Dia: 15 de novembro de 2014

José Adécio responde acusação de prática de abuso de poder político

jose adecio DEM

Em nota à imprensa, o deputado estadual José Adécio (DEM) comentou a decisão da Justiça Eleitoral de primeira instância, que o acusa de prática de abuso de poder político, na eleição municipal de Pedro Avelino em 2012. “Não se pode confundir jamais com o mandato para qual foi eleito nas eleições gerais de 2014”, disse o democrata através de sua assessoria.

“Primeiro porque a inelegibilidade deve ser questionada no momento do registro da candidatura conforme dispõe a Lei das Inelegibilidades No 64/90 em seu artigo 3º: Caberá a qualquer candidato, a partido político, coligação ou ao Ministério Público, no prazo de 5 (cinco) dias, contados da publicação do pedido de registro do candidato, impugná-lo em petição fundamentada”, continua a nota.

A assessoria lembra que o fato é que o registro de candidatura do deputado eleito José Adécio já se encontra com trânsito em julgado tendo sido deferido pelo Tribunal Regional Eleitoral do RN. “Ainda que essa decisão da comarca de Pedro Avelino tivesse sido anterior ao registro de candidatura, não teria eficácia para essa eleição visto que a lei é clara no sentido que inelegibilidade só se concretiza com decisão transitada em julgado ou proferida por órgão de colegiado, conforme o artigo 1º da Lei supracitada”, concluiu.

Líderes do PMDB e DEM prestigiam aniversário do pai do prefeito de Bom Jesus

Neste sábado (15), os líderes do PMDB – senador Garibaldi Filho e deputado federal eleito Walter Alves (PMDB) – e do DEM, deputado federal Felipe Maia, prestigiaram o aniversário de Edmundo Aires Melo, pai do prefeito de Bom Jesus, Júnior de Dona Lurdinha (PMDB). O deputado estadual reeleito Hermano Morais (PMDB) também participou do evento na granja da família, em Extremoz.

Lula passa por exames de rotina no Sírio-Libanês

lula campanhaO ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou por exames de rotina, na manhã deste sábado (15), no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Em nota, o Instituto Lula afirma que o político fez uma avaliação oncológica e todos os resultados foram normais. Ele é acompanhado por uma equipe médica desde que teve câncer de laringe, em 2011.

Foram realizados exames físicos, ressonância magnética, entre outros. O procedimento está sendo coordenado pelo cardiologista Roberto Kalil. Lula realizou pela última vez o exame em julho. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteve no Hospital Sírio-Libanês neste sábado (15/11), para a realização de avaliação oncológica rotineira. Todos os exames apresentaram resultados normais.

 

Sem água, animais continuam morrendo na região do Seridó

Situação dos seridoenses com o agravamento da seca e a falta de chuvas piora a cada dia. Com seus principais reservatórios quase vazios, e sem perspectivas de um bom inverno, o homem do campo continua perdendo seu gado, aliás, do pouco que conseguiu manter das recentes estiagens. As fotos registradas pelas lentes do blogue do Marcos Dantas retratam a situação difícil da Zona Rural de Jardim do Seridó.

DSC_0028

DSC_0036

DSC_0038

Eurico Miranda: “Comigo o Vasco vai lutar por títulos”

A vitória da chapa de Eurico Miranda nas eleições vascaínas leva de volta o folclórico cartola ao posto do qual ele parece nunca ter saído: a presidência do clube. Anteontem, antes de chegar à sala de troféus de São Januário para esta entrevista exclusiva ao Estado, ele cumprimentou torcedores, posou para selfies e distribuiu ordens para os funcionários – que o atendiam prontamente mesmo sabendo que Eurico só toma posse no dia 1º de dezembro. “Tenho muito trabalho para fazer”, repetia.

Crítico da administração de Roberto Dinamite, Eurico considera “vergonhoso” o fato de o time ainda não ter conseguido o acesso à Série A, deu a entender que fará mudanças significativas no elenco e admitiu que vai dar ingressos a membros de organizadas. Evitou polêmicas, mas deixou no ar a possibilidade de fazer contratações de peso. “Nunca sonhei com jogador. Quando as pessoas acordavam, esse jogador já estava aqui”, gabou-se.

Lava Jato: Vicentinho diz que PT não vai “acobertar” nenhum investigado

Apesar da preocupação reinante com os desdobramentos da operação Lava-Jato, da Polícia Federal, e do desgaste da imagem do partido, dirigentes do PT tentaram passar ontem um clima de normalidade, mesmo diante da prisão do ex-diretor de Serviços da Petrobras, Renato Duque, e do pedido de prisão de Marice Corrêa de Lima, cunhada do tesoureiro da legenda, João Vaccari Neto. O silêncio sobre o assunto imperou ontem no PT.

