Penso, logo existo...

Falta de equipamentos e alta demanda levou RN a pagar mais que o dobro por respiradores chineses, explica Sesap

Trinta dos 270 respiradores que o Consórcio Nordeste encomendou à China serão do Rio Grande do Norte. Os asiáticos impuseram aos governadores do Nordeste um preço duas vezes maior que o normal, conforme detalhado pelo Blog do Dina. O custo dos equipamentos aos potiguares será de R$ 4,9 milhões, conforme explicou a Secretaria Estadual de Saúde na nota abaixo que encaminhou ao blog: O Governo do Estado adquiriu 30 novos respiradores para reforçar o trabalho de ampliação de leitos para tratamento de pacientes infectados pelo novo coronavírus. A medida representa um investimento de aproximadamente R$ 4,9 milhões. O valor inclui o frete aéreo entre a cidade chinesa de Guangzhou e Recife-PE e o seguro internacional dos equipamentos. A aquisição foi realizada na China por conta da falta dos equipamentos no mercado brasileiro e pelo país asiático concentrar grande parte da produção de respiradores no mundo. A compra inclui mais 270 respiradores e foi feita de forma conjunta pelo Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste, sob a coordenação do Governo da Bahia, que hoje preside a entidade. Todos os estados da região participaram da compra e receberão os equipamentos médicos. A previsão é de que o carregamento desembarque no Nordeste em até 20 dias. Blog do Dina

Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *