Empresa que vendeu preservativos com defeito terá que pagar pensão

martelo juiz1 Empresa que vendeu preservativos com defeito terá que pagar pensãoNo Uruguai, uma fábrica que vendeu preservativos com defeito de fabricação, onde o latex se rompia com facilidade, terá que pagar pensão para quase duas mil crianças que estão para nascer. No entender da corte de justiça uruguaia, a fabricante dos preservativos é a única responsável pelo nascimento das 2 mil crianças.

A ação foi promovida pelas mulheres que engravidaram usando o tal preservativo, que foi muito mal fabricado. De acordo com uma testemunha, o látex se abria com muita facilidade, bastando um sopro para romper.

G17

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

Elementar

As entidades representativas da classe produtiva do Rio Grande do Norte se manifestaram de forma favorável a aprovação da reforma da previdência na Assembleia Legislativa.

Leia Mais