O líder do PT na Câmara, deputado Vicentinho (SP), afirmou que o partido não vai “acobertar” nenhum investigado na Operação Lava Jato. Segundo o petista, a prisão de Renato Duque e de funcionários de grandes empreiteiras mostra que a PF tem “independência”. “Mesmo que ele tenha sido indicado pelo PT para a diretoria, ele não foi indicado para cometer crime. Nós não vamos acobertar erros de ninguém”, disse ele a’O Globo.

PM em alerta no Seridó para impedir explosões em caixas eletrônicos

Segundo informações chegadas à Polícia Militar do Seridó, caixas eletrônicos poderiam ser alvos de assaltantes no final de semana. Atenção especial nas cidades de Parelhas, Santana do Seridó, Equador, Carnaúba dos Dantas e Jardim de Seridó.

Em Parelhas, guarnições de rádio patrulhas e GTO passaram a noite desta sexta-feira (14) realizando patrulhamento. Mesmo assim, o setor de inteligência polícia continua em alerta para combater qualquer movimentação suspeita nestas cidades e em outros pontos da região.

Manifestação contra o PT reúne milhares em São Paulo

Manifestação no MASP no Dia da Proclamação da República conta com milhares de pessoas na Avenida Paulista, em São Paulo/SP

Com coro de fora PT e pedidos de impeachment da presidente Dilma Rousseff, cerca de 10.000 pessoas, segundo a Polícia Militar, reuniram-se na tarde deste sábado em frente ao vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp). Para evitar o que chamaram de mal-entendido, parte dos líderes da manifestação fez questão de ressaltar que não era a favor da intervenção militar. Houve uma divisão entre os manifestantes, com os que defendem a intervenção militar seguindo em direção diferente do grupo mais volumoso, que foi para a Praça da Sé.

A polícia foi uma das protagonistas do evento em São Paulo. Líderes dos manifestantes pediram várias vezes aplausos aos policiais, que garantiam um evento “ordeiro”. Cerca de 500 policiais militares acompanhavam a manifestação. O ato, articulado por meio das redes sociais, foi o segundo deste mês contra o PT — o do dia 1º de novembro reuniu 2.500 pessoas. Além da capital paulista, manifestações também foram realizadas em cidades como Brasília, Porto Alegre e Curitiba.

Em Natal, manifestantes fazem protesto contra a corrupção

Neste sábado (15), dia em que o Brasil relembra a Proclamação da República, integrantes do ‘Movimento Brasil Livre’ se reuniram no Largo do colégio Atheneu, no bairro de Petrópolis, para protestar contra a corrupção e fazer oposição ao Governo Federal. Os manifestantes levaram faixas, cartazes e muitos vestiam camisas do Brasil.

De acordo com a médica Nancy Barros, uma das representantes do movimento em Natal, cerca de 300 pessoas passaram pelo local desde às 14h30, horário inicial da manifestação que tem o objetivo de protestar contra “um governo que se mostra muito autoritário autoritário”. A manifestação também ocorreu em outros locais do país como Brasília, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Maceió, e São Paulo, onde de acordo com a Polícia Militar, 10 mil pessoas estiveram presentes.

Tribuna do Norte

Renato Aragão não deve ter contrato renovado com a Globo

São grandes as chances de a Globo não renovar o contrato de Renato Aragão, que vence em 2015. Entre os que podem deixar a emissora no próximo ano estão alguns dos humoristas do “Casseta & Planeta” e atores veteranos do “Zorra Total”.

As informações são da coluna Outro Canal. Mesmo fora do ar na emissora, Renato Aragão tem dado boa audiência ao canal Viva com as reprises da “Turma do Didi”.

Prefeito de Mossoró recebe empresários estrangeiros do setor de energia

biomassa mossoro

O prefeito Francisco José Júnior recebeu nesta sexta-feira, 14, um grupo de investidores estrangeiros no Palácio da Resistência. O grupo que visitou a cidade é formado pelo americano Pavan Reddy, os iranianos Hadi Hosseini e Shahynar Afshar e pelo brasileiro Guilherme Teixeira. Os quatro empresários são responsáveis pela empresa multinacional Carbactiv Energy, voltada ao setor da energia, bioenergia e infraestrutura. Durante a conversa com o prefeito, o grupo de empresários mostrou interesse em conhecer de perto Mossoró e suas potencialidades econômicas e turísticas.

Conforme os empresários, o objetivo da visita é poder conhecer a cidade para fazer futuros investimentos, principalmente no setor da energia e bioenergia. Há cerca de um mês, o prefeito recebeu o empresário americano e o brasileiro. Dessa vez a visita foi com a equipe completa de investidores. “Mossoró é uma vitrine para o Nordeste e para o Brasil. O interesse de empresários em conhecer as potencialidades da cidade mostra a importância de Mossoró no cenário nacional”, destaca Francisco José Júnior.

