Penso, logo existo...

Categoria: Brasil

Covid-19: Registro de 552 óbitos nas últimas 24h no Brasil

 Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o Coronavírus no Brasil nesta sexta-feira (20):

– Registro de 552 óbitos nas últimas 24h, totalizando 168.613 mortes;

– Foram 38.397 novos casos de Coronavírus registrados, no total 6.020.164 pessoas já foram infectadas.

– O número total de recuperados do coronavírus é 5.422.102, com o registro de mais 14.604 pacientes curados. Outros 429.449 pacientes estão em acompanhamento.

Vídeo: homem negro é espancado e morto por seguranças do Carrefour

Em Porto Alegre (RS), um homem identificado como João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi espancado por seguranças do supermercado Carrefour, no bairro Passo d’Areia, na zona norte da cidade, na frente do estabelecimento. De acordo com informações de testemunhas, ele teria discutido com os agressores, que foram presos em flagrante.

Um dos detidos é policial militar, prestava serviço no local e foi levado a um presídio da corporação. O outro é segurança do supermercado e está com a Polícia Civil. Eles foram autuados por homicídio qualificado.

Segundo a Brigada Militar, a confusão teria iniciado no caixa do supermercado, envolvendo o homem e uma funcionária. A vítima teria ameaçado agredir a mulher, que chamou os seguranças. As informações são do portal GZH.

Veja vídeo:

Vacina para ontem

A segunda onda de contágios já fez França e Espanha ultrapassarem o Brasil no número de casos de Covid-19 por habitante. Nas Américas, EUA, Argentina, Peru e Chile também estão em situação pior que a brasileira.

Foram 606 óbitos nas últimas 24 horas no Brasil

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o Coronavírus no Brasil nesta quinta-feira (19):

– Registro de 606 óbitos nas últimas 24h, totalizando 168.061 mortes;

– Foram 35.918 novos casos de Coronavírus registrados, no total 5.981.767 pessoas já foram infectadas.

– O número total de recuperados do Coronavírus é 5.407.498, com o registro de mais 17.635 pacientes curados. Outros 406.208 pacientes estão em acompanhamento.

Crivella chama Doria de ‘viado’ e ‘vagabundo’

O prefeito do Rio de Janeiro (RJ), Marcelo Crivella (PRB), xingou de ‘viado’ e ‘vagabundo’ o governador de São Paulo (SP) João Doria (PSDB), durante reunião em que se defendia da acusação de ter provocado atrasos salariais de funcionários de Organização Social (OS) que prestam serviço à saúde pública da capital fluminense. Doria reagiu lamentando o ataque preconceituoso que utilizou termo homofóbico, e chamou de “fim melancólico” a postura de Crivella, exposta nas redes sociais no fim da noite de ontem (18).

Esbravejando, aos gritos, diante de uma plateia de apoiadores, o candidato à reeleição que disputa o 2º turno contra o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM) acusou Dória de ser dono de uma OS de São Paulo. E disse ser um “discurso mentiroso e vagabundo” a acusação de que os atrasos de pagamentos para funcionários de OS são causados pela falta de repasse da Prefeitura do Rio de Janeiro

“Eu entrei na Justiça contra esses vagabundos. Sabe o que eles fizeram? Dei dinheiro para pagar aos funcionários, eles pegaram e pagaram fornecedor, que tinha que pagar dia 10 de dezembro. E faltou dinheiro. Sabe de quem é essa OS? Essa OS é de São Paulo. É do Doria. Viado! Vagabundo!”, bradou Crivella.

Eleições ainda estão completamente indefinidas em 23 municípios

A disputa pela prefeitura está aberta em 23 municípios devido aos vencedores terem recebido menos um terço dos votos válidos no 1º turno, ou pela diferença de menos de 5% entre os dois candidatos.

A situação é observada em oito capitais, incluindo maior colégio eleitoral do país, São Paulo; e Maceió, que tem a menor diferença, só 0,31%.

