Balança comercial potiguar começa o ano com superávit

PALMASO Rio Grande do Norte começa o ano com o saldo positivo na balança comercial, o maior para o mês de janeiro desde 2013. As exportações encerram o mês com um volume negociado da ordem de US$ 34,3 milhões, enquanto as exportações no período chegaram a apenas US$ 13,5 milhões, um dos piores resultados no mês dos últimos cinco anos.

Isso gerou um superávit na balança comercial potiguar de R$ 20,7 milhões, saldo 279,5% maior que janeiro do ano passado, quando o saldo resultou em US$ 5,4 milhões. Nesse período, foram registrados um crescimento de 56,8% do valor das exportações e, em contrapartida, uma retração de 17,3% das importações.

O saldo positivo da balança foi motivado principalmente pelas exportações de melões (US$ 16,2 milhões), sal (US$ 3,9 milhões), melancias (US$ 3,9 milhões) e castanhas de caju (US$ 2,4 milhões). Já os produtos que mais contribuíram para a pauta de importação em janeiro foram o trigo e as misturas com centeio (US$ 7,5 milhões), caixas de papel (US$ 577 mil), copolímeros de etileno e ácido acrílico (US$ 445,8 mil) e polietileno (US$ 441,9 mil).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

setembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930 
Categorias