O grupo de investidores demonstrou muito interesse em saber dos potenciais de energia eólica, solar e da possibilidade de implantar a energia biomassa na cidade. De acordo com os representantes da Carbactiv Energy, a caatinga é um ótimo local para desenvolver a energia biomassa. “Temos interesse em conhecer melhor a cidade e apresentar o nosso projeto de energia mais detalhado. Já estamos no mercado há 25 anos e podemos contribuir com o desenvolvimento nesse setor de energia e infraestrutura”, comenta o empresário iraniano Hadi Hosseini.

Medicina é o curso mais concorrido do vestibular da UERN

ConcorrênciaO curso de Medicina (1º semestre) é o mais concorrido do Processo Seletivo Vocacionado 2015. São 208,60 candidatos por vaga na classificação geral, 48,33 no sistema de cota social e 18 candidatos/vaga na cota de pessoas com deficiência. Os números da concorrência do PSV 2015 foram divulgados hoje (14) pela Comissão Permanente do Vestibular (COMPERVE/UERN), que também publicou a relação de candidatos cotistas nos dois sistemas – Cota Social e Cota de Pessoas com Deficiência.

Medicina (2º semestre) aparece em segundo lugar na concorrência geral com 146 candidatos por vaga (no sistema de cota social são 31,66 candidatos/vaga e 18 candidatos/vaga na cota de pessoas com deficiência). O terceiro curso mais concorrido é o de Odontologia, ofertado no Campus de Caicó, com 113,66 candidatos por vaga na classificação geral (o mesmo curso tem 42,25 candidatos/vaga na cota social e 1 no sistema de cota de pessoas com deficiência.

Para 2015, a UERN oferta 865 vagas pelo PSV, o que equivale a 40% do total que é de 2.184 vagas – 60% das vagas (1.319) serão ofertadas através do Enem/SiSU. O diretor da COMPERVE, prof. Egberto Mesquita, informa que o PSV 2015 teve 15.600 inscritos, porém, após o período de pagamento da taxa, o número de inscrições confirmadas baixou para 8.174 candidatos. As provas do PSV 2014 serão realizadas nos dias 14 e 15 de dezembro nos municípios de Mossoró, Assú, Pau dos Ferros, Patu, Natal e Caicó.

Um ano após prisões, 7 de 20 presos do mensalão cumprem pena em casa

mensalaoG1 Completado um ano neste sábado (15) das primeiras prisões decorrentes do julgamento do mensalão, sete dos 20 condenados a cumprir pena na cadeia estão no regime aberto, pelo qual o preso preso pode ficar em casa.  Outros cinco estão no semiaberto, regime pelo qual trabalham durante o dia e voltam à noite para a prisão. Desses, quatro já pediram progressão de pena para o aberto e aguardam a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

Em regime fechado, estão sete dos condenados no esquema. São os presos que receberam as penas mais elevadas do julgamento. Somente um não cumpre a condenação imposta pelo STF – o ex-diretor de marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, que fugiu para a Itália.

O julgamento do mensalão começou em agosto de 2012 e terminou em março de 2014, com a análise pelos ministros do STF dos últimos recursos dos réus. O entendimento do tribunal foi de que exisitiu um esquema de compra de votos de parlamentares no primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Além dos 20 condenados à prisão, outros quatro tiveram a pena convertida em prestação de serviços (Emerson Palmieri, ex-tesoureiro informal do PTB; Enivaldo Quadrado, ex-dono da corretora Bônus-Banval; José Borba, ex-deputado do PMDB e Breno Fischberg, ex-dono da corretora Bônus-Banval).

As primeiras prisões foram realizadas no dia 15 de novembro de 2013, após o presidente do STF à época, Joaquim Barbosa, expedir 12 mandados ordenando a execução imediata das penas para condenados no processo do mensalão. À época, somente Henrique Pizzolato não se entregou à Polícia Federal já que ele fugiu para a Itália. O primeiro condenado a se entregar foi o deputado federal licenciado e ex-presidente do PT, José Genoino. O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu se entregou em seguida. Os dois petistas se apresentaram à PF em São Paulo.

Em Minas Gerais, os condenados Marcos Valério, Ramon Hollerbach, Simone Vasconcelos, Cristiano Paz, Romeu Queiroz, Kátia Rabello e José Roberto Salgado, todos condenados em regime fechado, também se entregaram naquela data. Jacinto Lamas e Delúbio Soares, que também foram presos há um ano, se apresentaram em Brasília. Delúbio, ex-tesoureiro do PT, se entregou um dia depois.

Os demais condenados foram presos nos meses seguintes, à medida que os mandados eram expedidos pelo STF.

Veja como está a situação de cada um dos 20 condenados à prisão:

Regime aberto
Sete condenados conquistaram o direito de cumprir a pena em casa: José Dirceu (ex-ministro da Casa Civil); José Genoino (ex-presidente do PT); Delúbio Soares (ex-tesoureiro do PT); Bispo Rodrigues (ex-deputado federal); Jacinto Lamas, (ex-tesoureiro do extinto PL); Pedro Henry (ex-deputado federal) e Valdemar Costa Neto (ex-presidente do extinto PL, atual PR).

Esses presos estavam no regime semiaberto e pediram ao STF para progredir para o regime aberto. Eles atendiam o requisito de já ter cumprido um sexto da pena. Para isso, conseguiram abater da condenação total dias correspondentes ao período em que trabalharam fora da prisão. No caso de José Dirceu, ele conseguiu também abater dias por causa de estudos realizados na cadeia.

JOSÉ DIRCEU
– Preso em: 15/11/2013
– Crime: corrupção ativa
– Pena: 7 anos e 11 meses

DELÚBIO SOARES
– Preso em: 16/11/2013
– Crime: corrupção ativa
– Pena: 6 anos e 8 meses

JOSÉ GENOINO
– Preso em: 15/11/2013
– Crime: corrupção ativa
– Pena: 4 anos e 8 meses

BISPO RODRIGUES
– Preso em: 5/12/2013
– Crimes: corrupção passiva e lavagem de dinheiro
– Pena: 6 anos e 3 meses

JACINTO LAMAS
– Preso em: 15/11/2013
– Crimes: corrupção passiva (pena prescrita) e lavagem de dinheiro
– Pena: 5 anos

PEDRO HENRY
– Preso em: 13/12/2013
– Crimes: corrupção passiva e lavagem de dinheiro
– Pena: 7 anos e 2 meses.

VALDEMAR COSTA NETO
– Preso em: 5/12/2013
– Crimes: corrupção passiva e lavagem de dinheiro
– Pena: 7 anos e 10 meses

Regime semiaberto
Dos cinco presos que estão presos no semiaberto (trabalham de dia e voltam à noite para dormir na prisão), quatro já pediram para ir para o regime aberto e aguardam decisão do Supremo Tribunal Federal. São eles: Rogério Tolentino, (ex-advogado de Marcos Valério); Romeu Queiroz (ex-deputado); Pedro Corrêa (ex-deputado federal); João Paulo Cunha (ex-deputado).

Dos presos do semiaberto, somente o ex-deputado e delator do mensalão, Roberto Jefferson, preso em fevereiro e que ainda não cumpriu um sexto da pena, não tem os requisitos para pedir a transferência para o regime aberto.

ROGÉRIO TOLENTINO
– Preso em: 12/12/2103
– Crimes: corrupção ativa, lavagem de dinheiro
– Pena: 6 anos e 2 meses

ROMEU QUEIROZ
– Preso em: 15/11/2013
– Crime: corrupção passiva; lavagem de dinheiro
– Pena: 6 anos e 6 meses

PEDRO CORRÊA
– Preso em: 5/12/2013
– Crimes: corrupção passiva e lavagem de dinheiro
– Pena: 7 anos e 2 meses

ROBERTO JEFFERSON
– Preso em: 24/2/2014
– Crimes: corrupção passiva; lavagem de dinheiro
– Pena: 7 anos e 14 dias

JOÃO PAULO CUNHA
– Preso em 4/2/2014
– Crimes: corrupção passiva, peculato
– Pena: 6 anos e 4 meses

Regime fechado
Os presos que estão no regime fechado desde que foram expedidos os mandados são aqueles que receberam as penas mais elevadas no julgamento – Marcos Valério (operador do esquema do mensalão); Simone Vasconcelos (ex-funcionária de Marcos Valério); Cristiano Paz (ex-sócio de Marcos Valério); Ramon Hollerbach (ex-sócio de Marcos Valério); Kátia Rabello (ex-presidente do Banco Rural); José Roberto Salgado (ex-dirigente do Banco Rural) e Vinícius Samarane (ex-dirigente do Banco Rural). Esses presos ainda não cumpriram um sexto da pena e não têm direito ao semiaberto.

MARCOS VALÉRIO
– Preso em: 15/11/2013
– Crimes: corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro, evasão de divisas
– Pena: 37 anos, 5 meses e 6 dias
– Situação: segundo o advogado de Valério, Marcelo Leonardo, o operador do esquema do mensalão não trabalha na prisão. De acordo com Leonardo, ele conseguiu remir poucos dias de sua pena com estudos.

SIMONE VASCONCELOS
– Presa em: 15/11/2013
– Crimes: formação de quadrilha (prescreveu); corrupção ativa; lavagem de dinheiro; evasão de divisas
– Pena: 12 anos 7 meses e 20 dias
– Situação: segundo o advogado de Simone Vasconcelos, Leonardo Yarochewsky, a condenada está trabalhando com artesanato na penitenciária e também é monitora de cursos para outras presidiárias que estudam, como, por exemplo, para o Enem. Ele informou que Simone Vasconcelos já descontou 30 dias da pena e, pelo cálculo do advogado, o pedido de progressão do regime fechado para o semiaberto poderá ser enviado ao STF no segundo semestre de 2015, entre setembro e outubro.

CRISTIANO PAZ
– Preso em: 15/11/2013
– Crimes: corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro
– Pena: 23 anos, 8 meses e 20 dias
– Situação: o advogado de Cristiano Paz, Castellar Modesto Guimarães Neto, informou que o cliente está realizando trabalhos internos na Papuda, assim como os outros presos. São trabalhos diversos, da rotina do presídio, como limpeza e manutenção do presídio. Além disso, segundo o advogado, Paz já fez alguns cursos profissionalizantes oferecidos pelo Estado. Segundo Castellar, o cálculo de quantos dias foram remidos não pode ser feito com precisão, pois depende do trabalho realizado pelo preso. Ele informou ainda que estuda entrar no STF com pedido de revisão criminal da pena de Paz, pois, no entendimento do advogado, há alguns pontos da condenação de seu cliente que devem ser reconsiderados.

RAMON HOLLERBACH
– Preso em: 15/11/2013
– Crimes: corrupção ativa; peculato; lavagem de dinheiro; evasão de divisas
– Pena: 27 anos, 4 meses e 20 dias
– Situação: segundo o advogado de Hollerbach, Estevão Melo, o condenado está trabalhando na biblioteca da penitenciária e também estuda em cursos oferecidos por entidades conveniadas feitos à distância. Segundo o advogado, Hollerbach já descontou 48 dias da pena mas este número não é preciso, pois há dias de trabalho e estudo que ainda não foram objeto de apreciação da Justiça. Considerando a pena cumprida e o abatimento atual, o advogado informou que o pedido de progressão do regime fechado para o semiaberto poderá ser feito em 16 de abril de 2018.

KÁTIA RABELLO
– Presa em 15/11/2013
– Crimes: lavagem de dinheiro; gestão fraudulenta; evasão de divisas
– Pena: 14 anos e 5 meses.
– Situação: o advogado de Kátia Rabello, Maurício Campos, informou que sua cliente está trabalhando e estudando dentro das possibilidades que são oferecidas internamente para presos do regime fechado. Segundo Campos, a ex-presidente do Banco Rural ainda  não teve declarado período significativo de remição. Por isso, de acordo com o advogado, ainda não é possível estimar data para que Kátia possa pleitear progressão para o regime semiaberto.

JOSÉ ROBERTO SALGADO
– Preso em 15/11/2013
– Crimes: lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta, evasão de divisas
– Pena: 14 anos e 5 meses

O advogado de José Roberto Salgado, Maurício Campos, informou que seu cliente está trabalhando e estudando dentro das possibilidades que são oferecidas internamente para presos do regime fechado. De acordo com Campos, até o dia 31 de agosto deste ano, Salgado já teve descontados 113 dias de sua pena. Segundo o advogado, nesse ritmo, será possível pleitear a mudança do regime fechado para o semiaberto ainda no primeiro semestre de 2015.

VINÍCIUS SAMARANE
– Preso em: 5/12/2013
– Crimes: lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta
– Pena: 8 anos, 9 meses e 10 dias
– Situação: segundo o advogado de Samarane, Maurício de Oliveira Campos, ele realiza trabalhos internos em atividades oferecidas a todos os presos do mesmo regime. Campos informou que o juiz da Vara de Execuções Penais de Contagem calculou, até o dia 31 de agosto, que Samarane já havia remido 97 dias de sua pena. O advogado afirmou que, de acordo com cálculos baseados na informação do juiz, Samarane poderá pleitear, até o fim de dezembro deste ano, a progressão para o regime semiaberto.

Justiça rejeita pedido para libertar executivos presos na Lava Jato

Operação Lava-Jato

A Justiça Federal rejeitou, hoje (15), três pedidos de habeas corpus de dirigentes de empreiteiras presos ontem (14) na sétima fase da Operação Lava Jato, da Polícia Federal (PF). As decisões foram proferidas pela desembargadora Maria de Fátima Freitas Labarrère, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), de Porto Alegre. Nas petições, as defesas de Eduardo Emerlino Leite, diretor da Camargo Correa, e de Agenor Franklin Magalhaes Medeiros e Jose Ricardo Nogueira Breghirolli, ligados a OAS, alegaram que os decretos de prisão são ilegais por não fundamentarem as participações dos acusados dos fatos.