Há casos em que ambos tiveram menos de 20% ou mais de 45% dos votos. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Em Maceió, Gaspar (MDB) teve 28,8% e JHC (PSB) 28,5%. Cariacica teve Euclerio Sampaio (DEM) com 18,8% e Celia Tavares (PT) 14%.

Em Vitória da Conquista, os dois candidatos poderiam ter sido eleitos no 1º turno. Zé Raimundo (PT) teve 47,6% e Herzen Gusmão (MDB) 45,8%.

Dos 114 candidatos ainda na disputa, 15 são do PT, 14 do PSDB e 13 do MDB. Do outro lado, PCdoB, Novo, PP e Rede têm apenas um cada.

Nos últimos 5 dias, 18 estados têm alta na média de mortes por Covid-19

A recente realidade brasileira diante da Covid-19 já acendeu o alerta médico e dos epidemiologistas: os números de novas mortes em decorrência da doença, que estavam em queda, voltaram a subir nas últimas semanas. Nesta quarta-feira (18/11), por exemplo, a taxa chegou a 613, a mais alta há 43 dias.

De acordo com os números analisados pelo (M)Dados, núcleo de jornalismo de dados do Metrópoles, em relação ao balanço do Ministério da Saúde, divulgado nessa terça-feira (18/11), 18 estados brasileiros impulsionam o rastro letal do novo coronavírus nos últimos cinco dias. Isso significa que tiveram nenhum ou apenas um dia de queda de mais de 15% nos indicadores em comparação aos 14 dias imediatamente anteriores.

Continue lendo

Zenaide destaca luta pelo fim da violência contra a mulher

Em pronunciamento nesta quarta-feira (18), a senadora Zenaide Maia (PROS-RN) destacou a importância e simbolismo dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher no mundo, que no Brasil começam em 20 de novembro, Dia da Consciência Negra.

Ela ressaltou que essa mobilização tem o objetivo de compartilhar atividades, conhecimento e inovações de maneira a prevenir e eliminar os atos violentos contra mulheres e meninas em todo o mundo. A senadora lamentou, no entanto, que em pleno ano de 2020 o machismo estrutural e as desigualdades sociais entre homens e mulheres continuem provocando agressões e assassinatos contra a população feminina.

Continue lendo

Coronavac chega nesta quinta (19) ao Brasil

As 120 mil primeiras doses da Coronavac chegam nesta quinta feira (19) em São Paulo (SP). A previsão é que o avião comercial que trará as vacinas aterrisse pela manhã no aeroporto de Guarulhos.

Inicialmente, o desembarque estava previsto para sexta (20), mas foi antecipado.

Até o final do ano, devem chegar ao país mais 5.880.000 doses produzidas na Sinovac, além de insumos necessários para produção de mais 40 milhões no próprio Instituto Butantan.

Spray mata Covid-19 em 1 minuto

Pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) desenvolveram um spray que ao ser aplicado sob máscaras de algodão forma uma barreira de proteção que mata o coronavírus em apenas um minuto.

O produto foi Batizado de SprayCov e mantém 99,99% de sua eficácia nas 48 horas seguintes à aplicação.

Covid-19: Pfizer conclui 3ª fase da vacina com 95% de imunidade, que deve dura um ano

As farmacêuticas Pfizer e BioNTech anunciaram, nesta quarta-feira (18), a conclusão dos testes da fase 3 da sua candidata a vacina contra Covid-19, a BNT162b2, que está sendo testada no Brasil.

Os resultados mostraram que a eficácia alcançada foi de 95% na prevenção à doença e não houve efeitos colaterais graves. Os dados ainda não foram publicados em revista científica.

De acordo com um comunicado da Pfizer, os estudos da vacina analisaram 170 casos confirmados de coronavírus. Os testes também envolveram pessoas com mais de 65 anos e, a partir desta faixa etária, a vacina se mostrou mais de 94% eficaz.

