Bate-boca virtual entre Ciro e Dilma trinca mais esquerda e reflete no RN

Da Folha 

O presidenciável Ciro Gomes (PDT-CE) bateu boca com a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) nas redes sociais nesta quarta-feira (13). Ele disse que errou quando lutou contra “o impeachment de uma das pessoas mais incompetentes, inapetentes e presunçosas que já passaram pela Presidência”, citando o nome da petista.

A mensagem é uma reação a uma publicação feita mais cedo nesta quarta pela ex-presidente em que ela afirma que Ciro estaria tentando “de todas as formas” reagir à sua “baixa aprovação popular”.

“Mais uma vez mente de maneira descarada, mergulhando no fundo do poço”, escreveu Dilma.

“O problema, para ele, é que usa este método há muito tempo e continua há quase uma década com apenas 1 dígito nas pesquisas”, seguiu a petista. Ciro ainda disse que, na época do impechament de Dilma, ele estava defendendo a “integridade do cargo” que ela “toscamente ocupava”. “Se hoje você prefere estar ao lado dos que a traíram, obrigado por me poupar da sua incômoda companhia”, seguiu.

Ele afirmou também que Lula foi um “dos maiores responsáveis pela desestabilização” do mandato de Dilma pois, segundo ele, o ex-presidente teria passado anos falando mal de Dilma durante seus dois governos.

Em sua última postagem, Dilma chamou o ex-ministro de “presunçoso” e “misógino”. Também citou a fala do pedetista, que disse que errou ao lutar contra o impeachment da petista.

Segundo ela, “Ciro se diz arrependido de ter defendido a democracia”, e agora utiliza argumentos “golpistas”. Dilma ainda comparou Ciro ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). “Ambos adoram quando os alvos de suas agressões reagem. Precisam disso para obter likes e espaço na mídia. É disso que se alimentam”.

 TL COMENTA 

O episódio ocorre depois de uma trégua prometida por Ciro Gomes até o Natal e tem um beneficiário direto: o presidente Jair Bolsonaro, que fica poupado das estocadas do seu principal adversário, o PT de Lula e cia.

O episódio também tem reflexos na política do Rio Grande do Norte . Um natural distanciamento entre os projetos da governadora Fátima e o ex-prefeito Carlos Eduardo.

Isso, claro, se o presidente do PDT se mantiver no palanque de Ciro e Luppi em 2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

outubro 2021
DSTQQSS
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Categorias

A FINECAP de Pau dos Ferros

A expectativa dos organizadores é que durante os três dias da FINECAP mais de 200 mil pessoas circulem na Praça de Eventos, movimentando a economia

Leia Mais