Os advogados de Eduardo Emerlino, que ainda não teve prisão confirmada pela PF, também alegaram questões de saúde para pedir que a prisão preventiva seja tranformada em domiliciliar. Segundo eles, o investigado é portador de hipertensão arterial de “difícil controle, chegando a registrar picos de 19 por 10 [mmHg (milímetros de mercúrio)]”. Na decisões, a desembargadora indeferiu as liminares para libertá-los por entender que não há constranagimento ilegal nas prisões, determinadas pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal, de Curitiba.

Executivo relata “clube” de empreiteiras para ganhar obras da Petrobras

Um dos executivos que aceitaram fazer o acordo de delação premiada com os investigadores da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, confessou que havia um “clube” de empreiteiras para ganhar as licitações da Petrobras. Em depoimento à Polícia Federal e ao Ministério Pùblico Federal (MPF), Augusto Ribeiro de Mendonça Neto, diretor da Toyo Setal, disse que pagou de R$ 50 e 60 milhões em propina ao ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque, um dos presos ontem (14) pela PF, na sétima fase da operação.

De acordo com denúncia apresentada pelo Ministério Público ao juiz Sérgio Moro, responsável pela investigação, as empreiteiras envolvidas no esquema participavam de um cartel para distribuir entre si os contratos com órgãos públicos, principalmente oriundos da Petrobras. Segundo os procuradores, parte dos desvios de recursos públicos eram repassados a partidos políticos por meio do doleiro Alberto Youssef.

No depoimento de delação, Mendonça Neto ressaltou que havia entendimento prévio entre Duque, então diretor de Serviços da Petrobras, de que os contratos que fossem resultantes do clube “deveriam ter constribuições àquele [o clube]” . O diretor também disse que negociou diretamente com Renato Duque e “acertou pagar a quantia de R$ 50 e 60 milhões, o que foi feito entre 2008 a 2011”.

Reabertura: Rádio Caicó AM já articula nome de profissionais

Certo de que reabrirá brevemente a Rádio Caicó AM de sua propriedade fechada por decisão da justiça por causa de dívida com o ECAD, o deputado estadual Vivaldo Costa já está articulando, através de sua assessoria, uma equipe de profissionais do mais alto gabarito para entrar com uma grade de programação forte logo que a emissora entrar no ar.

Vem aí a dança das cadeiras nas rádios locais. Aguardemos, pois.

A Rádio Caicó AM faz muita falta nos meios de comunicação local. Comandada, no passado, pela radialista Suerda Medeiros a emissora alcançou altos índices de audiência.

Executivos presos na Lava Jato entram com habeas corpus na Justiça Federal

Pelo menos nove executivos ligados a empreiteiras que tiveram prisão decretada na sétima fase da Operação Lava jato, da Polícia Federal, entraram hoje (15) com pedidos de habeas corpus no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre (RS), segunda instância da Justiça Federal. Três deles ainda não foram presos, mas entraram com o pedido de revogação da prisão. Os pedidos devem ser analisados neste fim de semana, no plantão judiciário. Deflagrada ontem (14), por determinação do juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal, em Curitiba, a nova fase da operação prendeu 20 acusados, entre eles o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque.

Dos 25 mandadados de prisão recebidos pela PF, cinco não foram cumpridos. Os policiais ainda não conseguiram localizar três executivos da Camargo Correa: Eduardo Emerlino Leite, vice-presidente; João Ricardo Auler, presidente do Conselho de Administração da empresa; e Dalton dos Santos Avancini, diretor-presidente. Aldarico Negromonte Filho, acusado de ter ligaçoes com o doleiro Alberto Youssef e Fernando Antonio Falcão Soares, conhecido como Fernando Baiano, são considerados foragidos.

Os demais presos que entraram com pedido de habeas corpus estão na superintendência da PF, em Curitiba. São eles: Alexandre Portela Barbosa, advogado da empreiteira OAS; e Carlos Eduardo Strauch Albero, diretor da Engevix; José Aldelmário Pinheiro Filho, presidente da OAS; José Ricardo Nogueira Breghirolli, funcionário da OAS; Agenor Franklin Magalhães Medeiros, diretor da Área Internacional da OAS; e Gerson de Mello Almada, vice-presidente da Engevix.

Quadrilha cobrava até R$ 30 mil por fraude no Enem

Quatro pessoas foram presas na última sexta (14) pela Polícia Federal suspeitas de participarem de uma quadrilha que fraudou o Exame Nacional do Ensino Médio de 2013 e 2014. O esquema criminoso atuava na região do Cariri, no sul do Ceará, e cobrava até R$ 30 mil de candidatos interessados em ter ajuda da quadrilha para fazer a prova do Enem. O grupo focava candidatos ao curso de medicina em universidades públicas. A Polícia Federal do Ceará, responsável pela Operação Apollo, não detalhou a forma de atuação da quadrilha.