A empresa informou ainda que pretende produzir globalmente até 50 milhões de doses de vacina em 2020 e 1,3 bilhão de doses até o final de 2021.

No dia 9, o diretor da BioNTech, Ugur Sahin, disse esperar que a imunidade gerada pela vacina dure pelo menos um ano.

Operação em SP, DF, RO e RN cumpre mandados de prisão contra advogados suspeitos de levar informações a chefes de facção criminosa presos

O Ministério Público de São Paulo (SP) realiza nesta quarta-feira (18) uma operação contra advogados suspeitos de transmitir informações aos chefes do Primeiro Comando da Capital (PCC), facção que atua dentro e fora dos presídios do país, que estão isolados em presídios federais de segurança máxima.

Segundo MP, a ação tem como objetivo desarticular a célula jurídica do PCC. Oito defensores ligados à facção foram presos.

Ao todo, são cumpridos 13 mandados de prisão e 23 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo juiz Ulisses Augusto Pascolati Júnior, da 2ª Vara Especializada em Crimes Tributários, Organização Criminosa e Lavagem de Bens e Valores.

A operação ocorre em São Paulo, Brasília, Rondônia e Rio Grande do Norte.

Investigação

Continue lendo

“O Brasil já está na segunda onda de Covid-19”

Domingos Alves, pesquisador da USP, disse para a BBC:

“O Brasil já está na segunda onda de Covid-19”.

Em 16 de novembro, segundo ele, a taxa de contágio estava acima de 1 em 20 estados: Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins, além do Distrito Federal.

Covid-19 lota hospitais em São Paulo (SP) e infectologistas defendem necessidade de lockdowon

 Um grupo de infectologistas de São Paulo (SP) enviou carta a amigos para alertá-los de que “há um aumento expressivo de casos de Covid-19 nos hospitais de São Paulo”, que estariam, segundo eles, “lotados” por causa de um aumento “de 100% em alguns serviços”.

A carta é assinada por médicos como Giovanna Baptista Sapienza, Marcela Capucho Chiaratin, Renata Guise Azevedo, Natanael Sutikno Adiwardana e Daniel Wagner Santos, informa a jornalista Mônica Bergamo em sua coluna na Folha de São Paulo.

Os médicos recomendam “fortemente” o isolamento domiciliar. Ele advertem que devido ao período eleitoral, “talvez não haja interesse político em novo ‘lockdown’ agora, mas é uma medida extremamente necessária! Por favor, ajude a controlar a pandemia e se proteja!​”- escrevem.

Infectologista alerta para a “escalada” do Covid-19 no Brasil

Para a microbiologista da Universidade de São Paulo (USP) Laura de Freitas, algumas áreas do país já deveriam inclusive estar editando decretos com medidas de isolamento mais rígidas, como fechamento de comércio e de outras atividades.

— Está no momento. A gente está vivenciando a escalada dos casos, o ideal é fechar agora para não piorar e sobrecarregar hospitais — afirma Freitas.

Segundo a especialista, as medidas para diminuir os números são as conhecidas: isolamento social, máscara e álcool em gel.

— O uso da máscara é ainda mais recomendável agora do que no começo da pandemia porque a ciência descobriu que a máscara diminui a gravidade da doença. Quem é infectado usando o equipamento recebe uma carga viral menor e tende a ter uma doença mais branda — diz ela, para quem já se começa a se formar uma segunda onda da doença.: — É um fato. Na verdade, a primeira nem terminou. Diferentemente da Europa, aqui o número de casos só sofreu um declínio e já voltou a subir

Covid-19: 685 óbitos nas últimas 24h no Brasil

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o Coronavírus no Brasil nesta terça-feira (17):

– Registro de 685 óbitos nas últimas 24h, totalizando 166.699 mortes;

– Foram 35.294 novos casos de coronavírus registrados, no total 5.911.758 pessoas já foram infectadas.

