Fátima: uma aberração política chamada de “conjunto da obra” não pode fundamentar um processo de Impeachment

fatimaI

Durante sua participação na Comissão Especial do Impeachment, a senadora Fátima Bezerra (PT-RN) repudiou, nesta quarta-feira, o desvirtuamento no processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Segundo a senadora, está ficando cada vez mais claro para a sociedade brasileira e para a comunidade internacional que a presidenta não cometeu nenhum crime de responsabilidade e que, por isso, há uma tentativa de golpe de Estado no Brasil.

Fátima lembrou que, a oposição e as pessoas que trabalham pelo golpe tentam inserir, agora, no mérito do julgamento, acusações que não constam na denúncia. “Fala-se em retirar o cargo da presidenta pelo ‘conjunto da obra’ já que as acusações de ela ter cometido crimes de responsabilidade direta não se sustentam, visto que ela não cometeu nenhum crime. (…) No regime presidencialista, uma aberração política e jurídica chamada de “conjunto da obra não pode fundamentar o impedimento da Presidenta da República”, afirmou.

2 respostas

  1. Essa parasita de instestino de abutre , mente quando fala e engana quando pensa o Pt deu golpe na população, quebrou o pais , roubou descaradamente o povo transferiu ouro do tesouro para paises comunistas em detrimnento do sofrimento da população, por conta das pedaladas e emprestimo a comunistas foi o que quebrou o pais.

  2. Aberração Senadora é ver vc envergonhar quem votou na sra como eu fiz pela primeira vez e se Deus quiser foi a última vez que lhe dei um voto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

setembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930 
Categorias