daí não faz parte, no meu entender, dessas manifestações legítimas”, declarou, em vídeo publicado em seus perfis nas redes sociais.

Bolsonaro afirmou estar “chateado”, mas disse ser necessário “ter a cabeça no lugar” e mencionou direitos previstos na Constituição.

“O fechamento de rodovias pelo Brasil prejudica o direito e ir das pessoas. Está lá na nossa Constituição e nós sempre tivemos dentro dessas 4 linhas, tem que respeitar o direito de outras pessoas que estão se movimentando, além do prejuízo a nossa economia”, disse.Poder 360

Assessores de Bolsonaro discutem entrega de faixa a Lula

A entrega da faixa presidencial já começou a ser discutida pelos assessores do presidente Jair Bolsonaro (PL). O ato marca a posse presidencial, realizada no dia 1º de janeiro, no parlatório do Palácio do Planalto.

Conforme informações do Blog da Julia Duailibi, do portal g1, os assessores chegaram a sugerir a parlamentares de partidos do centro, que a entrega da faixa fosse dentro do Palácio do Planalto, sem que fosse acompanhado pela imprensa e pela multidão, a fim de que o presidente não seja exposto.

A ideia, no entanto, foi questionada pelos parlamentares, na terça-feira (1), que falaram que Lula (PT) não aceitaria o ato.

Outra ideia foi proposta: a de que a faixa poderia ser passada pelo vice-presidente Hamilton Mourão, que foi eleito senador pelo Rio Grande do Sul. A proposta foi vista como a mais factível.

O próprio Mourão deu declarações favoráveis à transição democrática e chegou a telefonar para o vice de Lula, Geraldo Alckmin, convidando-o a conhecer a residência oficial da vice-presidência, o Palácio do Jaburu.

Mourão se diz preocupado: “96 milhões não votaram em Lula”

Questionado sobre os protestos de bolsonaristas em todo o país, Hamilton Mourão fala em “sentimento de frustração”, critica a falta de reação da militância à anulação das condenações de Lula e defende a divulgação de um manifesto “dizendo que temos força para bloquear a pauta puramente esquerdista” no Congresso.

“O problema surgiu quando aceitamos passivamente a escandalosa manobra jurídica que, sob um argumento pífio e decorridos 5 anos, anulou os processos e consequentes condenações do Lula.”

Segundo ele, “agora querem que as Forças Armadas deem um golpe e coloquem o País numa situação difícil perante a comunidade internacional”.

“Está na hora de lançar um manifesto explicando isso e dizendo que temos força para bloquear as pautas puramente esquerdistas, além de termos total capacidade de retornarmos muito mais fortes em 26. Precisamos viver para lutar no dia seguinte. Como dizia Churchill, na derrota temos que ter altivez e sermos desafiadores.”

Fla homenageia potiguar após tri da Libertadores e cita Carnaúba dos Dantas (RN): “beijinho na taça”

Após a conquista do tri da Libertadores, o Flamengo fez uma série de posts nesta terça-feira (01) homenageando os heróis da partida contra o Athletico-PR. Um dos homenageados foi o potiguar Ayrton Lucas, natural e Carnaúba dos Dantas e apelidado carinhosamente pelos companheiros de “Beijinho”, devido à sua tatuagem no pescoço, cujo desenho simula uma marca de batom.

Ayrton Lucas foi chamado pelo técnico Dorival Júnior ainda no primeiro tempo, após uma contusão do lateral Felipe Luís. O potiguar foi decisivo na partida ao sofrer a falta que causou a expulsão de Pedro Henrique, no último sábado (29), na final da Libertadores contra o Athlético-PR.

No post, o Flamengo citou a cidade de origem do jogador e elogiou sua participação decisiva no jogo.

Apoiadores do presidente continuam em frente ao 16º Batalhão do Exército, em Natal; Números de manifestantes cresce

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro continuam em frente ao 16º Batalhão do Exército, em Natal, e o número de manifestantes no local cresceu em relação à quantidade que estava presente na manhã desta quarta-feira (2), na avenida Hermes da Fonseca. Com bandeiras do Brasil e vestidos de verde amarelo, eles ocupam as duas vias da avenida, ao som do Hino Nacional.

Cristina Graeml é mais um nome a deixar a Jovem Pan

A comentarista Cristina Graeml é mais um nome a sair da Jovem Pan após as eleições presidenciais de domingo (30). A jornalista fez o anúncio nesta quarta-feira (2). Nos últimos dias, diversos profissionais conservadores, como Caio Coppolla, Guilherme Fiuza e Augusto Nunes, deixaram a emissora.

– Minha bio mudou. Não integro mais o quadro de comentaristas da Jovem Pan News – escreveu Graeml no Twitter.

Colunista do jornal Gazeta do Povo, Cristina Graeml era comentarista política na Jovem Pan e costumava fazer duras críticas ao ex-presidente Lula. Logo após as eleições, na segunda-feira (31), ela usou seu perfil no Twitter para afirmar que era vítima de “censura” da Jovem Pan.

– Sigo sob censura na Jovem Pan, porque é assim que tiranos agem, tentando calar quem não se curva às mentiras oficiais de um sistema aparelhado. Mas estarei logo mais ao vivo na Gazeta do Povo – escreveu ela.

Gusttavo Lima e Leonardo têm shows cancelados devido aos bloqueios dos caminhoneiros

Gusttavo Lima, Leonardo e a dupla George Henrique e Rodrigo tiveram que cancelar os shows, que fariam na noite dessa terça-feira (1º), devido às paralisações organizadas pelos caminhoneiros.

O embaixador, que se apresentaria em Canaã dos Carajás, no Pará, emitiu um comunicado, compartilhado em suas redes sociais, falando sobre o cancelamento, mas informou que não sabe se o show será ganhará uma nova data.

Leonardo cancelou o show que faria em Criciúma, em Santa Catarina, e a dupla sertaneja em Balneário Camboriú, também no estado catarinense.

R7

Multidão bolsonarista protesta em frente ao Comando Militar no RJ

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) se reúnem, na manhã desta quarta-feira (2/11), em pelo menos dois pontos do Rio de Janeiro (RJ), em protesto à derrota nas urnas do atual mandatário brasileiro.

Os manifestantes exibem faixas pedindo “intervenção militar”, e entoam gritos de “prontos para a guerra” e “eu autorizo”. Um dos grupos se concentrou na Avenida Presidente Vargas, no Centro, em frente ao Comando Militar do Leste.

A pista lateral foi interditada, mas ainda não há interrupção no fluxo de carros. Nas imagens, é possível identificar que os veículos foram desviados para as faixas centrais.Outra movimentação foi registrada nas proximidades da Vila Militar, na Zona Oeste da capital fluminense.

A Polícia Militar do Rio de Janeiro (PMRJ) informou que está no local acompanhando de perto as manifestações, em conjunto com o Exército Brasileiro.

Lula deve negociar gasto extra de R$ 200 bilhões no orçamento público de 2023, aponta Guido Mantega

Após vencer as eleições de 2022, o presidente eleito Lula (PT) pretender iniciar nas próximas semanas negociações para aumentar o orçamento público de 2023 em R$ 200 bilhões, de acordo com Guido Mantega, ex-ministro da Fazenda e assessor do petista.

Durante entrevista à agência Reuters, ele afirmou que a prioridade do novo governo será revisar a proposta de orçamento para 2023, a qual ele chamou de “ficção”.

O economista relevou que seria necessário adicionar pelo menos R$ 120 bilhões extras em gastos para cumprir promessas de campanha e investir em programas de assistência social mais amplos. Além disso, o ex-ministro observa que a necessidade de investimentos “emergenciais” em infraestrutura e habitação e demonstrou preocupação com a arrecadação federal caso o crescimento do PIB seja menor do que o esperado.

“Se você olhar para as projeções de mercado, do jeito que as coisas estão indo, o crescimento seria de 0,5%. Se a economia crescer 0,5%, você não terá a receita que deveria receber. Além disso, a inflação será menor, e nós sabemos que a inflação ajuda na arrecadação de impostos”, disse à Reuters.