– O número total de recuperados do coronavírus é 5.361.592, com o registro de mais 39.186 pacientes curados. Outros 383.467 pacientes estão em acompanhamento.

Segunda onda de Covid-19 no Brasil é baixíssima, diz secretário

Adolfo Sachsida, o secretário de Política Econômica do governo federal, disse nesta terça-feira (17) que é “baixíssima” a probabilidade de que o Brasil seja atingido por uma segunda onda da pandemia de Covid-19, registra O Globo.

Segundo o economista, a secretaria monitora dados sobre casos e mortes relacionadas à doença para ajudar a planejar ações como a eventual prorrogação do auxílio emergencial e do estado de calamidade pública.

“Acho baixíssima a probabilidade de segunda onda. Não apenas isso: os dados que nós temos mostram algo concreto, que é a força da retomada econômica. O setor de serviços está cada vez mais forte”, declarou Sachsida, ecoando o discurso de seu chefe, Paulo Guedes.

Fábio Faria recebe embaixador da Finlândia, terra da Nokia

Fábio Faria recebeu na manhã desta terça (17) no Ministério das Comunicações o embaixador da Finlândia, Jouko Leinonen.

“Tratei de temas referentes a infraestrutura de redes e tecnologias críticas com o embaixador da Finlândia, Jouko Leinonen”, escreveu o ministro. “Brasil e Finlândia mantem boa cooperação tecnológica. Fico honrado em ver o domínio da língua portuguesa por um representante estrangeiro”.

A Nokia tem sede na Finlândia e é uma fornecedora de tecnologia 5G.

O Antagonista

Com aumento da inflação, salário mínimo deve ser de R$ 1.088 em 2021

O governo revisou hoje a projeção de inflação para 2020, de 2,35% para 4,1%.

Com o aumento do INPC, o valor do salário mínimo deve chegar a R$ 1.088 em 2021 – valor de R$ 21 superior ao previsto no projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) encaminhado pelo governo.

O novo cálculo deverá ser feito no Congresso, na votação da LDO na Comissão Mista de Orçamento (CMO).

Covid-19: “As pessoas cansaram do isolamento e baixaram a guarda”

COVID-19, Coronavirus, group of viruses that cause diseases in mammals and birds. In humans, the virus causes respiratory infections. 3D illustration.

Sergio Cimerman escreveu no Estadão que a possível segunda onda da Covid-19 na Europa “ainda não mostra força necessária” no Brasil.

“Na verdade, não saímos ainda da primeira onda. Vivemos oscilações constantes e isso até mesmo se explica facilmente por sermos um país continental”, disse o coordenador científico da Sociedade Brasileira de Infectologia e médico do Instituto de Infectologia Emílio Ribas.

“As pessoas cansaram do isolamento e baixaram a guarda nas medidas preventivas. Realizam festas, baladas e encontros”, acrescentou.

TSE avalia testes de votação pelo celular para as Eleições 2022

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) testou em algumas cidades a possibilidade de voto usando recursos tecnológicos que vão além da urna eletrônica, como a partir de dispositivos móveis ou sites. Dessa forma, o eleitor nem sequer precisaria sair de casa, e o tribunal economizaria uma boa parte do orçamento destinado às licitações para garantir a estrutura do processo.

O presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, garantiu que vai analisar cada uma das alternativas em uma comissão que inclui ainda os ministros Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Se uma delas for considerada satisfatória, é possível até implementá-la gradualmente a partir das eleições de 2022. O objetivo principal, segundo Barroso, é o fator econômico da organização, e não uma eventual insegurança no processo atualmente utilizado com as urnas eletrônicas.

Ao todo, três cidades foram escolhidas para o projeto Eleições no Futuro nestas eleições de 2020: Curitiba-PR, São Paulo-SP e Valparaíso-GO, que concentrou a maioria das demonstrações. As 26 empresas de tecnologia escolhidas enviaram e testaram as propostas, mas os resultados ainda não foram detalhados pelo TSE.

