“O crime organizado agradece”, diz Bolsonaro após Lula descartar intervenção no Rio

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) disse neste domingo (29) que o “crime organizado agradece” em resposta ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ter descartado decretar uma GLO (Garantia da Lei e da Ordem) no Estado do Rio de Janeiro.

Em 23 de outubro, 35 ônibus e 1 trem foram queimados após uma operação policial que acabou com a morte de um miliciano. Foi um dos piores episódios de conflito com milícias na capital fluminense.

Na 6ª feira (27.out), em café com jornalistas no Palácio do Planalto, Lula disse que não decretará a intervenção no Rio de Janeiro “enquanto for presidente”. Declarou que não cabe a militares das Forças Armadas ficar nas favelas “brigando com bandido”.

Na 4ª (25.out), o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, que é do PL –mesmo partido de Bolsonaro– também negou a necessidade de um decreto de GLO para o Estado e disse esperar o uso de militares no reforço da segurança do Rio.

Poder 360

3 respostas

  1. Os pebas e os que não sabem que são pebas, ficam se agredindo. Corrupção é coisa de lobo em pele de burrego. O crime, não tem pena nem da mãe.

  2. Quero parabenizar a todos que votaram em Lula, e dizer, vcs foram enganados. Infelizmente, nós que não votamos, também entramos nesta barca furada. Já não basta ter uma governadora que fecha hospitais e diminui os repasses pra educação e saúde, ainda, por cima, elegem um cara que diz gostar de pobre e tira mais de 3 milhões de pessoas do bolsa família, ou seja, os pobres já eram, hj são miseráveis.

  3. Caro Francisco, só discordo quando você diz que, quem voltou no Lula foi enganado, foi enganado não, foi burrice mesmo, todos foram muito bem avisados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

fevereiro 2024
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829  
Categorias