A equipe de Lula deve negociar um novo acordo para o teto de gastos e implementar algumas reformas orçamentárias, buscando responsabilidade fiscal. Mantega sinalizou que não irá assumir nenhum ministério e que a chapa de de centro-esquerda formada por Lula deve focar em políticas voltadas para combater a pobreza e aumentar os investimentos públicos.

Natália Bonavides poderá ocupa Ministério dos Sem Terra no Governo Lula

Pois não é que estão falando que a amiguinha de Fátima Bezerra que foi candidata a deputada federal, Samanda Alves, está se estremecendo para convencer a Governadora a falar com Lula para indicar a deputada federal Natália Bonavides para Ministra do próximo Governo Petista. Como primeira suplente, ela, Samanda, assumiria a vaga de deputada federal.

Tem casa uma! Mas… como ninguém duvida do Petismo pode ser que Lula crie o Ministério dos Sem Terra para Natália ocupar. Quem sabe.

Esse é o Brasil de Bolsonaro que vem dando certo:Balança comercial registra superávit de US$ 3,92 bilhões em outubro

O bom desempenho da safra de grãos e a recuperação das exportações de carne fizeram o superávit da balança comercial dobrar em outubro. No mês passado, o país exportou US$ 3,921 bilhões a mais do que importou – alta de 90% em relação ao registrado em outubro do ano passado, de US$ 2,064 bilhões. Esse é o terceiro melhor resultado para o mês, só perdendo para outubro de 2020 e de 2018.

De janeiro a outubro, a balança comercial acumula superávit de US$ 51,64 bilhões. Isso representa 11,7% a menos que o registrado nos mesmos meses do ano passado. Apesar do recuo, o saldo é o segundo melhor da história para o período, perdendo apenas para os dez primeiros meses de 2021, quando o superávit tinha fechado em US$ 58,504 bilhões.

No mês passado, o Brasil vendeu US$ 27,299 bilhões para o exterior e comprou US$ 23,378 bilhões. Tanto as importações como as exportações bateram recorde em outubro, desde o início da série histórica, em 1989. As exportações subiram 27,1% em relação a outubro do ano passado, pelo critério da média diária. As importações, no entanto, aumentaram em ritmo maior, 19,8% na mesma comparação.

No caso das exportações, o recorde deve-se mais ao aumento dos embarques do que dos preços internacionais das mercadorias e do que do volume comercializado. No mês passado, o volume de mercadorias exportadas subiu em média 14,4% na comparação com outubro do ano passado, enquanto os preços médios aumentaram 5,7%.

A valorização dos preços das mercadorias vendidas para o exterior poderia ser maior não fosse a queda do minério de ferro, cuja cotação caiu 33,9% na mesma comparação, e por produtos semiacabados de ferro ou de aço, cujo preço recuou 26%, por causa dos lockdown na China, que reduziram a demanda internacional.

Nas importações, a quantidade comprada subiu 6,7%, refletindo a recuperação da economia, mas os preços médios aumentaram em ritmo mais intenso: 11,1%. A alta dos preços foi puxada principalmente por adubos, fertilizantes, petróleo, carvão mineral e trigo, itens que ficaram mais caros após o início da guerra entre Rússia e Ucrânia.

Setores

(mais…)

Multas por bloqueios de rodovias já passam de R$ 5,5 milhões, diz ministério

O Ministério da Justiça e da Segurança Pública informou nesta quarta-feira, 2, que entre 31 de outubro e 1º de novembro foram aplicadas 912 multas a condutores que bloquearam rodovias pelo país, perfazendo o total de R$ 5,5 milhões. Os protestos começaram depois da eleição de domingo 30, em que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) conseguiu se eleger.

De acordo com o ministério, os valores das multas dependem do tipo de infração e podem variar de R$ 5 mil a R$ 17 mil, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). De acordo com o artigo 253-A do Código de Trânsito Brasileiro, é penalizado com infração gravíssima todo e qualquer condutor que utilizar veículo para, deliberadamente, interromper, restringir ou perturbar a circulação na via sem autorização do órgão ou entidade de trânsito.

A pena para essa infração gravíssima é multa de R$ 5 mil e suspensão do direito de dirigir por 12 meses. Como medida administrativa, o infrator pode ter o veículo removido.