Bolsonaro vota em escola do Rio usando máscara

O presidente da República Jair Bolsonaro votou pouco depois das 10h da manhã deste domingo (15) na Escola Municipal Rosa da Fonseca, dentro da Vila Militar, em Deodoro, na Zona Oeste do Rio. O esquema de segurança foi reforçado na frente e nos arreadores do local pelo exercito e policia militar do Rio de Janeiro.

Por causa da presença de Jair Bolsonaro, eleitores que votam na mesma escola até o horário este horário precisaram passar por detector de metal e revista em bolsas e mochilas.

A votação foi muito rápida. No local, ele cumprimentou apoiadores  antes e depois de entrar na escola. O presidente retorna ainda hoje para Brasília.

 Agência Brasil

Fiocruz: Natal (RN) com aumento moderado de Covid-19

Nove capitais brasileiras testemunham um avanço de infecções por Coronavírus, segundo levantamento do sistema InfoGripe, assinado pela Fiocruz com base em registros do Ministério da Saúde.

Seu último boletim, referente a dados coletados até o último dia 31, mostrou que oito dos municípios mais ameaçados são das regiões Norte e Nordeste, as primeiras em que o sistema de saúde entrou em colapso diante da Covid-19, entre abril e maio. A exceção é Florianópolis. O aumento, segundo especialistas, pode levar à chegada de uma segunda onda da pandemia no país.

De acordo com o levantamento, uma forte tendência (superior a 95%) de avanço da pandemia foi detectada na capital catarinense, em João Pessoa e Maceió.

Houve uma probabilidade moderada de crescimento (maior que 75%) da Covid-19 em Belém, Fortaleza, Macapá, Natal, Salvador e São Luís.

— São cidades em que há um avanço sustentado, e que vem sentido mantido, nos casos de Coronavírus — alerta Marcelo Gomes, coordenador do InfoGripe. — Não temos certeza sobre a existência de uma segunda onda, mas é uma possibilidade que deve servir de alerta para que as autoridades locais repensem ou revertam políticas de flexibilização.

Como não se sabe quanto tempo dura a imunidade, uma pessoa que já foi infectada poderia ser novamente vítima da pandemia. Portanto, segundo Gomes, faz sentido que as regiões mais vulneráveis vistas na pesquisa sejam aquelas onde houve mais contaminados nos primeiros meses da pandemia no Brasil.

Segundo Gomes, Florianópolis foi a única capital brasileira onde não houve um período de estabilização após o pico da pandemia. Os casos voltaram a crescer logo em seguida, provavelmente devido à desmobilização da população. Pior: também foi uma das cidades com menor número de infectados por cem mil habitantes, o que significa que muitas pessoas não tiveram contato com o coronavírus.

— O Brasil voltou cedo demais à normalidade. Por isso, nossa segunda onda pode ser mais grave do que a vista na Europa. Lá, o número de casos foi bastante reduzido até a pandemia atingir novamente a população. Aqui, nunca chegamos a um índice confortável, estacionamos em um nível alto. Então, se houvesse uma nova leva da doença, ela nos pegaria no meio de uma pista, e não no começo — diz o coordenador do InfoGripe.

A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte informa que Natal passou a registrar um leve aumento diário de atendimento de cerca de 2% na rede hospitalar. Hoje, a ocupação de leitos de Covid em todo o estado é de 40%.

O GLOBO

Bolsonaro inicia tratativas para compra de vacina

O governo Jair Bolsonaro (sem partido) deu início às tratativas para a compra da vacina da Pfizer contra a Covid-19. Segundo relatos feitos à CNN, o imunizante desenvolvido em parceria com a alemã BioNTech está no alvo do Palácio do Planalto, mas a negociação para a compra esbarra no transporte e no método de armazenamento da vacina. Está prevista para esta semana uma reunião do Ministério da Saúde com representantes da farmacêutica para buscar uma solução para o problema.

