Dia: 6 de agosto de 2013

Conselho Nacional de Educação vai discutir mudanças no curso de medicina

curso medicinaO Conselho Nacional de Educação (CNE) formou hoje (6) uma comissão para discutir a reformulação das diretrizes curriculares do curso de medicina. Pela Medida Provisória (MP) 621/2013, que institui o Programa Mais Médicos, o conselho tem um prazo de seis meses para definir novas diretrizes para o curso. Caberá aos conselheiros também discutir os dois anos de trabalho no Sistema Único de Saúde (SUS), alvos de críticas e recentemente reformulados pelo governo.

A comissão é formada por seis conselheiros. O grupo é presidido por Gilberto Gonçalves Garcia, que também preside a Câmara de Educação Superior do CNE. O relator é o conselheiro Arthur Roquete de Macedo. A primeira reunião está marcada para amanhã (7).
A comissão terá o papel de definir os grandes eixos de competências e habilidades que o aluno egresso do curso de medicina deverá ter. Além disso, com a proposta apresentada pelo governo de obrigatoriedade da residência médica SUS a partir de 2018, o CNE pode criar também um marco regulatório para orientar a residência, algo que não existe hoje.

Plenário aprova punição mais severa a juízes e integrantes do Ministério Público

martelo-juiz1O Plenário aprovou, por unanimidade, com 64 votos favoráveis no primeiro turno e 62 favoráveis no segundo turno, a Proposta de Emenda Constitucional que determina punições mais severas a juízes que cometeram falhas graves, como envolvimento com corrupção. Atualmente, a aposentadoria compulsória é a punição disciplinar máxima a magistrados.
Os senadores decidiram suprimir o interstício constitucional para entre os dois turnos de votação.

A matéria ainda será analisada pela Câmara dos Deputados. A PEC 53/2011, de autoria do senador Humberto Costa (PT-PE), tramitou em conjunto com a PEC 75/2011, também do parlamentar pernambucano.

O relatório do senador Blairo Maggi (PR-MT), apresentado na forma de substitutivo, acatou o texto da PEC 75/2011 que prevê a possibilidade de aplicação de penas de demissão e cassação de aposentadoria de promotores e procuradores, a partir de decisão do Conselho Nacional do Ministério Público.

Essas duas propostas fazem parte da pauta prioritária definida pelo presidente do Senado, Renan Calheiros, em junho, em conjunto com os líderes partidários como resposta às manifestações populares.

Genoino sofre isquemia, mas quadro de saúde é estável

Genoino1O deputado federal José Genoino (PT-SP) sofreu ontem (5) uma isquemia cerebral, mas seu quadro hoje (6) é estável, informou o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde o parlamentar está internado desde o dia 24 de julho. Nesse dia, em Ubatuba, no litoral paulista, o deputado sentiu fortes dores no peito e, depois de atendido em um hospital local, foi transferido para o Sírio-Libanês.

De acordo com o boletim do hospital, Genoino apresentou ontem isquemia cerebral leve, que foi revertida e não deixou sequelas. Neste momento, ele está internado na Unidade Coronária do hospital e se recupera da cirurgia de dissecção da aorta. Ex-presidente do PT e ex-líder do partido na Câmara dos Deputados, Genoino exerce atualmente o sétimo mandato de deputado federal. Ele é um dos membros da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Casa.

Brasileiros querem reforma política, diz pesquisa encomendada pela OAB

Pesquisa divulgada hoje (6) pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) diz que 85% dos entrevistados são favoráveis à reforma política. A maioria dos entrevistados defende um projeto de lei de iniciativa popular para a reforma. O Ibope ouviu na pesquisa 1.500 pessoas em todo o país, no período de 27 a 30 de julho.

Dos entrevistados, 78% se posicionaram contra a participação de empresas no financiamento de campanhas. Os participantes também querem mais rigor com as punições, 90% dos entrevistados são a favor de medidas mais rigorosas contra a prática de caixa 2.

