Dia: 16 de dezembro de 2018

Irritação em Caicó

As duas coisas que mais irritam os caicoenses nos dias atuais: possuir uma linha de celular da TIM e ter comprado um terreno no loteamento Serrote Branco com a promessa de que iria ser construído um Shopping Center no local.

O arrependimento é grande!

Ô povo besta!

A cantora Cláudia Leite, quando foi mandar um alô para um Sindicato que levou uma faixa para divulgar no Carnatal, e não conseguiu ler direito. Foi o bastante para os desocupados de plantão afirmarem que ela fez uma saudação ao Sindicato do Crime. A cantora provavelmente nem sabe da existência dessa organização criminosa. Até onde vai o MiMiMi dessa gente?

É somente uma pergunta.

Cidade entra em pé de guerra por causa de uma estátua de Lampião

Não é só hoje que bandido vira herói pra algumas pessoas. No passado já era assim. O tal Virgulino Lampião foi um desses. O bandido mais temido do sertão, derrotado em Mossoró, ganhou em Talhada-PE uma estátua em sua homenagem. Agora a cidade está em pé de guerra. Parte defende a manutenção do “patrimônio histórico” e a outra a derrubada da apologia ao bandido.

O que danado Ivan Júnior entende de agricultura?

O deputado federal eleito Benes Leocádio acabou indicando o ex-prefeito de Assu e candidato a deputado estadual derrotado Ivan Júnior para ser o Secretário de Agricultura da gestão da governadora petista eleita Fátima Bezerra.

O “alô” foi caro!

O prefeito “substituto” de Natal Álvaro Dias (MDB) recebeu um alô da baiana Cláudia Leitte, que estará no Natal em Natal, com um cachê de R$ 173.500,00. Ô alô caro da bexiga!

Briga por Fátima Bezerra em Assú

A governadora eleita Fátima Bezerra (PT), quando for a Assú, será “torada ao meio“. Por uma mão puxa o deputado estadual George Soares (PR). Pela outra, o ex-prefeito Ivan Júnior (PSD). Vocês cuidado para não torarem a governadora eleita. A briga tá grande!

Antes de se entregar, João de Deus passou mal

João de Deus se entregou à polícia neste domingo por volta das 16h30 numa estrada de terra no município de Abadiânia, em Goiás.

A negociação, publica a Folha, foi feita entre os advogados do médium e o delegado geral da Polícia Civil.

João de Deus se entrega à Justiça

João de Deus se entregou à polícia e foi preso neste domingo (16).

O encontro do médium com as autoridades ocorreu numa encruzilhada de uma estrada de terra no município de Abadiânia, em Goiás.

Pau dos Ferros: O menino X O forasteiro

Se os rumores se confirmarem, em Pau dos Ferros terá uma forte disputa entre o “menino” do deputado estadual Getúlio Rêgo, Leonardo Rêgo (DEM), prefeito da cidade, e o “forasteiro” Galeno Torquato (PSD), que já colocou até um gabinete para despachar no município. O blogue do Xerife soube que Leonardo espera uma maioria histórica, em caso de confirmação deste cenário.

A semelhança de Álvaro Dias com Michel Temer

O prefeito “substituto” de Natal, Álvaro Dias (PDT) não é bem aceito pela classe política do Estado. É cumprimentado educadamente, anda com vereadores, mas sofre certa rejeição por ser prefeito sem ter sido eleito. Mais ou menos como Temer (MDB) na presidência. Agora, claro, resguardadas as circunstâncias em que os dois assumiram.

Garibaldi Alves brinca ao deixar o senado

— Sei que o Senado vai perder muito com a sua ausência, mas vai perder muito menos também, porque eu também vou sair — brincou Garibaldi Alves (MDB), ao comentar o último discurso de Roberto Requião (MDB-PR).

Do senador Garibaldi Alves Filho

Depois de mais de 20 anos de Senado.

Garibaldi Alves Filho ficou em quarto lugar no Rio Grande do Norte.

Investigadores acreditam que João de Deus pode ter fugido do país

Os investigadores das forças-tarefas que atuam no caso João de Deus acreditam que os R$ 35 milhões retirados das contas bancárias do médium possam ser usados para bancar sua fuga do país.

Diz O Globo:

“Outra hipótese levantada é que a remessa de dinheiro seja utilizada, ao menos em parte, para pagar advogados que atuam em sua defesa”.

 

Carlos Eduardo canta… “olha o gelo” pra Álvaro Dias

O ex-prefeito Carlos Eduardo (PDT) deixou o prefeito “substituto” Álvaro Dias sozinho para participar das cerimônias do fim de ano do Natal em Natal e do Carnatal. Carlos não quis emprestar sua popularidade para o emedebista.

Tá!

Contam nos meios políticos que o deputado estadual Nelter Queiroz votou em branco na eleição passada para o governo do Estado.

Tá!

Ipueira: Cessa deverá apoiar Antônio Pessoa

A ex-prefeita Cessa Macedo (DEM) deverá lançar a candidatura de Antônio Pessoa (DEM) contra o prefeito Galego Paiva (MDB) em 2020. Caso a eleição seja polarizada entre os dois, o democrata tem grandes chances de vitória.

PSL começará a sair das mãos de militares para crescer politicamente

O PSL, que em muitos Estados é comandado por militares na reserva, também vai buscar o crescimento na Câmara dos Deputados. Onde o partido não elegeu parlamentar, a sigla será oferecida a um dos eleitos. A ideia é assumir uma hegemonia forte na Câmara para dar força ao governo. Os cargos do Governo Federal nos Estados podem ser bastante úteis nesse objetivo.