Carla Zambelli cria novos perfis após suspensão nas redes sociais

Carla Zambelli divulgou links para novas contas nas redes sociais nesta quarta-feira (2). Os perfis da deputada social foram suspensos pelo TSE após a parlamentar incentivar os protestos de caminhoneiros bolsonaristas que bloquearam as rodovias federais estaduais.

Em suas novas contas, Zambelli disse que foi “censurada” pelo TSE e pediu o apoio de seus seguidores.

“Como vocês sabem, fui censurada pelo TSE. Peço que compartilhem este vídeo em suas redes e espalhem os novos links das novas redes, por favor”, escreveu a parlamentar.

Zambelli postou o vídeo e os links das novas redes em seu canal no Telegram, que continuou no ar.

Militares comentam discurso de Bolsonaro

O breve pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (PL) depois do resultado das eleições foi bem recebido por militares. Na terça-feira 1º, o chefe do Executivo rompeu o silêncio para afirmar que continuará a respeitar a Constituição Federal de 1988. O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, informou que dará início à transição de governo.

“Quando o presidente agradeceu aos 58 milhões de brasileiros que lhe escolheram, automaticamente reconheceu a legitimidade do pleito”, observou o general da reserva Paulo Chagas. Bolsonaro não mencionou, em nenhum momento do discurso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PL), vencedor na disputa pelo Palácio do Planalto.

O general acredita que Bolsonaro agiu corretamente ao condenar a interdição de rodovias por caminhoneiros. “O presidente foi superficial, mas disse o que tinha de dizer”, observou. “Ele qualificou a manifestação como uma manifestação semelhante às convocadas pela esquerda. O recado está dado.”

Ao mesmo tempo, Chagas avalia que o discurso do presidente abre margem para interpretações distintas. “Ele está se colocando sutilmente contra os protestos”, afirmou. “Mas também se posicionou de uma forma política, porque gerou dúvidas nos manifestantes. Esse pessoal está com sangue nos olhos.”

O general alerta para a escalada autoritária dos protestos, visto que eles estão impedindo o fluxo de veículos e provocando desabastecimento nos supermercados. “A manifestação é um direito”, salientou. “Mas você não pode tolher o direito de ir e vir dos brasileiros.”

Vendas de carros caem quase 7% em outubro e 5% no ano

As vendas de veículos novos somaram 180,9 mil unidades em outubro, resultado 6,7% menor do que o do mês anterior. Foi a segunda queda seguida após o melhor resultado mensal do ano obtido em agosto, de 208,6 mil automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus vendidos no País.

Em relação a igual mês do ano passado, as vendas aumentaram 11,5%. No acumulado do ano, somam 1,65 milhão de unidades, queda de 5% em relação aos números do mesmo período de 2021.

Falta de semicondutores para algumas marcas – e consequentemente de alguns modelos -, juros altos para financiamento e expectativas em relação aos resultados das eleições podem ter afastado os consumidores das concessionárias no mês passado.

Os dados do mercado são preliminares. Os oficiais devem ser divulgados nesta quinta, 3, pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Meta

Esse resultado pode dificultar o setor a atingir a meta de encerrar o ano com vendas totais de 2,14 milhões de veículos previstos pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). No mês passado, o presidente da entidade, Márcio de Lima Leite, ressaltou que para chegar a esse número seriam necessárias vendas médias mensais de 212 mil unidades no último trimestre do ano.

O segmento de automóveis e comercias leves somou vendas de 169,2 mil unidades, 6,8% abaixo de setembro e 12,3% melhor do que em outubro de 2021. No ano, foi vendido 1,57 milhão de veículos dessas categorias, volume 3,4% inferior ao de um ano atrás.

A consultoria Bright Consulting ressalta que a participação de vendas diretas no mercado total foi de 51%, ou seja, metade dos negócios no mês passado foi para locadoras e frotistas, fatia que vem se mantendo nessa média nos últimos meses.

(mais…)

Lula quer reunião com Rosa Weber, Pacheco e Lira

O presidente eleito Lula começará a próxima a semana reforçando a busca por estabilidade institucional, estabelecendo diálogo com os poderes Judiciário e Legislativo, movimento que tem sido chamado de “reconstrução nacional”.