Ministério Público quer dissolução da BBom e reparação dos danos aos consumidores

BBOM 2

A dissolução jurídica do sistema BBom e a reparação dos danos causados aos consumidores são os dois principais objetivos da ação civil pública proposta pelos Ministérios Públicos Federal e Estadual contra a Embrasystem Tecnologia em Sistemas, Importações e Exportações (nomes fantasias Unepxmil e Bbom). A demanda é assinada pelos procuradores da República Mariane Guimarães e Helio Telho e pelo promotor de Justiça Murilo de Morais e Miranda. Em ação cautelar, no mês passado, os bens da empresa já haviam sido bloqueados e as atividades do grupo suspensas por decisão judicial.

Além desses dois pedidos, na ação civil pública, o Ministério Público pede que cessem, definitivamente, as condutas ilícitas de recrutamento de pessoas e captação de recursos em forma de pirâmide, bem como a venda de rastreadores e prestação de serviços de monitoramento de veículos sem autorização do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Já para proteger os consumidores, foi pedida a condenação dos sócios da empresa, solidariamente, à obrigação de ressarcir os danos materiais e morais causados aos consumidores/investidores (o que pode se dar em liquidação de sentença). Foi requerida ainda a apresentação da relação de nomes, valores pagos e dados pessoais de todas as pessoas que adquiriram pacotes ou realizaram pagamentos para a aquisição de rastreadores.

Ricardo Motta não vai atuar como bombeiro entre judiciário e executivo

Ricardo MottaA crise entre Judiciário e Executivo do Rio Grande do Norte contava com a atuação do presidente da Assembleia Ricardo Motta como bombeiro/interlocutor.

Não mais! Motta cansou da falta de perspectiva para possível entendimento.

Na próxima quinta, a Assembleia Legislativa receberá o secretário de planejamento Obery Rodrigues para falar sobre as finanças do RN; quebrado ou não…

Território Livre.

TRT-RN condena empresa a pagar R$ 100 mil por dano moral coletivo

dinheiro 3A empresa Finobrasa Agroindustrial S.A, com sede no município de Ipanguaçu, foi condenada pelo juiz Carlito Antônio da Cruz, da Vara do Trabalho de Assu, a pagar R$ 100 mil por dano moral coletivo e se adequar às exigências da legislação trabalhista. As irregularidades cometidas pela empresa foram constatadas pelo Ministério Público do Trabalho que tentou, por várias vezes, firmar um Termo de Ajuste e Conduta com a Finobrasa, que sempre se negou a firmar o documento.

A procuradora Marcela Asfora ajuizou uma Ação Civil Pública pela falta de pagamento ou compensação do tempo gasto (1 hora e 12 minutos diários) pelos trabalhadores no deslocamento, no ônibus da Finobrasa, entre suas residências, em Carnaubais e a sede da empresa, na zona rural de Ipanguaçu. O juiz Carlito Cruz reconheceu o prejuízo causado a mais de 100 trabalhadores pela atuação ilegal da empresa e arbitrou uma indenização de R$ 100 mil para reparar o dano moral coletivo. A Finobrasa ainda terá que pagar uma multa de R$ 100 mil, caso as obrigações não sejam cumpridas.

Pai acusa médico por cobrar R$ 1,2 mil para realizar parto pelo SUS na BA

A página baiana do do G1 informa quem um morador da cidade de Itabuna, no sul da Bahia, afirma que teve que pagar dois salários mínimos a um médico para que fosse realizado o parto do filho dele. Luís Henrique do Espírito Santo relata que a esposa estava internada na Maternidade Ester Gomes pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mas R$ 1,2 mil foram cobrados pelo médico da unidade de saúde para que fosse realizada uma cesariana. O bebê nasceu na noite de segunda-feira (5).

“Eu levei a minha esposa no sábado (3) e ele [médico] mandou voltar no domingo (4). No domingo, ela foi de novo, passou a madrugada e nada de ter o neném. Quando chegou na segunda-feira à tarde, ela falou comigo e disse que não estava aguentando mais. Eu fui na recepção e pedi para a mulher perguntar ao médico o valor pra fazer o parto. Ele disse que, se eu pagasse dois salários [mínimos], faria”, conta o pai da criança.

Ministro afastado em ‘faxina’ de Dilma comemora fim de investigações

alfredonascimento7Folha – Afastado do Ministério dos Transportes há dois anos na “faxina ética” feita na pasta pela presidente Dilma Rousseff, o senador Alfredo Nascimento (PR-AM) fez hoje um desabafo no plenário do Senado para comemorar o fim das investigações do caso pela Procuradoria Geral da República.

