Debate Dilma x Serra: detector flagrou mentiras

O perito em veracidade da Truster Brasil, Mauro Nadvorny, fez a pedido da coluna do Cláudio Humberto a análise de voz dos candidatos nas “considerações finais” do debate de terça, na Band, após o fim do bate-boca: o detector de mentiras israelense registrou que Dilma mentiu quando disse “estar preparada para ser presidente”. O tucano Serra mentiu também ao prometer que “vai eliminar os atrasos na Saúde e na Segurança”.

Serra mentiu, diz o laudo da Truster Brasil, quando prometeu manter os programas sociais. Mas é verdade que “trabalhará por economia forte”.

A promessa do mínimo de R$ 600 passou no detector; o reajuste de 10% na aposentadoria, não. Dilma mentiu no que vai fazer na Saúde.

A voz de Dilma, ao contrário de Serra, mostrou “tensão extrema” na despedida, sinal de que mentiu dizendo que “nunca atacou sem prova”.

Mauro Nadvorny, da Truster, ressalta que a análise “é “radiografia do momento”, e pode se alterar “em outras circunstâncias”.

Respostas de 7

  1. Se isso fosse aplicado a certos radialistas seria fantástico. Como por exemplo: você recebe dinheiro de algum político?

  2. O que eu realmente percebo é que ninguém consegue
    analisar merda nenhuma sem se colocar como eleitor
    prédefinido. Nem mesmo esse blog!

    Começo a ler os comentários… alguns muito bem fundamentados, exemplos de boa argumentação, de boa visão, mas lá pelo meio já percebo o fanatismo infundado (“daqueles do tipo: meus tataravô, bisavô, avô e pai são flamenguistas, mas eu sou porque eu quero, né por causa deles não”), alguns metendo o pau em Calonizé Serra, outros em Dilma Abourdeff. Para inteirar a desgraça lá embaixo vemos a bufa final do feijão passado:

    (…)-É por iiisso que eu voooto em fulaano(a)!
    Fulaninho(a) na cabeeçaa!(…)

    Parece-me até que os 3.479.340 votos brancos, 6.124.254 nulos e as 24.610.296 abstenções ocorreram porque…

    …ah, porque painho também “desde pequeno ‘vota’ assim”!

    Francamente…

  3. ABRE-TE SÉSAMO…

    No horário político da TV e do rádio desse dia 12.10, os produtores do programa da guerrilheira abortífera cupahêra Dilmão Carabina resolveram falar e “abriram-te” sésamo o baú do passado da miliciana, hoje congregada da irmandade das carmelitas descalças.

    A atual versão exibida na TV é bem melhor que a da literatura oriental, que atualizada, o Ali Babá de hoje já está com muito mais de quarenta ladrões. Vamos torcer que o Superior Tribunal Militar siga o bom exemplo de destemor da petralhada e faça o mesmo com outra obra sobre Dilmão Carabina que está “trancafiada” no seu cofre a treze chaves.

  4. JOSÉ SERRA É UM SANTO, E ADORA NORDESTINO!

    Serra culpa nordestinos pelos problemas de São Paulo

    “A grande problemática das grandes metrópolis, como São Paulo, é a migração nordestina”

    Serra quer expulsar nordestinos de São Paulo
    Serra quer expulsar nordestinos de São Paulo

    Segundo rola em alguns blogs, o candidato tucano à presidência da república, José Serra, defende mudanças na Constituíção Federal para conter a migração de brasileiros nascidos em Estados menos desenvolvidos da federação, como é o caso dos Estados da região Nordeste do país.

    “A grande problemática das grandes metrópolis, como São Paulo, é a migração nordestina. Se não se criar leis que impeçam essa invasão, não demorará muito para o país virar um caos”, teria dito o candidato tucano à uma repórter da revista Veja.

    O senhor José Serra esquece que a mão do povo nordestino está em cada tijolo dessa cidade. Não fosse nossa mão de obra São Paulo não seria o que é hoje. Aliàs, muitos de nós não vieram sozinhos, foram trazidos por grandes construtoras que nos usaram e, agora, querem nos expulsar da cidade que construimos.

    Fonte CMI midia independente

  5. Xerife veja o que disse o ainda dep. wober Junior em seu Twiter a respeito do seu presidente.
    @VoberJunior.
    Se não fosse a interferência do Gov. Eduardo Campos, nem aquela gravação teria sido feita. Lula se lixou para os amigos do RN.
    O dep do PPS não mentiu não.

  6. È assim que Serra pensa.Ele odeio empresas estatais,odeia nordestinos,odeia os trabalhadores e adora o FMI.

    Em comemoração aos 20 anos da Constituição, completados no último dia 5 de outubro, a assessoria do DIAP faz um resgate histórico dos trabalhos da Assembléia Nacional Constituinte, período que culminou com a promulgação da Carta Cidadã, quando o Departamento produziu a publicação “Quem foi Quem na Constituinte”. Conheça quem foi José Serra…

    1) -Votou contra a redução da jornada de trabalho para 40 horas;
    2) -Votou contra garantias ao trabalhador de estabilidade no emprego;
    3) -Votou contra a implantação de Comissão de Fábrica nas indústrias;
    4)- Votou contra o monopólio nacional da distribuição do petróleo;
    5) -Negou seu voto pelo direito de greve;
    6) -Negou seu voto pelo abono de férias de 1/3 do salário;
    7)-Negou seu voto pelo aviso prévio proporcional;
    8)-Negou seu voto pela estabilidade do dirigente sindical;
    9 -Negou seu voto para garantir 30 dias de aviso prévio;
    10) -Negou seu voto pela garantia do salário mínimo real;
    Fonte: DIAP — “Quem foi quem na Constituinte”
    PSDB, PPS e DEM, partidos que apoiam e governaram São Paulo com José Serra, são os mesmos que não votam de maneira nenhuma reforma agrária, a diminuição das horas semanais para 40 horas, na licença maternidade.

    Essa “turma” que está aí ao lado de José Serra, apoiou as
    privatizações, são contra o Mercosul e esquecem que a Refinaria Clara Camarão, a Br 101, a duplicação da Br-304 em Mossoró pertecem ao PAC.

    Essa mesma turma defende aquela mesma ladainha de enxugar o estado, ou seja, privatizar tudo e continuar pedindo esmolas ao (FMI).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

Roberto Requião no RN

Depois de Ciro Gomes foi a vez do senador Roberto Requião visitar o Rio Grande do Norte. Participou, em Natal, do lançamento da “Frente em

Leia Mais