Mão de obra cara no Brasil

Nesses tempos de Pandemia do Covid-19 a mão de obra está botando pra lascar. Um pedreiro está cobrando uma diária que varia de R$ 200 a R$ 250.

Ganha muito mais do que muitos jornalistas, advogados, professores e outras profoissões.

É muito melhor ser pedreiro. Até uma dia desse era R$ 80 a diária. Agora virou objeto de luxo.

Não só a diária do pedreiro, mas de outros prestadores de serviço. Até nisso estamos chegando perto dos EUA.

PS: Nada contra. O cara cobra e você paga se quiser. Eu não pago. Ajusto o preço.

“Não há interferência política na Anvisa”, diz Fábio Faria

O ministro Fábio Faria, das Comunicações, afirmou que “não há qualquer interferência políticas nas decisões da Anvisa”.

Nas redes sociais, Faria disse ainda que o governo comprará qualquer vacina que for aprovada pela Anvisa e lutará somente contra a obrigatoriedade do imunizante.

“Não há qualquer interferência política nas decisões da Anvisa, que atua com isenção e independência. Lamentável qualquer menção que coloque em xeque a credibilidade da instituição e do seu corpo técnico, comprometidos servidores de carreira.”

O Antagonista

Exagerou!

O presidente Jair Bolsonaro exagerou na dose quando ameaçou um conflito com os EUA. Foi idiota ao falar que: “quando acabar saliva, tem pólvora”. Ao se referir a Joe Biden, provável novo presidente do Estados Unidos. Omi! Vai te aquietar.

Jornalistas vagabundos!

Não fossem as Redes Sociais, a Internet, estaríamos mergulhados no mais puro breu e silêncio. As grandes Redes de Jornais e de Televisão censuram e são coniventes com todos os absurdos impostos às populações de todos os recantos do País. Não se tem acesso à informação como se deveria. A chamada Grande Mídia Cretina torce pelo quando pior melhor. As Edições e as Fake News bem elaboradas são despejadas aos borbotões confundindo as pessoas.

Jornalistas vagabundos! A serviço da desordem e da bagunça. Jagunços travestidos de santinhos. Covardes! Pregam a desordem em tudo que é lugar.

Voto nulo e voto em branco

NULO

É considerado voto nulo aquele em que o eleitor digita na urna eletrônica um número que não corresponde a nenhum candidato ou partido político oficialmente registrado. No caso de uso de cédula de papel, é nulo o voto quando o eleitor faz qualquer marcação que não identifique de maneira clara o nome ou o número do candidato, ou ainda o número do partido político. São nulos igualmente os votos cujas cédulas contenham elementos gráficos estranhos ao ato de votar.

O voto nulo é apenas registrado para fins estatísticos. Ele não é computado como voto válido (não vai para nenhum candidato, partido político ou coligação).

BRANCO

Voto em branco é aquele em que o eleitor não manifesta preferência por qualquer dos candidatos apresentados na urna. Há uma tecla branca na UE especificamente com essa funcionalidade

Bolsonaro contra dispensa de licitação para advogados

Jair Bolsonaro enviou ontem ao STF parecer em defende a inconstitucionalidade de lei que dispensa licitação para contratação, pelo poder público, de advogados e contadores.

A contratação direta foi aprovada no ano passado no Congresso e vetada pelo presidente em janeiro. Os parlamentares, no entanto, derrubaram o veto e restabeleceram a lei.

“Certificada pela Anvisa, o governo vai comprar a vacina”, diz Bolsonaro

Jair Bolsonaro afirmou há pouco, em live, que o governo federal vai comprar as vacinas contra Covid-19 que tiverem a eficácia comprovada pela Anvisa.

Além do veto de Jair Bolsonaro à aquisição da Coronavac, o Ministério da Saúde ainda não se decidiu se comprará a vacina desenvolvida pela Pfeizer –que, segundo resultados preliminares, tem uma taxa de imunização de 90%.

