Dia: 1 de novembro de 2010

Fogo amigo

Depois da solenidade para comemorar a vitória de Dilma Rousseff (PT), ontem (31), o senador Garibaldi Filho (PMDB) deixou o Hotel Naum acompanhado por uma comitiva do Partido Verde.

Garibaldi saiu ao lado da prefeita de Natal, Micarla de Souza (foto), do marido dela, Miguel Weber, e do deputado federal eleito pela legenda, Paulo Wagner.

Antes de embarcar para Natal, o grupo ainda parou para comer numa lanchonete.

Henrique Alves: “Não vou para o pau com o PT”

O deputado federal Henrique Alves, do PMDB, anda confidenciando a políticos aliados que não vai “para o pau” com PT, em relação à disputa para a presidência da Câmara dos Deputados.

Com isso, o nome do primo-senador, Garibaldi Filho (PMDB), entra na disputa para presidir o Senado da República.

Já têm petistas, pelos corredores do poder em Brasília, chamando Garibaldi de presidente.

E viva o Nordeste brasileiro!!! Que tenha eleito Dilma ou não…

Já que existe no sul esse conceito
Que o nordeste é ruim, seco e ingrato
Já que existe a separação de fato
É preciso torná-la de direito
Quando um dia qualquer isso for feito
Todos dois vão lucrar imensamente
Começando uma vida diferente
De que a gente até hoje tem vivido
Imagina o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente
Dividindo a partir de Salvador
O nordeste seria outro país
Vigoroso, leal, rico e feliz
Sem dever a ninguém no exterior
Jangadeiro seria o senador
O cassaco de roça era o suplente
Cantador de viola o presidente
O vaqueiro era o líder do partido
Imagina o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente
Em Recife o distrito industrial
O idioma ia ser nordestinense
A bandeira de renda cearense
“Asa Branca” era o hino nacional
O folheto era o símbolo oficial
A moeda, o tostão de antigamente
Conselheiro seria o inconfidente
Lampião, o herói inesquecido
Imagina o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente
O Brasil ia ter de importar
Do nordeste algodão, cana, caju
Carnaúba, laranja, babaçu
Abacaxi e o sal de cozinhar
O arroz, o agave do lugar
O petróleo, a cebola, o aguardente
O nordeste é auto-suficiente
O seu lucro seria garantido
Imagina o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente
Se isso aí se tornar realidade
E alguém do Brasil nos visitar+
Nesse nosso país vai encontrar
Confiança, respeito e amizade
Tem o pão repartido na metade,
Temo prato na mesa, a cama quente
Brasileiro será irmão da gente
Vai pra lá que será bem recebido
Imagina o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente
Eu não quero, com isso, que vocês
Imaginem que eu tento ser grosseiro
Pois se lembrem que o povo brasileiro
É amigo do povo português
Se um dia a separação se fez
Todos os dois se respeitam no presente
Se isso aí já deu certo antigamente
Nesse exemplo concreto e conhecido
Imagina o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente
Povo do meu Brasil
Políticos brasileiros
Não pensem que vocês nos enganam
Porque nosso povo não é besta

Elba Ramalho, uma das nordestinas mais consagradas pelo mundo, canta pra gente Nordestes Independente:

Agripino termina campanha no zero a zero, segundo site

Segundo análise do portal UOL, na sessão Eleições 2010, o senador José Agripino (DEM) terminou o pleito praticamente zerado, falando em termos de consolidação política:

“Líder do DEM no Senado, conseguiu se reeleger apesar da dura oposição a Lula nos últimos oito anos. Mas teve de amenizar o discurso e fazer elogios ocasionais ao presidente. A inimizade declarada com a presidente eleita não o ajuda a dialogar com o Palácio do Planalto”, afirmou o UOL Eleições.

Podia ser bem pior, já que Agripino poderia se incorporar ao grupo dos políticos que saíram totalmente desprestigiados: Ciro Gomes, Fernando Collor, Heloísa Helena…

Rosalba Ciarlini participa neste momento da missa de aniversário de Vivaldo Costa em Caicó

Está sendo celebrada neste momento na capela do Hospital do Seridó a missa de aniversário dos 71 anos do deputado estadual eleito Vivaldo Costa (PR).