Lula estará em Brasília a partir da próxima segunda-feira (7). E a ida à capital inclui reuniões com a ministra Rosa Weber, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF); com Rodrigo Pacheco (PSD-MG), presidente do Senado e do Congresso Nacional; e com Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados.

A previsão é que, passada essa fase de conversas com os chefes dos poderes, Lula viaje para o Egito, onde haverá a conferência do clima (COP27). Lula foi convidado pelo presidente do país, Abdel Fatah al-Sissi.

BOMBA! ESCÂNDALO! – Ministério Público comprova fraude em concurso da Polícia Militar do RN

O Promotor de Justiça Vitor Emanuel de Medeiros Azevedo da Comarca de Natal (RN), determinou a abertura de INQUÉRITO CIVIL para investigar FRAUDES na inscrição de candidatos no Concurso Público para o ingresso no Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar do Estado do RN, sob a FALSA declaração de serem Militares Estaduais.

O representante do Ministério Público, constatou que 43 candidatos que se inscreveram no certame afirmando a condição de MILITAR ESTADUAL, não constam na relação de efetivos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (RN), conforme relação abaixo:

01 – Adriano de Santana Alves

02 – Alderson Franklin de Melo

03 – Alexandre Luiz Honório Barbalho Filho

04 – Alexandre Victor Paiva Pinheiro

05 – Aloisio Oliveira dos Santos Júnior

06 – Anderson Peterson Fonseca Freitas

07 – Antonio Alves da Silva Filho

08 – Antonio Avelino de Morais Júnior

09 – Antonio Fernando de Melo da Silva

10 – Brenna Dayana Melo de Souza

11 – Caio Lucio Souza Lozaco Monteiro

12 – Clemente Cristiano Nascimento França

13 – Dalliany Tavares da Silva

14 – Deyse Medeiros Lucena

15 – Eric Fabricio Rodrigues Barbosa

16 – Fábio José de Oliveira

17 – Felipe Correia de Souza

18 – Fernanda da Silva Rodrigues

19 – Filipe Alberto Ramos Rebouças

20 – Francisca Alaíde da Costa Gomes

21 – Gilendes Gomes de Souza

22 – Glaucia Laise de Araujo Gomes

23 – Isaias Rodrigues da Silva

24 – Israel de Lima Maranhão Ferreira

25 – Italo Felipe de Souza Santos

26 – Jan Bernardo Alves da Silva

27 – Josias Guilherme da Silva Júnior

28 – Julio Cesar de Almeida Falcão

29 – Lidjane Cavalcante dos Santos

30 – Luana de Melo Silva Sotero

31 – Marcelo da Silva

32 – Marcelo dos Santos Silva

33 – Micarla Emanuelly Farias da Silva

34 – Marcio da Silva Santos

35 – Niedson Trajano de Lacerda

36 – Oranice Alves de Lima e Silva

37 – Pedro Vitor Costa Lima

38 – Robert Stefani Melo de Jesus

39 – Rodrigo da Silva Bezerra

40 – Samyla Alves de Oliveira

41 – Tanielli Erica de Oliveira Targino

42 – Teófane Allyton Vasconcelos da Silva

43 – Valdomiro Vieira Santos Segundo

O Promotor de Justiça Vitor Emanuel de Medeiros Azevedo, encaminhou notificação a cada um dos candidatos acima listados para se manifestarem no prazo de 15 dias, por se declararem falsamente a condição de MILITAR DO ESTADO DO RN, para fins de inscrição no Concurso Público para provimento de vagas no Curso de Formação de Oficiais da PM(RN).

A denúncia é gravíssima e a Governadora Petista Fátima Bezerra para provar a sua isenção dessa MARACUTAIA, precisa imediatamente, exonerar do cargo o Secretário de Segurança do Estado, Coronel Araújo, o Comandante Geral da PM – Coronel Alarico e os membros da Comissão designada para organizar o concurso público de preenchimento de vagas para Oficiais da Polícia Militar.