Ao comemorar parecer do procurador em que diz não ter provas contra o ex-ministro, Nascimento disse que “não é lixo” e a “justiça de Deus tarda, mas não falha”. O senador ocupou a tribuna do Senado por uma hora e meia, quando recebeu sucessivos apoios de colegas pelo parecer de Roberto Gurgel. No documento encaminhado ao Supremo Tribunal Federal, o procurador diz que as provas levantadas pelo Ministério Público não são suficientes para incriminar Nascimento no caso.

Quadrilha queria matar delegada, promotor e policial federal

Operação foi deflagrada na madrugada desta terça-feira (6) (Foto: Divulgação/Polícia Federal do RN)

Uma delegada de Polícia Civil, um promotor de Justiça e um agente da Polícia Federal estariam marcados para serem mortos pelo suposto grupo de extermínio preso na manhã desta terça-feira (6) no Rio Grande do Norte. A informação foi confirmada pelo delegado Alexandre Ramagem, da Divisão de Direitos Humanos da Polícia Federal. O grupo, segundo a Polícia Federal, é apontado como sendo responsável por pelo menos 22 homicídios com características de execução no estado. A operação foi denominada Hecatombe – em referência ao sacrifício coletivo de muitas vítimas.

Ainda segundo a Polícia Federal, o grupo cobrava entre R$ 500 e R$ 50 mil para executar as vítimas, o que configura que a quadrilha também atuava com pistolagem. “Mas houve um caso em que uma morte se deu por um motivo mais que banal. Um dos presos executou uma pessoa apenas para ‘estrear’ uma pistola que havia comprado”, disse o Ramagem.

O grupo, ainda segundo a PF, também teria planejado resgatar o soldado Wendell Fagner Cortez, apontado como um dos chefes do grupo, que está preso no quartel do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), que fica na zona Norte de Natal. Procurada pelo G1, a  advogada Kátia Nunes, responsável pela defesa do policial, informou que ainda irá se informar sobre as suspeitas envolvendo seu cliente

Turistas devem gastar R$ 25,2 bilhões na Copa do Mundo

rios
Maracanã testa iluminação nesta quinta-feira (Foto: Genílson Araújo / Agência O Globo)

O governo federal calcula que brasileiros e estrangeiros gastem R$ 25,2 bilhões em viagens durante a Copa do Mundo de 2014.

Os dados foram divulgados nesta terça-feira (6) pela Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), órgão ligado ao Ministério do Turismo.

No estudo, economistas da Embratur se basearam no gasto médio de turistas de eventos no Brasil e nos gastos realizados por estrangeiros na última edição da Copa do Mundo, em 2010.

Eles estimam que os brasileiros gastem R$ 18,35 bilhões durante os 30 dias de jogos, e os estrangeiros, R$ 6,85 bilhões. O valor inclui despesas com hotel, alimentação e deslocamentos dentro do país.

O governo espera 3 milhões de turistas brasileiros e 600 mil estrangeiros para o evento.

O valor de R$ 25,2 bilhões é 30 vezes superior ao gasto de turistas na Jornada Mundial da Juventude (JMJ), estimado em R$ 660 milhões no Rio de Janeiro. Na Copa das Confederações, a estimativa é que turistas tenham gasto cerca de R$ 321,79 milhões.

Esposa de Iberê Ferreira morreu em decorrência de doença degenerativa

iberedoisMorreu no início da noite de hoje a esposa do ex-governador Iberê Ferreira de Souza, Celina Maria Maia Ferreira de Souza, após nove anos de luta contra a esclerose lateral amiotrófica (ELA), que é uma doença neurodegenerativa progressiva, caracterizada pela degeneração dos neurônios motores.

A ex-primeira-dama estava internada na UTI do Hospital São Lucas, de onde o corpo será transladado para o velório, a partir das 22h, no Centro de Velório São José. Às 9h desta quarta-feira (07) será celebrada missa e, em seguida, o funeral segue para Recife, onde o corpo será cremado.

