Dia: 12 de agosto de 2009

João Maia mais brabo do que um sirí na lata: Não devo subserviência a ninguém

siriConversando na tarde de hoje (12), com o deputado João Maia (PR), dou os parabéns pelas últimas grandes tacadas que ele deu no tumultuado jogo da sucessão estadual. E ele me responde:

 “Voltei ao Rio Grande Norte pensando num projeto grande. Sou uma pessoa afável, mas não devo subserviência a ninguém”.

Por Josenildo Carlos

Deputado diz que pacto tira comando da sucessão da governadora Wilma de Faria

getuliorego“Pacto tira Wilma do comando”. A frese foi dita ao blog pelo deputado Getúlio Rêgo, líder do DEM na Assembléia Legislativa.

Na opinião de Getúlio, a aliança envolvendo o PMDB, o PMN, o PR e o PP, denominada de Unidade Potiguar, faz a governadora perder o comando do processo sucessório na base aliada do presidente Lula no Estado.

“Esse grupo não mais depende da governadora para lançar um candidato ao Governo do Estado ou apoiar um nome que não faça parte do pacto”, entende o parlamentar.

Segundo o líder democrata, os perdedores com a formação do pacto foram a governadora e o vice-governador Iberê Ferreira. “Foram os únicos perdedores”, avalia Getúlio.

Indagado se a formação da “Unidade Potiguar” também não enfraquecia a pré-candidatura da senadora Rosalba Ciarline ao Governo, Getúlio declarou: “Claro que não. Pelo contrário, fortalece Rosalba, pois dependendo do que vier a acontecer no sistema governista, esse grupo pode se juntar ao DEM e apoiar a nossa senadora”.

Por Oliveira Wanderley

Garibaldi Alves sobre a sucessão estadual: muita água ainda vai correr por debaixo da ponte. Entrevista exclusiva ao blog

senador-garibaldi-marlioDepois da formação da chamada “Unidade Potiguar” – Henrique Alves, João Maia e Robinson Faria – o Senador Garibaldi Alves Filho, PMDB, concedeu a primeira entrevista exclusiva sobre o assunto. E foi aqui mesmo. No Blog do Robson Pires.

Eis a entrevista concedida nessa quarta feira, dia 12 de agosto:

Blog – Que avaliação o senhor fez da chamada Unidade Potiguar?

Garibaldi – Eu acredito que a situação de indefinição com relação à sucessão do próximo ano ela continua a prosperar. E agora com a Unidade Potiguar, é que nós temos mais um eixo que forma, que passa, a integrar esse contexto. Daí eu creio, Robson, que como diz o ditado popular, ainda há muita água para correr por debaixo da ponte.

Blog – O Senador está incluído nessa chamada Unidade Potiguar?

Garibaldi – Olhe! Eu estou incluído porque Henrique Eduardo Alves está presente e eu me considero incluído. Na verdade ele me consultou e disse que eu iria integrá-la e lutar para que o PMDB tivesse um melhor posicionamento tendo como prioridade o meu nome para o senado.

Blog – A prioridade das candidaturas não é da base aliada da governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria? Neste caso a Senadora Rosalba Ciarlini, DEM, de quem o senhor se considera aliado fica de fora? E o Senador José Agripino, DEM, também?

Garibaldi – Não! Você me desculpe, mas isso não corresponde ao que foi divulgado no ato da formação da Unidade Potiguar. O que se disse é contactar com todos os partidos. Não houve restrição a nenhum nome. Como Rosalba é candidata do DEM ela está incluída.

Blog – Então não tem exclusão de nenhum nome: Robinson, João, Henrique, Iberê, Carlos Eduardo e Rosalba? Não é estranho?

Garibaldi – Eu acho que você tem razão. Pode ser até uma coisa controvertida. Como são dois pré-candidatos acenando uma possibilidade de conversar com outros candidatos. Mas, estão juntos do pacto com Henrique Eduardo Alves e os outros como forma de aumentar o universo.

Blog – O senhor está mais para José Agripino (DEM) e Rosalba Ciarlini (DEM) ou Wilma de Faria (PSB)?

Garibaldi – Eu lhe disse. Eu não tenho a essa altura definição. Eu não tenho porque avançar numa definição que poderia trazer diferente para Henrique Alves que vem lutando pela minha candidatura dentro da Unidade Potiguar. Eu não vou estabelecer para você uma definição. Não tenho nenhum atrelamento à governadora Wilma de Faria. Mantenho uma posição de independência e não excluo ninguém. Luto para o PMDB manter independência, mas não excluo ninguém.