“Passando pela Saúde e sendo certificada pela Anvisa, o governo federal vai comprar as vacinas e vai disponibilizar. Mas não vai ser obrigatória de jeito nenhum.”

Eleitor poderá justificar ausência pelo celular

Como o voto é obrigatório no país, todo eleitor que não comparecer a sua zona eleitoral no dia da eleição está igualmente obrigado a justificar a ausência, sob pena de ter suspensos diversos de seus direitos civis caso não regularize sua situação na Justiça Eleitoral.

O primeiro turno das eleições municipais está marcado para 15 de novembro. O segundo turno, onde houver, ocorrerá em 29 de novembro. O horário de votação é sempre das 7h às 17h, no horário local.

Uma das justificativas aceitas para não ter ido votar é se o eleitor comprovar que estava fora dos limites geográficos de seu domicílio eleitoral, no dia de votação. Neste ano, em função da pandemia do novo Coronavírus, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu facilitar esse tipo de comprovação.

Foi adicionada ao aplicativo e-Título uma funcionalidade que permite justificar a ausência por meio do sistema de georrefenciamento disponível nos aparelhos celulares. A função é capaz de identificar se o eleitor está de fato fora de seu domicílio eleitoral.

O e-Título pode ser baixado gratuitamente nas plataformas Google Play, para celulares que usam o sistema operacional Android e App Store, para usuários de iPhone.

Resposta imune da vacina da Pfizer dura pelo menos 1 ano, diz pesquisador

A resposta imune da vacina da Pfizer deve durar “pelo menos um ano”, disse Ugur Sahin, presidente da BioNTech, ao Financial Times.

Ele acrescentou que os anticorpos induzidos pela vacina bloqueiam cerca de 20 mutações diferentes do novo coronavírus.

“Há uma probabilidade muito baixa de que uma mutação do vírus possa vencer a resposta imune”, afirmou.

O Antagonista

Média de mortes por covid-19 no Brasil atinge menor patamar desde abril, diz Fiocruz

O Brasil registrou nesta sexta-feira (6) a média de 345 mortes diárias por Covid-19, de acordo com o critério de média móvel de sete dias. O dado, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), mostra que esse é o menor patamar de óbitos desde 28 de abril, quando o país registrou uma média 331,43 mortes diárias.

Na comparação com a sexta-feira anterior (30 de outubro), a média de mortes registrada ontem apresentou uma queda de 21,5%. Já na comparação com o dia 6 de outubro, o recuo foi de 47%.

O pico de mortes por covid-19, de acordo com a média móvel de sete dias, foi registrado no país em 25 de julho, quando foi computada uma média de 1.095,14 óbitos, ou seja, três vezes a mais do que o número apresentado ontem pela Fiocruz.

Casos

Continue lendo

279 óbitos por Covid-19 nas últimas 24 horas

O Brasil registrou 279 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o Ministério da Saúde. Com isso, subiu para 162.015 o número de vítimas fatais da doença no país.

De ontem para hoje, segundo a pasta, foram 18.862 diagnósticos positivos, o que elevou para 5.631.181 o total de casos confirmados.

Na quinta (5), foram registrados 630 mortes e 22.294 novos casos.

Bolsonaro pede que governantes e prefeitos ‘não inventem’ lockdown após eleições

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (5), em transmissão nas Redes Sociais, que a economia brasileira está reagindo e, depois de citar dados positivos sobre a geração de empregos no país, pediu aos governadores e prefeitos que “não inventem” confinamento e lockdown quando passarem as eleições municipais.

“A economia está reagindo, peço a Deus que a gente volte à normalidade e que não inventem a partir do ano que vem, depois das eleições, novos confinamentos, novos lockdowns”, disse.

Em meio à pandemia de covid-19, o presidente usou dados do Cadastro Geral de Empregados (Caged) como argumento para a melhor da economia.

Continue lendo