Ministério da Integração Nacional libera R$ 130 milhões para municípios atingidos pela seca

O Ministério da Integração Nacional anunciou a liberação de R$ 130 milhões dentro do programa Água para Todos, para os municípios atingidos pelos efeitos da seca, em reunião realizada nesta segunda-feira (5/08), na Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), com representantes do governo federal e de prefeituras de sete estados do semiárido brasileiro.

Cerca de 300 cidades serão beneficiadas com sistemas simplificados de abastecimento de água. Os recursos do programa Água para Todos serão repassados diretamente aos municípios e preveem localização e perfuração de poços, tratamento, armazenamento e distribuição de água para comunidades rurais de baixa renda em áreas atingidas pela estiagem. Em contrapartida, as prefeituras deverão desenvolver um trabalho social com oficinas educativas de gestão da água, entre outras ações. Cada comunidade deve ter ao menos 50 famílias e a renda per capita deve ser de R$ 140.

Além dos sistemas de abastecimento, o Água para Todos oferece outras tecnologias de instalação simples: cisternas, pequenas barragens e kits de irrigação. Ao todo, serão investidos pelo programa cerca de R$ 5 bilhões para universalizar o acesso à água para populações carentes, residentes em comunidades rurais.

O Programa Água para Todos é coordenado pelo Ministério da Integração Nacional e conta com o apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, do Ministério do Meio Ambiente, da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), do Banco do Nordeste (BNB) e da Fundação Banco do Brasil (FBB).

UERN abre inscrições da Especialização em Políticas Públicas e Desenvolvimento

A Universidade do Rio Grande do Norte (UERN) abriu inscrições para a especialização em Políticas Públicas e Desenvolvimento, pós-graduação oferecida pelo Departamento de Economia (DEC). O curso será ofertado em Pau dos Ferros e as inscrições podem ser feitas  até  09 de agosto de 2013, de segunda a sexta, no horário das 8h às 11h e das 19h às 21h.

O curso é gratuito, sendo cobrada apenas uma taxa de inscrição de R$ 70,00, e destina-se aos portadores de Diploma de curso superior em Ciências Econômicas, Administração, Geografia, Ciências Contábeis, Engenharia, Ciências Sociais, Serviço Social, Pedagogia, Direito e História, de instituições públicas e privadas, reconhecidas pelo MEC ou, se estrangeiras, os títulos devem ter sido revalidados no Brasil.

O curso terá duração de 15 meses e serão oferecidas 30 (trinta) vagas.  O processo seletivo será constituído de Análise do Currículo Lattes e Entrevista. Leia o edital aqui. 

Material escolar: Dilma Rousseff veta emenda de José Agripino

O senador José Agripino considerou “crime contra a educação” o veto da presidente Dilma Rousseff à emenda do parlamentar potiguar que isenta itens do material escolar de impostos. A emenda foi apresentada por Agripino na MP da Cesta Básica. Segundo o parlamentar, o veto da chefe do Executivo ao kit escolar é uma prova clara de que o governo federal trabalha pela educação do país apenas da boca para fora. “O veto foi lamentável porque, diante de tantas desonerações que o governo fez, uma coisa importantíssima era baratear o material escolar para que as famílias pudessem ter todos os seus filhos na escola e não apenas alguns”, disse o líder democrata.

G1 destaca condenação ao assassino do jornalista F Gomes

Ganhou repercussão nacional, através do portal de notícias G1, a condenação do mototaxista João Francisco dos Santos, mais conhecido como ‘Dão’, a cumprir 27 de prisão em regime fechado pela morte do radialista Francisco Gomes de Medeiros, o F. Gomes, assassinado a tiros na noite de 18 outubro de 2010 na cidade de Caicó, região Seridó do Rio Grande do Norte. A sentença foi lida pelo juiz Luiz Cândido de Andrade Villaça, que presidiu o júri popular. Foram dois dias de julgamento.

Dão pegou pena base de 25 anos e seis meses pelo assassinato. O juiz ainda acrescentou à pena um ano e meio pela resistência à prisão. Além disso, o mototaxista foi condenado a pagar R$ 300 mil à família de F. Gomes.