Blog – Quais, em sua opinião, os critérios adotados para escolha do candidato ao governo?

Garibaldi – A escolha deve começar pelo critério das pesquisas. Ninguém pode ignorar o que pensa o eleitor. É inadmissível que não seja no critério da pesquisa. Os militantes de cada partido também não podem ser excluídos. De olho nas pesquisas e de olho nas vagas é que vamos escolher os melhores candidatos. Ouvindo a militância do partido. Ouvindo as bases.

Blog – Até quando o candidato deve ser escolhido?

Garibaldi – Antes da formação da Unidade Potiguar eu achava que até janeiro de 2010. Eu não sei se com esse pacto vai acelerar ou vai retardar. Não vamos apressar. O PMDB não tem candidato. Vamos acompanhar a decisão do pacto.

Blog – As bases devem ser ouvidas?

Garibaldi – Aceito plenamente. Devemos ter um mecanismo ao lado das pesquisas. E nossas bases sejam ouvidas.

Blog – Ouvidas pela Unidade Potiguar ou pelo PMDB?

Garibaldi – Estabelecer um mecanismo como eu disse. Cada partido ouve a sua base. E tirarão suas conclusões. Caso contrário vamos para a separação. Se não houver uma convergência vamos marchar para uma separação.

Blog – O senhor acha que essa é a eleição mais difícil para escolha de um candidato ao governo dos últimos tempos?

Garibaldi – É. Pode ser. Mais eu estou convicto de que essa dificuldade pode criar uma facilidade. Estamos procurando uma nova liderança para o governo do Estado. Por causa desse processo é que estamos tendo dificuldade.

Blog – Pode ter um acordão? Uma chapa única senador?

Garibaldi – Não! Não acredito. Com 5 pré-candidatos é muito difícil ter um chapão.

A entrevista completa com o senador Garibaldi Alves Filho o leitor do Blog poderá ouvir nesta quinta feira, dia 13 de agosto, na Rádio Rural AM de Caicó a partir das 11 horas 10 minutos no Programa Censura Livre apresentado por este blogueiro. Vale a pena conferir!

Chefe do Gabinete Civil avalia nova aliança

vagnervilmaO chefe do Gabinete Civil, Vagner Araújo, avaliou em seu Twitter as recentes decisões políticas no estado. Ele afirmou que a governadora Wilma de Faria (PSB) agradeceu a Robinson Faria (PMN) e João Maia (PR) “a reafirmação pública de apoio e unidade em reforço à base política do governo”.

Com o apoio do deputado Henrique Alves (PMDB), o secretário espera que “este esforço de unidade e integração sirva de exemplo e referência a outras lideranças e partidos que possam compor frente ampla”.

Pup que pariu…

Henrique-JoaoMaia-Robinson-FabioQue coisa mais sem graça essa. Orquestrado por Henrique Alves, esse “freio de arrumação” nada mais é que uma forma de evitar que os insatisfeitos Robinson Faria e João Maia declarassem guerra a já formada candidatura do PSB.

Henrique planejou a tempo de capitalizar com a Ministra Dilma Rousseff que leva para Brasília a idéia de que Henriquinho resolveu o problema por aqui. Balela, paliativo que não agüenta uma neblina de inverno. Com um detalhe que precisa ser anotado e não esquecido: Essa idéia surgiu depois de uma reunião entre Wilma, Henrique e… Iberê.

Anotem o que esse Xeleleuzinho tá dizendo e aguardem a próxima neblina.

Do Xeleleuzinho. Cheio de moral. É…

Assembléia aprova requerimentos de Álvaro Dias para a construção de adutoras no Seridó

alvaro-de-palto-elielA mesa diretora da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou os requerimentos de iniciativa do deputado estadual Álvaro Dias (PDT), que foram enviados ao Governo do Estado, solicitando para a cidade de Caicó, a reforma da Escola Estadual Senador Guerra e a construção de três adutoras vindas do Rio Piranhas, com destino aos distritos de Laginhas, Palma e Barra da Espingarda, sendo uma adutora para cada distrito.

