Dia: 6 de novembro de 2010

Do fundo do baú: Tiririca é a pedida para a noite de Natal Jucurutu

O prefeito de Jucurutu, Junior Queiroz, PMDB, conseguiu uma façanha que nenhum outro antecessor tinha conseguido nos últimos tempos: acabar com a tradicional noite de Natal na sua cidade. De bandas famosas com Aviões do Forró e até Garota Safada, como aconteceu no ano passado, ele conseguiu baixar o nível e contratou o “finado” Reginaldo Rossi.

Deve ser um “porre” para a juventude agüentar o Rossi cantar seus sucessos dos anos 50, 60 e 70 e sei lá: Garçom a Raposa e as Uvas e por aí vai. Nem a velharada agüenta. Imagine todo mundo parado.

Mas…

Enfim, fazer o quê? O prefeito agüenta. E acabou a conversa. Aliás, ele não vai nem lá na praça. Aposto. Lamento que Jucurutu tenha uma festa tão tradicional e acabe numa decadência. Quem sabe com um novo prefeito eleito em 2012 as coisas não mudem.

Sim! Tiririca estará a disposição na noite de Natal. Até como deputado federal mais votado do Brasil seria uma grande atração. Diferentemente de Reginaldo Rossi que não conseguiu sequer se eleger por Pernanbuco. Olha só como anda a popularidade do Reginaldo: zero. Perdeu a eleição. O prefeito poderia contratar o palhaço Tiririca para cantar a música Florentina na festa. Animaria muito mais. Confira no vídeo acima. E dê sua opinião.

População de Jardim de Piranhas espera matadouro que nunca chega

A população de Jardim de Piranhas há muito espera a conclusão de um novo matadouro, mas ele nunca chega.

Para se ter uma idéia, existe um convênio publicado em 08 de janeiro de 2007, no valor de R$ 136.500, para ampliação do matadouro público municipal e aquisição de equipamentos.

Esse orçamento foi autorizado pelo governo federal, através do Ministério da Agricultura, e subsidiado pela Caixa Econômica Federal.

Quase quatro anos e nenhuma obra foi entregue aos marchantes jardinenses que, ao contrário, tiveram seu local de trabalho atual interditado pelo IBAMA.

Será que Dilma conseguirá montar seu ministério mais rápido que os antecessores?

Do Ricardo Noblat

Quantos dias Dilma Rousseff (PT) vai demorar para anunciar os nomes de seus 37 ministros? Não se sabe, mas a Folha publicou hoje (06) um quadro bem bacana sobre quanto tempo cada um dos presidentes eleitos pelo voto direito (pós-ditadura) levou para anunciar suas equipes.

Lula, com 57 dias em 2002, foi o mais rápido até hoje. O petista também foi o mais demorado, com os 151 dias de demora para anunciar a equipe de 2006. Eis o quadro:

Cidade de Carnaúba dos Dantas incentiva cultivo da mamona para biodiesel

O município de Carnaúba dos Dantas está conta com 50 agricultores interessados no plantio da mamona para produção de biodiesel, que inclusive, terá uma UTD (Unidade Técnica Demonstrativa), que servirá como laboratório do cultivo da mamona produtores carnaubenses, assim como de Parelhas e Santana do Seridó.

Uma comitiva de técnicos participou do Seminário Estadual de Mobilização, Sensibilização, Capacitação, Estruturação de Unidades Técnicas Demonstrativas, para Inserção da Agricultura Familiar na Política Nacional de Biocombustíveis, entre os dias 04 e 05 deste mês.

O projeto é de suma importância, já que toda a produção tem a garantia de compra pela Petrobrás, que também oferece apoio técnico e doa as sementes.

O plantio da mamona é a garantia de uma renda a mais para o agricultor e que a mesma poderá ser coberta pelo Programa Garantia Safra, caso essa cultura seja alvo de perda por excesso ou falta de chuva.

DNOCS não entregou casas a desabrigados com a cheia do rio Piranhas em Jucurutu

O Departamento Nacional de Obras Contra Seca (DNOCS) iniciou a construção de casas populares, em Jucurutu, para abrigar famílias que tiveram suas casas invadidas pela enchente do Rio Piranhas.

Só que o DNOCS não finalizou a obra, deixando as casas abandonadas. Algumas chegaram a ter o telhado concluído, outras só ficaram com a estrutura de tijolos exposta às intempéries do nosso clima.