F G1

Inscrições no programa Minha Casa, Minha Vida terminam na próxima sexta-feira

minha casa minha vida

O déficit habitacional no Brasil, no Rio Grande do Norte e em Natal é uma triste realidade para quem não possui imóvel próprio. Visando diminuir o atual saldo negativo no município, a Prefeitura do Natal, em parceria com o Governo Federal, abriu inscrições para o programa Minha Casa, Minha Vida. O cadastramento teve início no dia 10 de julho e termina nesta sexta-feira (9). Conforme o secretário adjunto de Habitação, Regularização Fundiária e Projetos Estruturantes, Albert Josuá Neto, as inscrições não serão prorrogadas.

Caso F. Gomes: Júri condena Dão e trabalhos são encerrados em Caicó

Encerrado os trabalhos no plenário Siloé Capuxu do Fórum Amaro Cavalcante, em Caicó. Conforme o blogue adiantou, o mototaxista João Francisco dos Santos, Dão, foi condenado a 27 anos de prisão em regime fechado por ter matado o radialista Francisco Gomes de Medeiros, F.Gomes, em outubro de 2010.

Dão confessou que matou o radialista F. Gomes a tiros. Além dele, são réus o advogado Rivaldo Dantas de Farias, o ex-pastor evangélico Gilson Neudo Soares do Amaral, o tenente-coronel Marcos Antônio de Jesus Moreira, o soldado da Polícia Militar Evandro Medeiros e o comerciante Lailson Lopes, conhecido como “Gordo da Rodoviária”, que teve o júri adiado. Não há data para o julgamento dos demais.

dao juri

Fátima participa do lançamento do Comitê e da Frente no RN em Defesa do Petróleo‏

Na noite de ontem (05) a deputada federal Fátima Bezerra (PT), que é coordenadora regional da Frente Parlamentar Nacional em Defesa da Petrobras e do Pré-Sal, participou do ato de lançamento do Comitê estadual “O Petróleo tem que ser nosso!” e da “Frente Parlamentar em Defesa da Petrobras e dos Investimentos em Campos Terrestres”. Mobilização foi realizada pelo SINDIPETRO-RN, no IFRN Cidade Alta, e contou com a participação do deputado estadual Fernando Mineiro (PT), do vereador George Câmara (PCdoB), além de representações sindicais e movimentos.

“A descoberta do pré-sal e o necessário investimento da Petrobras não pode servir de desculpa para o recrudescimento dos investimentos nas áreas terrestres e marítimas menos atrativas economicamente. A Petrobras não pode agora decidir reduzir as atividades em estados como o Rio Grande do Norte, Ceará, Sergipe, Alagoas e Bahia, e fazer aceitarmos pacificamente o grande número de demissões em todos os setores, conforme o sindicato está denunciando. A Petrobras não foi construída com o sangue e o suor de milhares de brasileiros para ser apenas mais uma empresa com visão mercadológica”, acredita a deputada.

fa petro

 

Caso F.Gomes: Em regime fechado, Dão é condenado há 27 anos de prisão

1011154_546877345392133_834380131_nSaiu agora há pouco a sentença do mototaxista João Francisco dos Santos, o Dão. Ele foi condenado há 27 anos de prisão em regime fechado por ter matado o radialista Francisco Gomes de Medeiros, F.Gomes, em outubro de 2010.

Foram dois dias de trabalhos presididos pelo juiz Luiz Cândido Villaça.

Deputado Ezequiel preocupado com caos na saúde e segurança no Estado

ezequiel adutoraNa sessão da Assembleia Legislativa, o deputado Ezequiel Ferreira mostrou preocupação com a falta de serviços e materiais em unidades hospitalares do Estado, e também com a situação que se encontra a segurança pública, na capital e no interior.

“Entramos com requerimentos solicitando ao secretário de Saúde que explique os motivos que estão sendo divulgados: a falta de medicamentos, luvas e materiais básicos de uso diários de profissionais, no Hospital Walfredo Gurgel. Também a preocupação é grande com a lotação de hospitais, devido à paralisação das cirurgias eletivas ortopédicas, no Hospital Dioclécio Marques, que atende o interior também”, comentou o deputado.