Foi aprovado também o requerimento que foi encaminhado ao vice-governador e secretário Estadual de Recursos Hídricos, Iberê Ferreira de Souza, solicitando a perfuração de um poço tubular no Sítio Umarí e outro no Sítio Bonsucesso, ambos no município de Caicó.

Nildson Dantas garante que vai continuar na secretaria de saúde de Caicó

nildson-novissima2Quem conversou com o blog foi o secretário municipal de saúde de Caicó, Nildson Dantas. Ele disse que ao contrário do que foi divulgado não passou ainda pela sua cabeça entregar ao prefeito Bibi Costa a titularidade da pasta da saúde.

Estamos enfrentando uma crise financeira muito grande. Sem recursos fica difícil realizar o trabalho que desejamos. Mas, mesmo assim estamos satisfeitos e em perfeita sintonia com o prefeito Bibi Costa. Inclusive, já estou muito bem adaptado ao trabalho. Não penso em deixar a secretaria, garantiu Nildson Dantas.

Iberê: nunca existiu pacto entre eu, Robinson e João Maia

ibere-novaO vice-governador do Rio Grande do Norte, iberê Ferreira de Sousa, PSB, não larga a saia da governadora do Estado, Wilma de Faria, PSB.

Indiferente a criação do chamado pacto da “Unidade Potiguar” Iberê esteve hoje com Wilma de Faria durante a solenidade em que a chefe do Estado recebeu a Ministra Nilcéia Freire.

Mostrou-se descontraído.

E fez uma revelação: nunca existiu pacto entre ele, João Maia e Robinson Faria.

Ou seja, a verdade começa a aparecer. Outras estarão a caminho. Será?

PSB vai avaliar a Unidade Potiguar que Wilma não achou a menor graça

wilma-zarolhaA recém criada Unidade Potiguar não teve a menor graça para a governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria, PSB. Wilma engoliu na marra! Quando foi abordada sobre o assunto durante a solenidade com a presença da Ministra Nilcéia Freire mostrou-se claramente desconcertada.

Inclusive, já marcou para breve uma reunião com sua base aliada que poderá acontecer ainda nesta quarta feira, dia 12 de agosto.

Com o mês de agosto é de “desgosto” ela quer discutir o chamado pacto da Unidade Popular criado pelos “seus aliados”: Henrique Alves, João Maia e Robinson Faria.

Quem conhece Wilma sabe que ela não agüenta pé no bucho não!

Vem troco a caminho. Pode apostar!

Governadora manda recado para políticos do Estado: Homem quando não pode mandar, manda emparedar a mulher. Arra!

guerreira-discursando-de-branco-bacanaA governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria, PSB, fez um discurso pra lá de estranho na sede da governadoria durante solenidade que contou com a presença da Ministra Nilcéia Freire, da Secretaria para as políticas Públicas Para as Mulheres.

Num trecho do seu discurso disse a guerreira: “Até quando o homem não pode mandar, tenta emparedar a mulher”…

Que foi um recado para os homens que fazem a política do Rio Grande do Norte foi!

Saber qual deles é que está difícil.

O que você, caro leitor, acha?

Centro de zoonoses de Caicó inicia vacinação anti-rábica

O Dia D da vacinação anti-rábica acontecerá no próximo dia 19 de setembro, mas a equipe de vacinadores do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), sediado em Caicó, já está trabalhando.

Os agentes estão percorrendo a zona rural do município, além de alguns bairros periféricos. Nesta quarta-feira (12), por exemplo, o grupo visitou o bairro Itans.

A coordenação do CCZ pede aos moradores que ajudem a imobilizar seus cães e gatos, a fim de evitar que aconteçam acidentes com os animais e servidores responsáveis pela vacinação.

Mesmo com a criação de aliança, Iberê reafirma pré-candidatura

iberecandidatoFinalmente o vice-governador Iberê Ferreira de Souza (PSB) rompeu o silêncio em relação à criação da Unidade Potiguar.

Após a cerimônia de assinatura do Pacto Nacional de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher, em Natal Iberê reafirmou a sua candidatura à sucessão de Wilma de Faria (PSB). “Continuo pré-candidato e estou disposto a conversar com o grupo”, disse.

Iberê foi mais além: afirmou que o suposto pacto entre ele, João Maia (PR) e Robinson Faria (PMN), em que seria candidato o melhor colocado nas pesquisas, nunca existiu. Wilma de Faria deu o silêncio como resposta.