Depois de um ano, a obra está à deriva e orçamento estimado em quase R$ 180 mil, do Ministério da Integração Nacional, foi para o espaço (ou qualquer outro lugar…).

Médica caicoense teve fotografia selecionada para ilustrar calendário da Unicred

As belezas do Rio Grande do Norte estarão pela segunda vez estampando o calendário nacional da cooperativa Unicred.

A foto denominada “Vidas Secas”, da cooperada da Unicred Caicó, da médica caicoense Anaísia Dantas Dias, foi selecionada em segundo lugar no Concurso Fotográfico “Natureza Espetacular” para compor o Calendário 2011.

O Concurso Fotográfico Natureza Espetacular seleciona doze fotografias produzidas por cooperados filiados ao Sistema Nacional Unicred, para integrarem o calendário de mesa anual.  Participam cooperados de cinco centrais: Minas Gerais, Norte e Nordeste, Rio de Janeiro, São Paulo e Amazônia.

Suplente paraibano foi o maior doador para campanha ao Senado

Sempre tido como figura pronta para substituir os senadores em caso de licença, renúncia ou morte, teve suplente que foi decisivo no financiamento da campanha do titular da vaga.

E fica logo aqui, na vizinha Paraíba, a maior doação registrada pelo TSE: o empresário e ex-senador Raimundo Lira (esq), primeiro suplente do senador eleito Vital do Rego Filho – Vitalzinho (PMDB), doou R$ 870 mil.

A contribuição do suplente foi quase um terço dos R$ 3 milhões arrecadados pelo senador eleito.

Robson Maia deixa de participar de seminário em Caicó

O renomado advogado seridoense Robson Maia justificou sua ausência no seminário de Direito que etá sendo realizado hoje na cidade de Caicó.

Coincidentemenete, o seu filho faz hoje a primeira comunhão. Desta maneira, ele preferiu permanecer em São Paulo, SP, mas antes pediu desculpas aos organizadores do evento.

Controladoria de olho em prefeitura do Seridó

Tem uma prefeitura do Seridó “se cagando” de medo de uma visita da Controladoria Geral da União. A fiscalização não vai esperar que o Rio Piranhas tenha uma nova enchente não!

Deverá ser coisa rápida.

Outra coisa: o prefeito tá atolado de processo até o pescoço.

Só na saúde o rombo do governo supera R$ 100 milhões

Dia desses, o secretário Nelson Tavares (Planejamento) informou nas ondas do rádio que o débito do Estado é de R$ 30 milhões.

Não demorou muito e foi a vez do governador Iberê Ferreira conceder entrevista, também em MHz. Os números que revelou foram muito além, se além, dos contabilizados pelo seu auxiliar. Falou em coisa de R$ 180 milhões.

…de ensaio

Com os ouvidos no chão, olho vivo e faro fino, os rosalbistas-ravengar sabem que o estouro é muito maior.

Pescaram que só na saúde o acúmulo supera e muito R$ 100 milhões.

Oswald…

As antenas rosalbistas saíram da sintonia com a notícia de ontem.

De que a arrecadação de ICMS no RN superou todas as expectativas, batendo novo recorde.

No mês de outubro, foram recolhidos exatos R$ 248.742.883,00, pelos auditores fiscais do Estado.

Nada menos que a maior arrecadação da história do Fisco potiguar.

…de Souza

Nos dez primeiros meses deste ano, a arrecadação do ICMS somou R$ 2,3 bilhões, um aumento de 17% em relação a 2009.

Até dezembro, a expectativa é demais de R$ 2,8.

Na ponta do lápis, rosalbistas não conseguem chegar a matemática de tantas contas a pagar. “O Estado parou!”, exclamou um democrata.

A propósito…

Quem foi o auxiliar que, após entrevista, perguntou irônico: “menti pouco, muito ou na medida”.

Eliana Lima

Rosalba é contra a recriação da CMPF

A governadora eleita do Rio Grande do Norte Rosalba Ciarlini (DEM) disse ser contrária a recriação da CPMF. Segundo ela, o imposto de contribuição a saúde não traz reflexo para resolver o problema da saúde.

“Sou contrária sempre. A CPMF já foi criada uma vez e não resolveu o problema da saúde. O que precisamos é que o Governo priorize a saúde, a questão precisa ser resolvida com a regulmentação da emenda 29”, destacou a governadora eleita.

Ela argumentou que a recriação da CPMF trará apenas mais uma penalidade para o contribuinte. “A nova CPMF vai penalizar ainda mais o contribuinte, que não aceita mais impostos”, frisou. Rosalba Ciarlini comentou que é necessário redistribuição dos recursos federais. “A CPMF foi criada, não resolveu e estamos há anos esperando a regulamentação da emenda 29”, completou.