Na área de segurança pública, Ezequiel quer informações sobre o atraso no pagamento dos 220 carros lotados, que ficam à disposição da Polícia Militar. “Soube que 20 caminhonetes e 200 gols estão para serem recolhidos. A polícia não tem a estrutura mínima para trabalhar. Sei do sacrifício do Cel. Araújo, que comanda a PM/RN, a culpa não é dele. Falta segurança, pois o Governo do Estado não dar o apoio necessário”, afirmou Ezequiel. O deputado ainda solicitou estudo técnico para criação de uma Delegacia Especializada para investigar crimes no sistema de transporte público. “Só esse ano houve 427 assaltos, um aumento de 150% em relação ao ano passado”, justificou.

Tomba diz não mais acreditar no “legado da Copa”

tomba secaO deputado estadual Tomba Farias (PSB), em pronunciamento hoje na Assembléia Legislativa, disse não acredita mais que a Copa de 2014 trará um “legado” para a sociedade potiguar, principalmente em áreas estratégicas como as de saúde, segurança e mobilidade urbana.

Reportando-se ao passado, Tomba Farias lembra que foi a favor da concessão do empréstimo para a construção do Estádio Arena das Dunas, na esperança de que a Copa gerasse benefícios para a população de Natal e do Rio Grande do Norte. “Quando concordei com a concessão do empréstimo, não foi pela Copa do Mundo, ou pelos dois, três ou quatro jogos que aqui fossem realizados. Concordei por acreditar que o evento deixaria uma ‘herança’ para a nossa população”, disse.

Para Tomba Farias, no entanto, a Copa do Mundo caminha para não deixar uma ampla repercussão social no dia-a-dia do cidadão, através da construção de UTI´s, da contratação de policiais e da execução de obras de mobilidade.

“A gente sabia que não podia ter Copa do Mundo sem ter UTI para os turistas. Mas quando a Copa terminasse, essa UTI ficaria aqui para beneficiar a população. A gente acreditava que ia haver a contratação de policiais para melhorar a segurança pública, mas isso não aconteceu e ainda estão desempregados os concursados da PM. Também nada indica que os graves problemas de mobilidade urbana que Natal enfrenta serão solucionados”, destaca.

De acordo com o parlamentar, a grande preocupação agora é o que se fazer com o Estádio Arena das Dunas depois da Copa do Mundo.

Agnelo Alves decreta a falência do governo Rosalba: “Não é uma crise, é um atestado de óbito”

agnelo-alvesO deputado estadual Agnelo Alves (PDT) afirmou na manhã desta terça-feira que a crise financeira por que passa o Rio Grande do Norte é um “atestado de óbito” da atual gestão estadual. “Não é uma crise, é um atestado de óbito. Não interessa, agora, saber a culpa. Interessa é o caminho, a saída, a solução”, afirmou o parlamentar.  “O Estado faliu, agora, como não tem vida, como nós – humanos – temos, em vez de dizer que o Estado morreu, dizer que faliu. Não é uma crise, mas um atestado de óbito”, disse.

 O deputado criticou o que classificou como tentativa do governo estadual de criar um famoso jeitinho para adiar um problema que não quer resolver. “Tenho a impressão de que, na verdade, o que se está procurando é o famoso jeitinho, para ver como se adia o desfecho da crise. Crise que vem de longa data e que, de governo a governo, se agrava porque nenhum governo atua para extingui-la”. Para Agnelo, o Estado tem um orçamento que é uma ficção, aprovado como lei, mas que passa a ser uma lei de ficção também. “Então você vê o seguinte: o que é o governo hoje? É pagar o funcionalismo, administrar esse pagamento mês a mês, ano a ano. E não sobra nenhuma margem para o que é essencial, que é o investimento”.
Segundo Agnelo Alves, o que espanta nessa crise é que a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) esteve em fevereiro na Assembleia Legislativa e, viva-voz, lendo a mensagem anual, disse que o Estado estava numa situação perfeita, tinha saneado as suas finanças e estava apto para uma política de investimento.“E o que é que se constata é que, de duas uma, ou os números que se ofereceram a Rosalba pela assessoria eram fictícios, ou ela estava consciente de que tudo aquilo fazia parte de uma grande ficção, de uma grande comédia trágica que domina o Rio Grande do Norte no seu todo”, afirmou.
Jornal de Hoje

Ex-prefeito de Tangará é condenado a 4 anos de reclusão no semiaberto

Uma denúncia do Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) contra o ex-prefeito de Tangará, Giovannu César Pinheiro e Alves, o Gija,  resultou na condenação do político a quatro anos e dois meses de reclusão, a serem cumpridos em regime inicialmente semiaberto. Ele foi considerado culpado por desvio de verbas na reforma da sede de um assentamento.

Kelps Lima agora poderá deixar o PR de João Maia

Kelps
Kelps

O deputado estadual  Kelps Lima está livre para deixar o Partido da República do deputado federal João Maia. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) julgou procedente o seu pedido de desfiliação por justa da legenda do PR.

O destino de Kelps deverá ser a REDE, de Marina Silva, ou o Partido Progressista (PP) que é presidido no Rio Grande do Norte pelo vereador natalense Rafael Motta que é filho do presidente da assembléia legislativa, deputado Ricardo Motta.

Festival de Fondue do Hotel Portal da Serra prossegue durante o mês de agosto

Sucesso de público durante todo o mês de julho, o Festival de Fondue do Hotel Portal da Serra, em Portalegre, prossegue durante os finais de semana do mês de agosto, recebendo hóspedes e visitantes que se deliciam com o saboroso prato europeu.

No Festival você irá saborear fondues de queijo, carnes e chocolate, acompanhados de belos vinhos da região da Emília/Itália e da Serra Gaúcha, além de uma boa música ao vivo, e, claro, da bela e confortável estrutura do Hotel Portal da Serra e do clima sempre aconchegante da serra de Portalegre.

Para participar do Festival de Fondue do Hotel Portal da Serra você pode fazer sua reserva pelos telefones: (84) 3377-2002/ (84)9923-0879, ou pelo e-mail: [email protected]

correta

George Soares denuncia caos na saúde do Hospital Regional de Assu

george-soares-382x300O Deputado George Soares (PR) registrou no Plenário da Assembleia Legislativa, uma denuncia que chegou por e-mail, em que relata as péssimas condições do Hospital Regional Dr. Nelson Inácio dos Santos, em Assu.

O conteúdo do e-mail denuncia que falta o básico para atender a população. Faltam seringas, medicamentos e até mesmo esparadrapos. Os pacientes que precisam de curativos trazem o material de casa, só assim o procedimento é realizado.

Durante o pronunciamento, George Soares lembrou que esteve visitando a unidade hospitalar, e o diretor do Hospital apresentou uma realidade totalmente diferente. “A mais ou menos 40 dias, estivemos no Regional, onde visitamos todas as instalações. Durante a visita, pude perceber outra realidade, tudo limpo e funcionando, porém, diante desta denuncia, temos certeza que a real situação é outra”.

Nelter Queiroz propõe federalização da UERN‏

nelter seguranças

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O deputado estadual Leonardo Nogueira (DEM) fez um pronunciamento na manhã desta terça-feira (06), na Assembleia Legislativa, falando sobre as dificuldades financeiras que passa a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), bem como se integrando a luta para interiorização da mesma, como é o caso de Apodi.

Em aparte, o deputado Nelter Queiroz (PMDB – na foto) defendeu que realmente Apodi merece ter seu campus para o ensino superior, mas defendeu junto ao colega Leonardo, a realização de uma audiência pública para discutir a situação financeira da referida UERN, além de sugerir que o Governo Federal assuma a Universidade.

“O que nós sabemos é a grave situação financeira que passa a UERN. Então, Apodi merece ter um campus de ensino superior? Merece. Mas nós precisamos antes de tudo realizar uma audiência pública para que possamos discutir a situação da nossa Univerisdade. Eu acho que o caminho para a UERN é ser federalizada, tendo em vista que o Governo do Estado não dispõe de condições financeiras para manter um Centro de Educação Superior”, afirmou Nelter.

A ideia da federalização da UERN já chegou a ser discutir com o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na gestão da ex-governadora Wilma de Faria, mas a iniciativa naquele instante acabou por não merecer a acolhida necessária do chefe da Nação.

Posts Recentes

Posts Recentes

Categorias

Sobre chuvas

Os dias até que vinham caminhando com certo otimismo em relação ao inverno de 2017, mas na semana passada uma certa apreensão tomou corpo, sobretudo,

Leia Mais