Projeto idêntico ao de vereador caicoense é aprovado pela câmara dos deputados em Brasília

lobao-de-suebester-nery-boaO vereador Raimundo Inácio Filho, Lobão, PMDB, foi muito feliz ao apresentar projeto de lei na câmara municipal de vereadores de Caicó tornando obrigatória a execução do Hino Nacional nas escolas públicas e particulares do município.

Ontem, dia 11 de agosto, a câmara dos deputados aprovou em Brasília, DF, projeto idêntico de autoria do deputado federal paraibano Vital do Rêgo Filho, PMDB, tornando obrigatório que os alunos cantem uma vez por semana o Hino Nacional nas escolas públicas e particulares de todo o país.

Ponto para Lobão!

A estudantada hoje só sabe mesmo cantar é música de forró. Mais nada.

É a pura verdade…

Presidente AMS pedirá prazo para regularizar situação dos lixões e matadouros do Seridó

ivanildinhoO presidente da Associação dos Municípios do Seridó, Ivanildo Filho (Timbaúba dos Batistas), pretende se empenhar na luta para resolver o problema dos lixões e matadouros na região.

Ivanildinho ressaltou que as medidas legais devem ser respeitadas, mas a ação desencadeada pelo Ibama, Idema e Justiça pode causar graves problemas sociais, principalmente no tocante a limpeza pública.   

Há dezenas de anos, salientou o presidente da AMS, a falta de licença para operação de lixões de abatedouros tem sido uma realidade nas gestões municipais.

Ele acredita que a resolução definitiva surgirá com a criação de um consórcio entre os municípios polarizados por Caicó, para constituição de um aterro sanitário.

O próprio secretário de Recursos Hídricos, Iberê Ferreira de Souza, defende a idéia do consórcio, que poderia contar com recursos repassados pela Petrobras na preservação do meio-ambiente.

Em Timbaúba dos Batistas, Ivanildinho salientou que está finalizada a construção de um novo matadouro público, contudo salientou o empenho dos deputados estaduais e federais, para inclusão de emendas que permitam a adequação dos municípios localizados na bacia Piranhas-Assú.

Na reunião desta quinta-feira (13), a AMS pretende defender a concessão de prazos para regularização do aterro sanitário e matadouros públicos.

Gustavo Carvalho queimou Iberê Ferreira por antecipação

gustavo-e-ibereHá quem comente que as declarações do deputado estadual, Gustavo Carvalho, PSB, foram pra lá de precipitadas quando ele declarou que o vice-governador Iberê Ferreira de Sousa, PSB, seria o candidato do sistema Wilmista para as eleições estaduais do próximo ano.

Queimou Iberê! Por antecipação.

Terminou no que terminou. A formação da Unidade Popular.

Gustavo falou pelos cotovelos, no momento errado e na hora errada.

Pagou caro pela besteira.

Decisão de Henrique Alves não passou pelo aval de Garibaldi Alves, diz colunista da Veja

garibaldiDo Radar, de Lauro Jardim

O líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves, anunciou no início da tarde que PMDB, PP, PR e PMN formarão um palanque único de apoio à Dilma Rousseff no Rio Grande do Norte.

A entrevista para anunciar a decisão aconteceu quase ao mesmo tempo em que Dilma deixava o estado para voltar a Brasília. (Dilma, aliás, jantou ontem à sós com a governadora Vilma de Faria e com a prefeita Micarla de Souza)

A decisão de Henrique, no entanto, não passou pelo aval de Garibaldi Alves, seu primo e o único senador do PMDB no estado.

Unidade Potiguar empareda Wilma de Faria e ameaça candidatura de Iberê

Henrique-JoaoMaia-Robinson-FabioO que estava em curso? O processo de anunciação do vice-governador Iberê Ferreira de Souza como candidato do grupo de Wilma de Faria ao governo do estado.

As declarações do deputado Gustavo Carvalho, do PSB, deram início a esse processo, causando polêmica e reações de toda ordem.

A principal reação revelou-se ontem (11): o PMDB de Henrique Eduardo Alves juntou-se ao PMN e o PP de Robinson Faria e o PR de João Maia para dizer a Wilma: – Pera lá! Nós precisamos ser ouvidos. Senão…

É racha!

O anúncio da formação do bloco unindo legendas tão importantes – PMDB, PR, PMN e PP – no jogo da sucessão estadual é a novidade que Henrique Alves me dizia na semana passada e que ele denominava “bomba”. E foi mesmo.

