Polícia dispersa com bombas manifestação contra a Copa

Policiais militares dispersaram com uso de bombas de gás e de efeito moral um protesto contra a Copa que acontecia na Praça Saens Peña. Os manifestantes pretendiam seguir em direção ao Estádio Maracanã, mas foram impedidos por um forte esquema de segurança. Os policiais contam com auxílio de homens da Força Nacional e bloquearam todas as ruas no entorno da praça, para impedir que os manifestantes se desloquem.

Homens do Batalhão de Choque e da Cavalaria também reforçam o efetivo. Os manifestantes pedem a libertação de ativistas políticos contrários ao evento que foram presos ontem (12) em Operação da Polícia Civil. A situação continua tensa no local, e os policiais da Cavalaria desembainharam as espadas para intimidar os manifestantes que tentam se reagrupar para seguir com o protesto. Eles carregam bandeiras e faixas criticando os gastos com a Copa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

agosto 2022
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

Robinson Faria segue firme

Mesmo sem um forte grupo de aliados políticos para o pleito deste ano, o governador Robinson Faria (PSD) segue firme com o propósito de ser

Leia Mais

Falta prestígio político

Comenta-se em São João do Sabugi que o ex-prefeito Aníbal Pereira (PMDB) não tem usado seu prestígio junto à cúpula partidária para ajudar a prefeita

Leia Mais