Conseguir um emprego novo deve ser ainda mais difícil no ano de 2014

Maior trunfo dos governos petistas na economia, a taxa de desemprego em níveis historicamente baixos nos últimos anos vai encontrar um quadro menos favorável em 2014. Além do controle da inflação, a manutenção do pleno emprego e a melhoria da qualificação dos trabalhadores (veja matéria abaixo) serão os maiores desafios do Palácio do Planalto, sobretudo em razão da perda de fôlego das contratações na indústria.

Mesmo que não ocorra uma piora substantiva no mercado de trabalho no ano que começa amanhã, a continuidade dos indicadores recordes tende a ficar insustentável. Em novembro, a taxa de desemprego recuou para 4,6%, o mais baixo patamar desde 2002, quando a pesquisa oficial do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) passou a adotar a atual metodologia. Ocorre que esse recorde refletiu, em maior medida, não o aumento da oferta de vagas, mas a redução do número de pessoas à procura de trabalho, que preferiram ficar na inatividade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

dezembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 
Categorias