Panorama Político

Paraibana Elba Ramalho vai cantar para Dom Eugênio Sales hoje

A paraibana Elba Ramalho vai participar das homenagens dos 90 anos do potiguar dom Eugênio Sales.

Ela vai cantar “Asa Branca”, música preferida do ex-cardeal, na missa comemorativa prevista para este sábado, na Catedral do Rio de Janeiro.

Também no sábado, a Globo News exibe, às 21h05m, um “Dossiê Globo News especial” sobre o filho ilustre do Rio Grande do Norte.

Viva a nação nordestina!

O que é xenofobia

O grande erro da natureza é a burrice não doer.

O termo “xenofobia”, de origem grega, significa antipatia ou aversão a pessoas e objetos estranhos.

De acordo com o professor Eduardo de Freitas, o termo tem várias aplicações e usos, o que muitas vezes provoca confusões em relação ao significado. A xenofobia como preconceito acontece quando há aversão em relação à raça, cultura, opção sexual, etc.

Por Ailton Medeiros

Novo Jornal especula possibilidade de aproximação de Álvaro Dias com prefeita de Natal

Nesta sexta-feira (5), o jornalista Cassiano Arruda Câmara publicou uma nota na sua Roda Viva, do Novo Jornal, falando da possibilidade do ainda deputado estadual Álvaro Dias (PDT), integrar o secretariado da prefeita de Natal, Micarla de Sousa (PV).

Micarla não tem nada contra Álvaro, nem Álvaro tem nada contra Micarla…

Álvaro é competente…

Mas…

Será que Micarla vai compor seu secretariado com um partido que lhe faz uma oposição radical?

Micarla não pode esquecer que Carlos Eduardo (seu maior adversário) é o presidente estadual da legenda.

Ao blog  do deputado estadual Álvaro Dias negou tudo.

DNIT: Quadrilha desviou R$ 2 milhões

O esquema de corrupção montado dentro da superintendência do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) no Rio Grande do Norte desviou cerca de R$ 2 milhões, através de superfaturamento, fraudes na execução dos serviços e pagamentos indevidos em duas obras federais no estado. A quadrilha era operada pela cúpula do Dnit. O superintendente Fernando Rocha Silveira e outras quatro pessoas supostamente envolvidas foram presas na manhã de ontem. O substituto dele do Dnit, Gledson Maia, e um outro envolvido no esquema foram presos no início da tarde de quinta-feira, em flagrante, com R$ 50 mil em propina.

Operação e prisões foram anunciadas durante coletivaOperação e prisões foram anunciadas durante coletiva

A prisão de Gledson Maia foi o estopim para deflagrar a “Operação Via Ápia” – o nome de uma as famosas estradas que interligava províncias no Império Romano –  nas primeiras horas da manhã dessa sexta. O superintendente substituto foi preso em flagrante junto com um empresário, quando recebia R$ 50 mil de propina no estacionamento de um restaurante da zona Sul de Natal.

A empresa foi escolhida, sem licitação, para realizar serviços de reparação na ponte sobre o rio Açu, na BR-304. A obra não fazia parte das investigações da “Via Ápia”, mas Gledson Maia integrava a lista de seis investigados pela Polícia Federal que, seguindo recomendações do Tribunal de Contas da União, apurava indícios de corrupção na obra do Lote 2 da duplicação da BR-101, que vai de Arês até a divisa com a Paraíba.

Os outros cinco mandados de prisão temporária, expedidos pelo juiz federal Mário Jambo, foram cumpridos na manhã de ontem. E as sete pessoas presas nos dois últimos dias continuavam detidas até a tarde dessa sexta-feira, na sede da PF, em Lagoa Nova. Além de Fernando Rocha, fazem parte da lista outro servidor do Dnit, responsável pela fiscalização de contratos no Lote 2 da BR-101, e mais três representantes do consórcio que vem realizando os serviços, formado pelas empresas Constran/Galvão/Construcap.

Em uma entrevista coletiva na manhã de ontem, o delegado da Polícia Federal, Caio Marques; o superintendente da PF, Marcelo Mosele; o procurador da República, Ronaldo Pinheiro; e o chefe da Controladoria Regional  da União no RN, Moacir Rodrigues de Oliveira, detalharam alguns aspectos das investigações, mas não forneceram os nomes de todos os detidos. Segundo eles, os envolvidos são suspeitos de crimes como formação de quadrilha, peculato, corrupção ativa e passiva e crimes contra a Lei de Licitações. Não há dados de quando, exatamente, o grupo começou a operar.

