EMPARN desenvolve projetos agrícolas para parque eólico em Serra do Mel

torres eolica

Os dois parques eólicos que serão inaugurados nesta quarta-feira (29) em Serra do Mel, na Região Oeste, contam com a participação da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN) no desenvolvimento de projetos agropecuários para as comunidades vizinhas. A Associação de Desenvolvimento Comunitário Vila do Amazonas (Adecovam) e a Associação dos Produtores de Caju da Vila Pará (Acopará) serão beneficiadas pela ação de caráter sócio-econômico.

Nos parques eólicos construídos pela empresa Voltália estão sendo investidos recursos na atividade de agricultura irrigada em uma área de 1,93 hectare na Adecovam, e mais 1,52 hectare na Acopará, para cultivo de Erva Sal (Atriplex Nummularia), destinada à produção de forragem. Também estão sendo desenvolvidas atividades para o cultivo de tilápias e criação de  ovinos e galinha caipira.

O projeto da Voltália ‘Água e Renda – Água para a vida’ exigiu a perfuração de dois poços tubulares com cerca de 200 metros de profundidade, cada um. Como a qualidade da água não é ideal para o consumo, dois dessalinizadores vão transformá-la em água potável. O rejeito dessa água residual será aproveitado para a geração de renda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

setembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930 
Categorias

Cármem Lúcia no modelo simples

Nada de aeronaves ou carros oficiais. A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, desembarcou discretamente no norte de Minas para visitar parentes

Leia Mais