Debate sobre desenvolvimento sustentável abre Congresso de Negócios e Empreendedorismo

congresso empreendedismo

Um grande público compareceu a abertura do II Congresso de Negócios e Empreendedorismo do Seridó, na noite desta quinta-feira (21), no Clube dos Oficiais, em Caicó. O evento, que vai até o próximo sábado (23), foi iniciado com um debate sobre “desafios do desenvolvimento sustentável”, mediado pela doutora em Ciências Sociais (UFRN), professora Ione Diniz.

Importantes nomes ligados ao tema no Rio Grande do Norte foram convidados para o debate e destacaram a vocação empreendedora do Seridó. “Todos os dias, a região seridoense dá lições de empreendedorismo, inovação e desenvolvimento sustentável. Basta ver os números do IDH”, afirmou o secretário de desenvolvimento do estado, Rogério Marinho, fazendo referência ao fato de que a região possui o melhor Índice de Desenvolvimento Humano do Rio Grande do Norte.

Rogério Marinho citou ainda exemplos. “Você vai num município como São José do Seridó e, mesmo com todas as condições adversas, o lugar produz 20 mil litros de leite diariamente. Isso é um grande exemplo de enfrentamento das dificuldades”, falou o secretário, que não se esqueceu de tratar sobre temas como energia eólica e o Pró-Sertão.

A vocação empreendedora do Seridó também foi um dos assuntos abordados pela consultora da Unidade de Economia e Estatísticas da FIERN, Sandra Lúcia, que mostrou números relacionados à capacidade produtiva da região. Segundo ela, o Seridó tem 12% das empresas do estado e é responsável por 5% do PIB do Rio Grande do Norte.

O diretor superintendente do SEBRAE-RN, Zeca Melo, também utilizou números em sua apresentação, para mostrar como o povo seridoense costuma empreender. “O RN tem 100 mil empreendedores individuais. Desses, 5 mil estão no Seridó”, afirmou Zeca Melo.

O representante do SEBRAE fez questão de destacar ainda o motivo de apoiar o congresso. “Onde se fala em empreendedorismo, nós estamos dentro. Este congresso é um ótimo canal para debatermos soluções e melhorarmos a cada dia”, disse.

Já o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do RN, Marcelo Rosado, falou sobre a necessidade dos empresários estarem sempre se renovando, para sobreviver no Mercado. “Hoje a gente tem um público muito mais exigente e muito mais informado, que não aceita mais receber qualquer tipo de serviço”, destacou Marcelo Rosado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Categorias