Estão presentes a senadora e governadora eleita Rosalba Ciarlini (DEM), a vice-prefeita de Mossoró Ruth Ciarlini (DEM), o ex-deputado e primeiro-damo do Estado, Carlos Augusto Rosado, a suplente de senadora Ivonete Dantas, (PMDB) prefeitos e lideranças políticas do Seridó.

Após a missa, Vivaldo oferecerá um jantar a Rosalba e um seleto grupo de convidados.

Em seguida fará uma grande festa para o povo nas ruas de Caicó: O Papa-Folia, uma espécie de carnaval fora de época que reúne pelo menos 3 atrações tocando o ritmo de axé. Vivaldo e Rosalba e comitiva estarão em cima do Trio Elétrico.

Prefeitura de Currais Novos abriu inscrições para concurso hoje (1º)

A prefeitura de Currais Novos lançou edital, em parceria com a Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do RN (Funcern), de concurso público para provimento de 107 vagas nos níveis médio e superior.

As inscrições podem ser feitas no site da Funcern, www.funcern.br, ou presencialmente, no IFRN – Campus Currais Novos (localizado à rua Manoel Lopes Filho, 733), a partir de hoje (1º) até 12 de novembro, com taxas de R$ 60 (nível médio) e R$ 80 (nível superior).

 Os cargos oferecidos são para Agente Comunitário de Saúde, Agente de Controle de Endemias, Auxiliar de Saúde Bucal, Auxiliar de Enfermagem, Assistente Social, Enfermeiro, Odontólogo, Psicólogo, Médico, Médico Psiquiatra e Terapeuta Ocupacional. Os profissionais atuarão no Programa de Saúde da Família (PSF), Centro de Especialização em Odontologia (CEO) e Centros de Atenção Psicossocial (CAPs).

A data para aplicação das provas está prevista para o dia 05 de dezembro.

Sujou pra Henrique e limpou pra Garibaldi

Deu na Coluna de Cláudio Humberto:

O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT), defendeu nesta segunda (1º) que o PT escolha seu candidato à presidência da Câmara até o final deste mês. Ele é um dos postulantes à vaga. O PT conquistou a maior bancada da Casa nas urnas. O PMDB ficou com a segunda, mas também quer a presidência. Os dois partidos tentarão um acordo para evitar racha na base aliada.

Vaccarezza (na foto) defendeu ainda que a discussão de um acordo futuro com o PMDB envolva Câmara e Senado. Na outra Casa, o PMDB tem a maior bancada e o PT a segunda. “O ideal seria fazer um acordo de rodízio. Agora seria o PT na Câmara e o PMDB no Senado e daqui a dois anos o PMDB aqui e o PT no Senado”, disse Vaccarezza.

O blog comenta: Diante da proposta de Vaccarezza o senador Garibaldi Alves (PMDB) poderá entrar na briga pela presidência do senado.

João Maia: de olho no governo e no senado em 2014

O deputado federal seridoense João Maia (PR) não será mais candidato à reeleição. Não existe a menor hipótese.

João será candidato a governador ou a única vaga de senador nas eleições de 2014 pela oposição. Tem em seu poder, talvez, o partido mais organizado do Rio Grande do Norte: o Partido da República. Competência não lhe falta. E o caminho está livre. João não vai deixar o cavalo passar selado dessa vez.

De quebra, ainda tem Dilma Rousseff ao seu lado.

Quem viver verá. E todos viveremos!

E tenho dito. Aposto meus “eggs”.

Suplentes de Henrique Alves e João Maia de rabo cheio

O suplente do deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB) mande ajeitar o paletó.

Também o suplente do deputado federal João Maia (PR).

Pode ser que…

Um dos deles assuma um ministério no governo da presidente Dilma Rousseff. Comentário que circulou hoje em Brasília.

Maiores chances para Henrique se ele não chegar a presidência da câmara dos deputados.

Preconceito contra nordestinos no Twitter gera protestos

Um post infeliz da usuária @mayarapetruso quando comentava sobre a vitória da presidenta eleita, Dilma Roussef, sobre o ex-governador José Serra, desencadeou uma onda de protestos que prossegue no microblog Twitter.