Durante a aplicação da última edicão do Enem, dois candidatos foram presos em Juazeiro do Norte (CE) no sábado (8) por fraudarem o exame. Inscritos como sabatistas –categoria que tem o direito a fazer a prova após o por-do-sol no sábado–, um homem e uma mulher foram flagrados com o gabarito da prova em seu celular.

Operação Lava Jato: políticos são os próximos alvos da polícia, diz oposição

A oposição avalia que a sétima fase da Operação Lava Jato, deflagrada nesta sexta-feira (14) e que prendeu executivos de empreiteiras suspeitos de envolvimento com desvios da Petrobras, acaba com a “operação abafa” do governo para invalidar investigações da CPI do Congresso que apura irregularidades na estatal.

Líderes do DEM e do PPS afirmaram ainda que, diante do estágio da operação, os políticos serão os próximos alvos. As empresas alvo de ação da Polícia Federal nesta sexta-feira (14), em nova fase da Operação Lava Jato, têm contratos que somam R$ 59 bilhões com a Petrobras.

 

Governo Rosalba já gastou R$ 10,9 milhões em diárias este ano

O acumulado do gasto de diárias do Governo Rosalba Ciarlini este ano chega a R$ 10,9 milhões. Os números estão publicados no Portal da Transparência.

O valor total é de R$ 10.995.337,48. A pasta da Saúde acumula um gasto de R$ 1,484 milhão. A Secretaria de Educação gastou R$ 1,467 milhão.

Já o Detran gastou R$ 985 mil apenas com diárias.

Panorama Político

Morte de agente penitenciário na PB foi ordenada de presídio no Paraná

Menores detidos pela Polícia CivilA morte do agente penitenciário Nicássio Cordeiro de Lima, 33 anos, ocorrida no dia 5 novembro deste ano, no bairro Mario Andreazza, na cidade de Bayeux, na Grande João Pessoa, foi ordenada por dois presidiários, sendo um deles do Presídio Federal de Catanduvas, no Paraná. A informação consta em um relatório sobre o homicídio. Quatro adolescentes foram detidos na noite dessa sexta-feira (14) mesmo bairro onde ocorreu o crime. Eles confessaram a autoria do crime, segundo informou o delegado Pedro Ivo, chefe do Núcleo de Homicídios de Bayeux.

O documento investigativo das Forças de Segurança da Paraíba que o Portal Correio teve acesso, com exclusividade, possui mais de 20 páginas onde a conclusão aponta que o assassinato está relacionado ao combate ao tráfico de drogas na comunidade, onde a vítima morava. Conforme o relatório confeccionado pelo serviço de inteligência do Sistema Penitenciário da Paraíba, o Gisope, semanas antes do crime, as polícias realizaram várias prisões e apreensões de drogas e armas em uma das comunidades do bairro Mario Andreazza, local onde o agente morava, visando desbaratar uma rede de tráfico de droga na região. O grupo suspeitou que o agente estaria repassando informações sigilosas para à Polícia.

Pelé recebe alta e deixa o hospital

Pelé recebe alta e deixa hospital / Luiz Claudio Barbosa/Futura Press/FolhapressPelé recebeu alta na manhã deste sábado e deixou o hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, onde estava internado desde quarta-feira. Aos 74 anos, o ex-jogador passou mal e teve que passar por uma cirurgia para a retirada de cálculos renais.

O Rei do Futebol sofreu uma indisposição estomacal na quarta-feira e foi internado no mesmo dia, viajando de Santos para a capital. Ele teve que cancelar sua participação em um evento no Museu Pelé, em Santos.

Hoje tem vaquejada em Jucurutu

Hoje tem vaquejada na cidade de Jucurutu. A premiação é de R$ 11 mil e 200 reais. Será no Parque Manoelzinho Pereira.

À noite tem forró no clube do vaqueiro com Rodolfo Lopes, Evan e Forró do Namoro e os 4 Forrozeiros.

Assú: Ivan Júnior quer presidir FEMURN para alavancar candidatura de deputado

ivan rosaO prefeito de Assú, Ivan Júnior, não era filiado à Federação dos Municípios do RN (FEMURN), mas decidiu de uma hora para outra se associar e disputar a presidência da entidade.

Segundo contam lá do Vale, o ato não tem nada de altivez. Ivan estaria querendo alavancar sua candidatura a deputado estadual, em 2018.

Robinson não dá atenção para especulação de nomes para seu governo

robinson oeste

O governador eleito Robinson Faria não está dando a mínima atenção “essa turma” que manda “plantar nomes” na imprensa como futuros ocupantes de secretarias estaduais e cargos comissionados da futura gestão.

Para ele tudo não passa de especulação. E tudo passará por uma decisão sua. Claro que também – em alguns momentos – ouvindo os aliados.

