Justiça Federal mantém condenação do ex-juiz Nicolau e do ex-senador Luiz Estevão

20130404043127_cv_lalau_gde
Ex-juiz Nicolau dos Santos

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região manteve as condenações do ex-juiz Nicolau dos Santos e do ex-senador Luiz Estevão por improbidade administrativa. Eles são acusados do desvio de R$ 170 milhões nas obras do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo. Segundo a Justiça, o valor atualizado do desvio dos recursos públicos é R$ 1 bilhão.

De acordo com a decisão, os réus deverão ressarcir os valores que foram desviados, além de pagar danos morais pelos prejuízos causados aos cofres públicos. Na ação, também foram condenados pelos desvios os empresários Fábio Monteiro de Barros, José Eduardo Ferraz, a Construtora Incal e a empresa Monteiro de Barros Investimentos.

Em julho, o governo brasileiro anunciou que recuperou parte dos recursos públicos desviados pelo ex-juiz Nicolau e depositados em bancos suíços. Foram repatriados US$ 4,7 milhões, o que corresponde a R$ 10,7 milhões oriundos dos desvios da obra.

2 respostas

  1. E o único que está pagando caro. Os ratos do PT continuam tudo sôlto. Por isto que o simbolo da balança da justica é empenada para um lado. Concluimos que os pesos não iguais, porque se fosse esse caso do mensalão ja era para ter sido resolvido a tempo.Essa quadrilha pintaram e bordaram com o dinheiro publico e, ainda qquerem dar uma de honestos.Alibabá e os quarenta ladrões não amarram as chuteiras desse pôvo. Eu nunca vi tantos escandalos se arrastarem nesses anos em que o PT governa esse pais. Infelismeste o povo ainda não aprendeu a votar. Enquanto continuar essas programas sociais que sustenta quem não tem coragem de trabalhar vai continuar essa submissão que é dando que se recebe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Categorias

Minha mulher, não!

Nos bastidores da política natalense, comenta-se que o nome do prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT), para a Assembleia Legislativa em 2018 poderá ser do

Leia Mais