A jovem, que é estudante de direito, postou na noite de ontem, 31: “Nordestisto não é gente, faça um favor a Sp, mate um nordestino afogado!”.

Ela apagou os posts pouco depois e extinguiu o perfil durante a madrugada, mas os usuários foram mais rápidos e fizeram prints que foram repassados e estão circulando com pedidos de denúncias de preconceito.

Rejeição da situação em Acari refletiu no resultado da eleição no município

A rejeição do grupo situacionista em Acari é fato notório e esteve refletindo reflete diretamente no resultado das urnas nas eleições deste ano.

Mesmo tendo o apoio dos dois grupos políticos de Acari um fato chama a atenção dos mais atentos:

Depois de declarado o apoio fechado do grupo liderado pelo ex-prefeito Zé Fernandes em prol da candidata petista eleita Dilma Rousseff, o grupo de oposição liderado por Isaias Cabral dividiu-se.

O grupo dos radicais que ficou de bate-pronto a favor da candidatura do presidenciável tucano José Serra e o grupo que acompanhou a decisão do líder peemedebista que seguiu a orientação do partido que fez a composição com o PT tendo como vice-presidente o deputado Michel Temer (PMDB).

O que se esperava é que em Acari o volume de voto fosse uma maioria devastadora em cima do candidato tucano que só foi apoiado por um vereador, mas a rejeição por parte dos votantes da oposição foi surpreendente e a maioria de Dilma não passou dos 1.309 contra 2.650 votos que o representante do PSDB obteve espontaneamente, ou seja, menos de 20% dos votos válidos foi a maioria da petista na terra das cordilheiras.

Comenta-se que, se o grupo da situação não tivesse se envolvido nessa campanha a maioria poderia chegar a 80% dos votos válidos.

A coisa anda feia pro lado da situação em Acari. Além de ter perdido para o governo estadual agora vai ter que amargar um vice-presidente da base do PMDB que é ligado diretamente ao deputado federal Henrique Alves que, por sua vez, é ligado diretamente a pessoa de Isaias Cabral e a oposição de Acari. Em outras palavras, além da queda, o coice.

Que a situação de Acari me permita a sinceridade, mas querer ficar com os louros da vitoria só para si, é querer zombar da inteligência do povo da cidade. Pelo que ouvi nas últimas horas na terra das letras, a oposição acariense tem para seu crédito 85% da aceitação da musa do governo Lula da Silva: ”A Srª. Dilma Rousseff”. Daí senhores situacionistas, sinceridade e caldo de galinha não matam ninguém. Por favor, não queiram cantar de galo (13) sozinhos não que é muito feio.

Lembre-se que o candidato a governador Iberê Ferreira, PSB, que recebeu o apoio de vocês, perdeu por mais de 500 votos de diferença em Acarí para a candidata Rosalba Ciarlini, DEM, que teve o apoio da oposição.

De um analista político de Acarí

Proposta de Fábio Faria permite deduzir gastos com curso de idiomas no Imposto de Renda

Está em análise na Câmara dos Deputados um Projeto de Lei do deputado federal Fábio Faria (PMN-RN) que permite a dedução do Imposto de Renda (IR) de gastos com a aprendizagem de idiomas. Segundo o PL 7074/10, a medida valerá para as despesas do contribuinte ou de seus dependentes.

Para o deputado potiguar, que lidera o PMN na Câmara, os investimentos públicos em educação são importantes para o estímulo ao desenvolvimento socioeconômico. Fábio Faria cita como exemplo a Coreia do Sul, cujo gasto per capita com instrução chega a ultrapassar em mais de cinco vezes o realizado no Brasil. Para ele, esse volume de investimentos contribuiu para que “a sociedade sul-coreana atingisse em poucas décadas um estágio quase sem precedentes de desenvolvimento socioeconômico sustentável”.