A chamada “Unidade Potiguar” empareda a governadora Wilma de Faria. E enfraquece Iberê Ferreira de Souza na base do governo.

Há quem diga que a “Unidade Potiguar” enfraquece até a candidatura de Rosalba Ciarlini que sonha ver o PMDB e demais partidos insatisfeitos da base de Wilma junto com o Democratas na próxima campanha. Mas isso é outra história.

Nesse primeiro momento, a nova aliança provoca estragos na base da governadora Wilma de Faria que caminhava para o anúncio de Iberê Ferreira.

Isso não quer dizer que Iberê Ferreira está inviabilizado, que está fora do jogo. Mas custará mais caro, dará mais trabalho para fazê-lo o candidato governista.

Se por um lado, a notícia do lançamento da nova aliança é ruim para os planos do wilmismo, por outro é bom para Wilma porque ela ganha tempo para conversar com os aliados. Por conta das declarações de Gustavo Carvalho e das últimas manifestações da própria governadora, o clima na base era de guerra total, a caminho de um racha, de rompimento.

Agora, tendo Henrique Eduardo Alves como fiador e também interessado nas decisões do grupo governista, Wilma ganha tempo para articular o melhor palanque em 2010.

Na minha avaliação, ela fica muito pressionada e a “Unidade Potiguar” inverte um pouco os papéis, tirando da governadora o comando único de todo o processo. Wilma não vai apenas fazer o anúncio do candidato. Ela terá de negociar bastante o melhor caminho para vitória do seu grupo.

João Maia me dizia na semana passada que na eleição de Natal, simplesmente, a governadora e demais lideranças do seu grupo ignoraram ele e Robinson no processo de escolha do candidato. Ao serem escanteados, eles ficaram à vontade para subir no palanque de Micarla de Souza.

Dessa vez, João Maia e Robinson Faria se antecipam e formam um novo bloco, agora com Henrique Alves, para influenciar mais em todo processo.

Henrique Eduardo Alves, que reiterou ontem apoio a Wilma e ao governo Lula, surge como fiel depositário dos interesses do grupo. E sabemos que o maior interesse de Henrique é fazer o jogo do PMDB.

E Henrique será o principal interlocutor de uma governadora que não costuma aceitar emparedamento ou qualquer tipo de enquadramento.

O jogo sucessório estadual está ficando cada vez mais interessante.

Por: Diógenes Dantas

Vivaldo comenta novo pacto político do RN

vivaldojoaorobinsonDurante o seu programa desta quarta-feira (12), o deputado estadual Vivaldo Costa (PR) preferiu se valer de uma atitude mais defensiva ao comentar o novo pacto político no estado, possivelmente para não se desincompatibilizar com nenhum pré-candidato. A “Unidade Potiguar” tem como base os deputados Henrique Alves (PMDB), João Maia (PR) e Robinson Faria (PMN).

“O pacto está feito”, disse Vivaldo ao repercutir as manchetes dos jornais. Além disso, ele apenas lembrou que ainda haverá a busca de outros nomes como o próprio vice-governador Iberê Ferreira de Souza (PSB), da prefeita natalense Micarla de Souza (PV) e Carlos Eduardo Alves (PDT).

Vivaldo citou, ainda, que a escolha do candidato estará condicionada aos apoios conseguidos pelo novo grupo a partir de agora. Sempre em seu programa matinal Vivaldo defendeu a união do sistema wilmista.

Bira Rocha: este é o Pacto “Pode Me Enganar Que Eu Gosto”

O empresário Bira Rocha não perde tempo. Muito atento ao que se passa na política do Estado já apelidou o pacto “Unidade Popular” de pacto “Pode me Enganar Que Eu Gosto”.

Sobre a suposta aliança entre Wilma, Iberê, Robinson, João Maia e Henrique Alves com vistas as eleições de 2010.

E olha que Bira Rocha sabe das coisas.

Iberê Ferreira reagiu a formação da unidade potiguar e admite que base está desunida

3927O vice-governador Iberê Ferreira (PSB), pré-candidato ao Governo em 2010, reagiu ao anúncio do novo bloco partidário, chamado Unidade Potiguar, integrado pelo PMDB, PR, PP e PMN.

Ele admitiu que existe desunião na base da governadora Wilma de Faria. “Claro que existe e você sabe disso”, reagiu.