Vários desses falsos Policiais Militares Estaduais, são pessoas ligadas familiarmente a pessoas graduadas da PM, de autoridades do Judiciárias e de políticos.

Criminosos invadem cidade durante a madrugada e explodem correspondente bancário no RN

Um correspondente bancário do banco Bradesco foi explodido por criminosos durante a madrugada desta quarta-feira (2) em Lagoa Salgada, na região do Agreste potiguar.

Segundo moradores da cidade, os bandidos invadiram a cidade no meio da madrugada, atiraram contra prédios públicos e foram em direção ao banco, onde explodiram o caixa eletrônico.

A explosão provocou destruição do prédio onde funciona a agência.

Segundo a Polícia Militar, o caso aconteceu por volta das 3h. Viaturas foram acionadas ao local, mas quando as equipes chegaram, só encontraram o prédio destruído. Cápsulas de pistola e de armas de calibre 12 foram achadas na rua.

A polícia ainda não sabe quantos criminosos participaram do crime e em quantos carros estavam.

G1RN

Em 2018, Haddad não ligou para Bolsonaro e evitou falar em derrota

Ao perder a disputa presidencial para Jair Bolsonaro (então no PSL) em 2018, Fernando Haddad (PT) fez um discurso em 28 de outubro daquele ano em que não reconheceu imediatamente a derrota. O petista tampouco telefonou para o presidente eleito.

“Uma parte expressiva do povo brasileiro precisa ser respeitada nesse momento. Diverge da maioria. Tem um outro projeto de Brasil na cabeça e merece o respeito no dia de hoje”, disse Haddad em 2018.

No dia seguinte, porém, o petista reconheceu que havia perdido a eleição em uma publicação no Twitter. “Presidente Jair Bolsonaro. Desejo-lhe sucesso. Nosso país merece o melhor. Escrevo essa mensagem, hoje, de coração leve, com sinceridade, para que ela estimule o melhor de todos nós. Boa sorte!”, escreveu.

Naquele ano, Haddad também não telefonou para Bolsonaro para cumprimentá-lo pelo resultado, como é comum.Lula estava preso em Curitiba na época por ter sido condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Fábio Faria já bateu asas

Uma ausência chamou a atenção no pronunciamento do presidente. O ministro das Comunicações, Fábio Faria (PP), que também atuou na coordenação da campanha, não esteve presente. Segundo aliados de Faria, ele decidiu retornar para casa, em São Paulo (SP), porque alegou que precisava tirar uns dias para descansar, mas que continuaria ajudando remotamente. Ontem, ele esteve no Palácio do Planalto durante algumas reuniões com o presidente. O ministro afirmou que teve autorização de Bolsonaro para viajar.

Ele voltará em 2026

O deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) avisou ontem, em conversa com jornalistas, que seu pai será mesmo candidato a presidente, em 2026.  Bolsonaro se posicionou, ontem, como principal líder da oposição ao próximo governo.

Manifestações contra a vitória de Lula em rodovias seguem ativas em 16 estados

Ao menos 16 estados brasileiros ainda possuem manifestações ativas em rodovias contra a vitória do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), na madrugada desta quarta-feira (2), segundo levantamento feito pela CNN.

Os bloqueios foram confirmados no Acre, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins.

Os dados foram obtidos junto às Polícias Rodoviárias Federais (PRF) nos estados. Segundo a PRF, até às 2h30min desta quarta, 515 manifestações foram desfeitas pela PRF. O total de ocorrências em rodovias federais no Brasil era de 178 nesta madrugada.

Dez estados e o Distrito Federal confirmaram que não possuem manifestações ativas, são eles: Amapá, Alagoas, Ceará, Goiás, Maranhão, Paráiba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Sergipe.

CNN Brasil

Posts Recentes

Posts Recentes

novembro 2022
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Categorias

Iberê deixa o Hospital

O ex-governador Iberê Ferreira de Souza, deixou hospital. Na semana passada Iberê se submeteu a uma cirurgia para retirada de um nódulo no cérebro. O

Leia Mais

Que o deputado estadual

Ele disse que não me disse!   Eu garanto como ele disse!   Domingo passado, dia 27 de abril, por volta de 22 horas, na

Leia Mais