A proposta do deputado do PMN altera a Lei 9.250/95, que normatiza o Imposto de Renda das pessoas físicas. Atualmente, a lei já permite a dedução do IR de despesas com instrução relativas à educação infantil, ao ensino fundamental, ao ensino médio, à educação superior (graduação e pós-graduação) e ao ensino profissional (ensino técnico e tecnológico), até o limite individual de R$ 2.830,84. Pelo projeto de Fábio Faria, os gastos com aprendizagem de idiomas até esse limite também poderão ser deduzidos.

A proposta tramita em caráter conclusivo e será votada por duas comissões: a de Finanças e Tributação, e a de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Leitores do blog opinam sobre vitória de Dilma

De um leitor do blog:

Em ano eleitoral deveriam ser suspensos programas assistencialistas como o bolsa família, uma vez que o eleitor contemplado está nas mãos do governo. Conclui-se que dessa forma a disputa eleitoral presidencial foi um pouco injusta para com os tucanos.

Vejamos:

1) mais de 45 milhões de brasileiros são atendidos pelo bolsa família;

2) a maioria de Dilma foi de 12.041.158 votos(mais de 12 milhões de votos);

Sendo assim, convém salientar que esse programa assistencialista (bolsa vagabundo) foi um dos fatores que influenciou no resultado do pleito.

De outro leitor do blog:

Meu caro Xerife,

Moro em São Paulo há quase 35 anos e vejo no rosto do povo paulista e em suas palavras a raiva e fúria com o povo do da região Norte e Nordeste do Brasil. Veja só o que ele falam em respeito do povo Nordestino.

“A culpa é do Nordeste.”

A região “só nos fode”. Quem, aliás, “é a favor de jogar uma bomba no Norte e (principalmente) no Nordeste” levanta a mão.

Mas “deplorável” mesmo “é pensar que o Nordeste escolhe o presidente, mas nós que pagamos a conta”.

Injuriados com a escolha do sucessor de Lula, simpatizantes do tucano José Serra decidiram atacar a região que, desde o começo da campanha, deu a Dilma Rousseff (PT) larga folga nas intenções de voto.

Essas declarações foram coletadas entre 20h e 21h deste domingo, após uma busca no Twitter por mensagens com a palavra “Nordeste”.

Algumas mensagens criticam a desqualificação dos nove Estados, tratados por muitos como um país à parte. Mas a maioria dos Twíttes responsabiliza os nordestinos pela “derrota da democracia” nas urnas.

No Nordeste (25% dos eleitores brasileiros), a petista tinha, na antevéspera das eleições, 63% das intenções de voto, contra 30% do tucano, segundo pesquisa Datafolha.

Eu hoje tenho vergonha de dizer que sou filho de Pau dos Ferros cidade do interior do RN e que sou nordestino.

Obrigado.

Prefeito de Jardim de Piranhas não abre mão de indicar seu sucessor

O prefeito de Jardim de Piranhas, Antonio Macaco, PDT, não abre mão da prefeitura do município nas próximas eleições de 2012. Ele quer porque quer fazer do seu primo Rogério Couro Fino Macaco o seu sucessor. Deixou essa convicção explicita ao participar das festividades de aniversário do empresário Elídio Araújo que acontece no final de semana na cidade. Elídio, que sonha em disputar a prefeitura, pediu o apoio de Macaco. A resposta veio em cima da bucha: ainda é cedo pra gente tratar sobre isso. Mas, o meu candidato é Rogério, disse Antonio, para constrangimento de Elídio (na foto com Antonio).

O blog pergunta por curiosidade apenas:

Antonio Macaco já perguntou ao deputado federal João Maia se ele aceita? Como é público notório, João já apoiou por duas eleições consecutivas a candidatura de Antonio Macaco. Não seria agora a vez do grupo “Macaco” retribuir a gentileza para que Maia indique o seu sucessor?

João não vai ficar calado. Eu aposto.

Dilma: nunca pensei em ser presidente do Brasil

Na noite de sábado, num jantar na casa do ex-marido e da namorada dele, Ana, os dois ex-guerrilheiros Max (Carlos Araújo) e Vanda (Dilma Rousseff) repassaram o filme de suas vidas e conversaram sobre a surpresa de um deles ter chegado, 40 anos depois, ao topo do poder no Brasil.