Investigações duraram seis meses

As investigações que resultaram na operação de ontem tiveram início em maio, porém as suspeitas são mais antigas. Segundo a Polícia Federal, o inquérito é de 2009 e uma “luz amarela foi acesa” desde quando o Tribunal de Contas da União (TCU) apontou superfaturamento na obra, no início deste ano. A “Operação Via Ápia” foi deflagrada no início da manhã e as cinco prisões ocorreram por volta das 5h.

Equipes da Polícia Federal cumpriram também nove mandados de busca, sendo um em Pernambuco. Dentre as buscas feitas em Natal, uma teve como alvo a sede do Dnit/RN, localizada na avenida Bernardo Vieira, em Lagoa Nova. Sete agentes e um delegado recolheram documentos e computadores da sala da superintendência, durante toda manhã e início da tarde.

A operação foi um trabalho conjunto da Polícia Federal, Ministério Público Federal e Controladoria Geral da União (CGU). Participaram 50 agentes da PF e seis auditores da CGU. Além das prisões, foi efetuada uma “condução coercitiva”, de um representante do consórcio, para ser ouvido na sede da Polícia Federal. Na residência de um dos servidores do Dnit, os policiais encontraram R$ 258 mil, 10 mil dólares e 900 euros. O material apreendido inclui ainda documentos, processos, computadores e vários outros elementos que podem servir de prova.

O procurador da República, Ronaldo Pinheiro, confirmou que os alvos da operação são os servidores e empresários já presos, mas não descartou a possibilidade de haver mais gente envolvida nem que o valor desviado ultrapasse as estimativa inicial de R$ 2 milhões. “As investigações não foram concluídas”, destacou.

Dentre as formas de corrupção listadas nas investigações, estariam pagamentos superiores ao contratado, medições adulteradas da obra e contratação viciada de aditivo “para acobertar a inexecução correta da obra por parte do consórcio.” Uma fonte policial confirmou à TN que os envolvidos “receberam várias remessas de dinheiro, sempre em espécie, e algumas delas chegaram a cifra de R$ 300 mil”.

A Polícia Federal tem agora 30 dias para concluir o inquérito e encaminhar ao Ministério Público Federal, que decidirá por ingressar, ou não, com uma denúncia contras envolvidos na Justiça.

Obras de duplicação da  BR-101 terão continuidade

Apesar do esquema de corrupção entre representantes do consórcio Constran/Galvão/Construcap e a cúpula do Dnit no Rio Grande do Norte, as obras do Lote 2 da BR-101 devem continuar em ritmo normal. De acordo com o chefe da Controladoria Regional da União, Moacir de Oliveira, não foram encontrados ainda indícios de que as fraudes tenham comprometido a qualidade dos serviços, ou mesmo se somado nos diversos atrasos já registrados. A fiscalização que já vinha sendo feita, porém, vai ser aprofundada.

O Lote 2 da duplicação da rodovia foi orçado inicialmente em R$ 172 milhões, mas seis aditivos já foram assinados, aumentando o valor total para mais de R$ 212 milhões. “Já está próximo do limite máximo de aditivos, que é de 25% do valor inicial. Já chegou aos 24%”, aponta Moacir Rodrigues. Ele declarou, porém, que não é possível afirmar se os aditivos firmados são fruto do esquema de corrupção.

O último prazo informado pelo superintendente do Dnit, Fernando Rocha, para a conclusão da obra era o final deste ano. “Cerca de 94% das placas de concreto já foram instaladas. Resta basicamente a travessia de Goianinha, algo em torno de 1.200 metros. A nossa ideia é concluirmos até dezembro”, afirmou o representado do órgão, em 19 de outubro.

Tribuna do Norte

Posts Recentes

Posts Recentes

Categorias

Ipueira (RN): sem chance

Com pelo menos cinco condenações na justiça, a ex-prefeita de Ipueira (RN) Concessa Macedo não tem a menor possibilidade de recorrer da decisão que cassou

Leia Mais

A cola e a cor da cueca de Bolsonaro

Durante o debate da “RedeTV!”, na noite desta sexta-feira, o deputado Jair Bolsonaro (PSL) foi flagrado consultando uma cola em sua mão esquerda, em que era possível ler temas

Leia Mais