Ele disse não se “preocupar” com o surgimento da Unidade Potiguar, lançada ontem e que tem a participação do PMDB, PR, PMN e PTB. “O deputado Henrique (Alves, presidente estadual do PMDB) me disse que iria se reunir com o PMN e PR. O objetivo é unir a base do governo”, disse.

Fonte: Tribuna do Norte

Ex-secretária da Receita reafirma encontro com Dilma

A ex-secretária da Receita Federal Lina Vieira voltou a reiterar a veracidade do encontro em que a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) teria lhe orientado a apressar a conclusão das investigações sobre um dos filhos do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Segundo Lina, que foi comunicada de sua demissão em 07 de julho pelo ministro Guido Mantega (Fazenda) há mais de uma testemunha do encontro.

“O encontro efetivamente aconteceu”, disse ontem (11) Lina em entrevista à TV Globo, acrescentando que sua chefe de gabinete e seu motorista, além da própria chefe de gabinete da ministra, teriam presenciado o encontro. “Ela esteve comigo em conversa particular, e pediu para que eu agilizasse a fiscalização do filho de Sarney.”

Lina disse não ver motivos para que Dilma, pré-candidata do presidente Lula para a sucessão presidencial de 2010, negue a reunião, que teria ocorrido no final do ano passado, depois da decisão judicial que determinou o reforço da fiscalização sobre negócios da família Sarney. “Não vejo nada de mais neste encontro”, ponderou.

O assunto do suposto encontro restrito entre Lina e Dilma foi noticiado na edição de domingo (9) do jornal Folha de São Paulo. Em entrevista ao diário paulista, Lina disse que, às vésperas das eleições que levaram, em fevereiro, o senador peemedebista à cadeira mais poderosa do Senado (pela terceira vez), “não queriam problema com Sarney”.

Relator da CPI da Petrobras, que investiga indícios de irregularidade na estatal, o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), trabalha para impedir que Lina preste esclarecimentos ao colegiado. Um dos motivos do desgaste de Lina foi revelado em maio: a Petrobras alterou o próprio regime contábil, o que resultou na redução de R$ 4,3 bilhões em pagamento de tributos; na ocasião, a Receita emitiu nota mencionando a legislação que, teoricamente, impedia a manobra da empresa.   

“Eu não vejo nenhuma necessidade de ouvir a doutora Lina. Ela não vai acrescentar nada, não vai quebrar o sigilo da Petrobras, não vai dar nenhuma informação e não está mais no comando da Receita Federal”, afirmou o peemedebista.

Fonte: Congresso em Foco

Ministra da Secretária Especial de Políticas para as Mulheres estará em Natal

nilceiafreireApós a vinda ministra-candidata Dilma Roussef, a próxima a fazer escala no estado é a ministra da Secretária Especial de Políticas para as Mulheres, Nilcéia Freire.

Ela chega a Natal nesta quarta-feira (12), para participar de eventos relacionados à luta das mulheres acompanhada da deputada federal Fátima Bezerra (PT).

Às 10h Nilcéia assina ‘Pacto Estadual de Enfrentamento à Violência contra a Mulher’, na Governadoria. Às 14h30, a ministra se encontra com o Procurador Geral de Justiça, Manoel Onofre Neto, quando será anunciada a criação da Promotoria da Mulher no âmbito da Procuradoria Geral de Justiça.

Visita de Wilma a Mossoró causou mal-estar

Durante a visita da ministra Dilma Roussef, e demais ministros a Mossoró, quase havia um mal-estar provocado pela governadora Wilma de Faria (PSB).

Durante o seu discurso ela disse: “No meu governo quem governa sou eu”. Além disso, um cidadão disparava grosserias contra a prefeita mossoroense Fafá Rosado (DEM). Como diriam os mais velhos, a democrata ficou de cara no chão.  

Por sorte havia comissionados levantando a moral de Fafá durante o evento.

Posts Recentes

Posts Recentes

agosto 2009
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias

CEI da Cidade Luz

O vereador de Natal, Sandro Pimentel (PSOL), quer uma Comissão Especial de Inquérito para investigar a prefeitura, no que diz respeito os contratos de iluminação

Leia Mais

Santa ingenuidade…

A Igreja Universal do Reino de Deus, do bispo Edir Macedo, terá que devolver um automóvel que havia sido doado por uma fiel em troca

Leia Mais