Como que se beliscando para ver se era sonho, Dilma e Carlos ainda não acreditavam no desfecho de suas histórias, que, admitiram, nunca passou nem da forma mais remota pela cabeça dos dois.

Bebericando um vinho tinto chileno, Dilma e Carlos compararam a trajetória de Dilma e a de Serra, que sempre trabalhou e sonhou em ser presidente do Brasil, e ela, que nunca pretendeu, chegou lá.

— Eu nunca quis, nunca pensei em ser presidente do Brasil. Nunca tive que fazer arranjos constrangedores para chegar onde cheguei. E o Serra só fez isso a vida inteira (pensar em ser presidente): foi o primeiro aluno da classe, liderou o grêmio estudantil, foi parlamentar, governou, sempre de olho na Presidência. Como é surpreendente o processo político brasileiro! Ao contrário do Serra, para mim, ser presidente não era uma coisa de vida ou morte. Aconteceu naturalmente — disse Dilma na conversa com Carlos.

O ex-marido de Dilma, para ilustrar a surpresa de sua chegada à Presidência da República, contou que na noite de sábado os dois se lembraram de quando estavam presos.

— A gente falou: quando que na prisão a gente imaginaria que ia chegar um dia como este? O mais significativo é pensar como uma pessoa como a Dilma podia chegar a presidente — contou Carlos Araújo ao GLOBO.

João Maia: se depender de mim trarei recursos para o governo de Rosalba

Quais são os principais desafios de Dilma no RN, já que mesmo tendo aliados fortes como João Maia, Henrique Eduardo, Garibaldi Filho, Fátima Bezerra, terá Rosalba Ciarlini no Governo?

Hoje eu vim pra Brasília sentado ao lado de Henrique Eduardo. Nós viemos falando sobre Natal, a importância que Natal fique com a Copa do Mundo, isso mostra o RN pro mundo inteiro e viemos conversando sobre o Governo. Nós temos um consenso, e já conversamos com Fátima Bezerra. Eu apoiei Iberê com convicção, trabalhei duro por ele, o eleitor me credenciou pra ser oposição, mas a conversa que eu tive com Henrique é dizer que o que for possível fazer pelo Estado e pelo nosso povo, nós vamos fazer, independente de quem seja o governador. Eu não tenho a menor intenção de negociar apoio ao governo em troca de cargos, ou de outras coisas dessa naturza, mas a governadora eleita Rosalba pode saber que no que depender de mim, para levar recursos pra melhorar a vida do povo do RN, eu farei. Essa vai ser a minha colocação. Sou oposição política ao Governo do Estado, porque o povo me escolheu pra ser oposição, mas o que eu puder e tudo que Rosalba precisar, pra melhorar a vida do povo do RN, ela vai contar comigo.

Do deputado federal João Maia em entrevista concedida hoje a Rádio Caicó AM.

Vida longa ao Papa-Jerimum Vivaldo Costa

O deputado estadual, Vivaldo Costa, do Partido Republicano, é o aniversariante desta segunda, dia 1º de novembro.

Vivaldo completa 70 anos de idade.

Vai comemorar o seu aniversário com uma missa no Hospital do Seridó, às 18 horas.

Em seguida, a partir das 8 horas e 30 minutos, haverá o Papa-Folia – uma espécie de carnaval fora de época – pelas ruas da cidade – comemorando a festa.

A senadora e governadora eleita do Rio Grande do Norte Rosalba Ciarlini (DEM) estará presente. Além de lideranças políticas do Seridó.

Vivaldo Costa já foi governador do Rio Grande do Norte, vice-governador, deputado federal, deputado estadual por várias legislaturas, Presidente da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte, prefeito de Caicó e atualmente é deputado estadual eleito.

Um currículo de fazer inveja. Durante sua trajetória política fez importantes obras para Caicó e o Seridó.

Muitos políticos de Caicó, Seridó e Rio Grande do Norte estarão abraçando o deputado amanhã.

Vida longa ao Papa!

Da parte deste blogueiro fica registrado neste espaço a admiração e carinho pela grande figura que é Vivaldo Costa.

Posts Recentes

Posts Recentes

Categorias