Equipe do primeiro escalão de Robinson será anunciada antes do Natal

Aliás…

Alguns nomes para o primeiro, segundo e terceiro escalão e até para guarda municipal já foram escolhidos.

Porém…

O primeiro escalão – principalmente – será anunciado oficialmente somente antes do Natal.

Depois da sua posse que será no dia 18 de dezembro.

Empreiteiras tentaram acordo com Ministério Público antes das prisões

Mônica Bérgamo destaca na Folha que um dia antes da deflagração das prisões de dirigentes de empreiteiras, advogados de quatro delas se reuniram com representantes do Ministério Público em Curitiba. Tentavam chegar a um acordo prévio sobre a contribuição que as empresas poderiam dar às investigações. A conversa chegou a um impasse.

Refratárias à delação premiada, as empreiteiras propuseram um acordo coletivo para que pudessem colaborar, todas juntas e ao mesmo tempo. O Ministério Público refutou. Acha que isso configuraria “cartel da delação”. O MP pretende que cada uma das empresas assine um acordo individual de delação. Até agora, elas estão adotando uma estratégia conjunta, para evitar o que seria a “carnificina” de uma apontar o dedo para as irregularidades da outra. Estavam na reunião advogados da Camargo Corrêa, da Odebrechet, da UTC e da OAS.

Prefeito de Natal vai apertar o cinto para pagar 13º salário

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT): vai apertar o cinto das finanças. Depois de seguidas reduções na transferência de recursos e arrecadação de impostos, a prioridade do executivo natalense será o pagamento a folha de dezembro e o 13º salário do funcionalismo municipal.

Robinson Faria tem que tem cautela com o PT. Senão…

fabio entrevista

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Longe de promover qualquer tipo de intriga.

Mas…

O futuro governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria tem que ter muita cautela com seu mais importante aliado na eleição passada: o PT. Se ele esticar muito a corda o PT mete os pés pelas mãos e vai se sentir o verdadeiro dono do Estado. Vai querer meter o “dedo” em tudo. O PT teve papel importante na eleição de Robinson? Teve! Mas, Robinson por si só e seu grupo de aliados e a vontade espontânea dos eleitores do Rio Grande do Norte pelo desejo de mudança, foram o principal fundamento da sua vitória. Lula teve parcela importante? Teve! Mas não foi o “fator predominante”.

Foi muito feliz e inteligente a colocação do deputado federal reeleito Fábio Faria em entrevista a este blogueiro quanto assim colocou:

O deputado Fábio Faria (PSD) discordou do candidato ao governo do estado pelo PMDB, Henrique Alves, que atribuiu sua derrota ao ex-presidente Lula.  “Não foi Lula que derrubou Henrique. Até porque ele apoiou Fátima Bezerra para prefeitura de Natal em 2008 e ela não venceu. Também apoiou Iberê Ferreira em 2010 para o governo do estado e ele não venceu. A gravação de Lula foi importante, mas não foi fator determinante para a vitória de Robinson. O povo queria mudança”.

Presidente da CPI da Petrobras foi à F-1 à convite da Petrobras

SE SENTIU TOTAL A Petrobras realizou o sonho de metal de Vital do Rêgo, presidente da CPI que a investiga (Foto: Alan Marques/Folhapress)O presidente da CPI da Petrobras, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), já foi bem tratado pela estatal. Em 2011, Vital e sua mulher, Vilauba, assistiram o Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1, em São Paulo, a convite da Petrobras. Camarote VIP, vista privilegiada da pista, acesso ao paddock e um delicioso buffet — tudo de graça. De início, a assessoria de Vital negou que ele tivesse desfrutado esses agrados. Só admitiu quando a revista ÉPOCA mostrou que a prestação de contas do seu gabinete registra gastos públicos com passagens para São Paulo na data do evento. Aí, saiu-se com a versão de que Vital esteve no autódromo “atendendo ao convite da maior empresa brasileira, no maior evento internacional sediado no país”.

Posts Recentes

Posts Recentes

Categorias

Escândalos murcham o PT

Em São Paulo, as pesquisas vão apontando que o PT também será sacrificado pela população. A disputa está polarizada entre Celso Russomano (PRB) e Marta

Leia Mais

Nem o pai e nem o filho

Desgastado politicamente o governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria não compareceu a nenhuma solenidade da festa de Nossa Senhora da Apresentação recentemente encerrada

Leia Mais

Deputados são pressionados pelo WhatsApp

Deputados estão sendo pressionados pelas redes sociais e até mesmo pelo WhatsApp para votar a favor do recebimento da denúncia contra o presidente Michel Temer. Um deputado do PP mostrou

Leia Mais

Avançando com Robinson Faria

O AVANTE, comandando por Karla Veruska, mulher de Raniere Barbosa, fechou mesmo participação na chapa do governador Robinson Faria (PSD). Barbosa que é presidente da

Leia Mais