Pau dos Ferros: Oposição importa nome de São Miguel pra ter candidato em 2020

Galeno

O nome da oposição para prefeito de Galeno Torquato (PSD) desmoraliza Nílton e Maria Rêgo. Um forasteiro ser a candidato a prefeito enquanto a oposição não tem um nome é desolador.  Os oposicionistas precisam importar um nome de São Miguel para ter candidato contra o prefeito Leonardo Rêgo (DEM) em 2020. Isso é vergonhoso para a oposição e ótimo para Galeno, que de fortalece como deputado do município e da região.

Equipes de Beto e Mineiro preocupadas

Com o julgamento do “caso Kerinho” previsto pelo TSE para a próxima  terça-feira (18), as equipes dos Deputados Beto Rosado (PP) e Fernando Mineiro (PT) estão apreensivas. Alguns funcionários dos dois parlamentares já estão procurando emprego discretamente. Mas, calma. O jogo só termina quando juiz apita e a bola pára de rolar.

Walter Alves está se isolando

Totalmente apático ao jogo político do Estado, o deputado federal Walter Alves (MDB) tem evitado de participar de reuniões tanto com bolsonaristas quanto com oposicionistas. Walter não sabe ainda nem se será governo ou oposição. Ele não está bem. Precisa de tempo para superar o luto da derrota do seu pai, senador Garibaldi Alves.

Wilma de Faria: ela foi a única!

A única política que reinou mesmo no Carnatal foi a ex-governadora Wilma de Faria (in memoriam). Foi Wilma a então prefeita que apoiou o início da micareta e segurou, com todas as críticas. Ela era foliã quase todos os dias e acompanhada por uma gama de aliados. O camarote de Wilma atraía senadores, deputados federais e estaduais. Wilma era um ícone para os cantores baianos, que não paravam de prestar homenagem à mulher que criou um pedaço da Bahia dentro de Natal. Wilma deixou suas marcas e muitas saudades.

Vivaldo Costa levará outra surra de votos

Com o apoio da prefeita Maria Dalva (MDB), conhecida como Miúda, o ex-prefeito Jackson Dantas (MDB) voltará a disputa pelo comando da cidade em 2020, contra o grupo se Vivaldo costa (PSD).

Se Vivaldo ‘se meter’ a lançar candidato levará outra ‘surra de votos’.

“Se Maduro entrar no Brasil, deverá ser preso”

Janaina Paschoal foi ao Twitter defender a iniciativa do novo governo de não convidar o ditador Nicolás Maduro para a posse de Jair Bolsonaro.

“Todo apoio ao futuro Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. Se Maduro entrar no Brasil, deverá ser preso, pelo crimes contra a humanidade continuamente praticados.”

Ação do DEM ameaça 27 deputados

O DEM moveu uma ação no STF questionando as novas regras sobre a divisão de cadeiras remanescentes na Câmara.

O processo pode fazer com que 27 deputados federais eleitos percam a vaga para outros candidatos.

Carla Dickson vê a chance de chegar à Câmara dos Deputados

A proximidade do deputado federal Fábio Faria (PSD) com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) podendo participar do governo, é a chance que a vereadora natalense Carla Dickson (PROS) tem de assumir a vaga na Câmara dos Deputados. Carla é primeira suplente de Fábio.

Kelps e Fernandinho são calos de Álvaro Dias em Natal e Caicó

Se sonha com a reeleição, o prefeito “substituto” de Natal, Álvaro Dias (MDB), terá que enfrentar o deputado Kelps Lima (SD) que já está em pré-campanha. Kelps disputou a prefeitura de Natal em 2016 e ficou em segundo lugar, na frente dos candidatos do PT (Mineiro) e do PSDB (Márcia Maia). O presidente do Solidariedade é natalense e conhece bem os problemas da cidade.

Em Caicó, segundo reduto eleitoral do caicoense Álvaro Dias, a disputa não será fácil e outro nome do Solidariedade também ameaça a liderança do emedebista. O advogado Fernandinho deve disputar a prefeitura pelo Solidariedade e já ganha a simpatia, por exemplo, de eleitores históricos de Manoel Torres. Fernandinho foi candidato a deputado estadual em 2018 e teve mais votos que, Adjuto Dias, o filho de Álvaro.

Donald Trump na posse de Bolsonaro

Ainda não é oficial, mas todos os indícios apontam para a presença do presidente Donald Trump na posse do presidente Jair Bolsonaro, dia 1º. Está em Brasília o escalão precursor do serviço secreto americano, que cuida da segurança presidencial, e seis veículos blindados para uso da comitiva, trazido por aviões de carga da US Air Force. Trump pode até não vir, mas estão criadas as condições para isso.

João de Deus está sumido

Para tentar encontrar João de Deus, a Polícia Civil já realizou buscas em mais de 30 endereços, noticia o G1.

As buscas foram feitas em Goiás e em outros estados.

Bolsonaro diz que pena de morte não será debatida em seu governo

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse hoje (16), em sua conta no Twitter, que o tema pena de morte não será debatido em seu governo. A afirmação foi feita após a publicação de reportagem pelo jornal O Globo neste domingo com o deputado federal reeleito Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Segundo a matéria, o filho do presidente eleito defendeu “a possibilidade de pena de morte para traficantes de drogas, a exemplo do que ocorre na Indonésia, e para autores de crimes hediondos”.

“Em destaque no jornal O Globo de hoje informou que, em meu governo, o assunto pena de morte será motivo de debate. Além de tratar-se de cláusula pétrea da Constituição, não fez parte de minha campanha. Assunto encerrado antes que tornem isso um dos escarcéus propositais diários”, escreveu Jair Bolsonaro em sua postagem.

Posts Recentes

Posts Recentes

Categorias