Dia: 14/07/2014

Irmão do prefeito de São José do Seridó foi morto no final de semana

20140714_085436

A Polícia Militar de Caicó foi acionada até a rua Joel Damasceno, no Centro, onde havia um corpo em estado de putrefação. E foi identificado como sendo do funcionário público José Bonifácio, que é irmão do prefeito de São José do Seridó, Jackson Dantas. Segundo testemunhas, houve uma festa no sábado (12) e foram ouvidos gritos de uma discussão.

Bonifácio deve ter entrado em luta corporal com o possível agressor, que o atingiu com várias cutiladas de instrumento perfurante. O corpo do funcionário público foi encontrada por um pintor que fazia um serviço na residência. Duas facas foram encontradas no local do crime. A Polícia Civil foi acionada para iniciar as investigações, principalmente para fazer os levantamentos de quem esteve com Bonifácio no dia do crime.

Vídeo: depois da vitória, alemães vem para as férias em Caicó

Paródia com entrevista de jogador alemão na página de Celino Neto, o vídeo “férias em Caicó” chegou a milhares de compartilhamentos n internet. Na montagem o atleta diz à imprensa a intenção de passar as férias em capital do Seridó, na Festa de Sant’Ana.

Plenário pode votar hoje projeto que suspende conselhos populares

O Plenário da Câmara dos Deputados pode votar hoje o projeto que cancela os efeitos do decreto da presidente Dilma Rousseff que criou a Política Nacional de Participação Social. O projeto (PDC 1491/14) está na pauta de sessão extraordinária desta segunda-feira.

O decreto presidencial (8.243/14) cria conselhos que vão influenciar as políticas governamentais, com integrantes indicados pelo próprio governo. Parte do Congresso não gostou do texto, por acreditar que ele invade prerrogativas do Poder Legislativo.

INSS vai começar a pagar parcela de 13º em agosto

O Ministério da Previdência Social confirmou que o pagamento da primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas começará a ser feito em agosto pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Buenos Aires tem confusão após derrota dos argentinos na final da Copa

Não foi o final esperado, mas os argentinos celebraram a final da Copa neste domingo (13) e a conquista da medalha do segundo lugar, após perderem para a Alemanha. Milhares de torcedores foram até o Obelisco, no centro de Buenos Aires, com a intenção de ficar lá até segunda-feira (14) de manhã para esperar a chegada da seleção. Mas um grupo de manifestantes começou a atirar pedras e a polícia teve que usar jatos d´água e bombas de gás lacrimogêneo para dispersar a multidão.

Antes dos distúrbios começarem, a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, ligou para o diretor técnico da seleção, Alejandro Sabella, para felicitá-lo e dizer que “todos os argentinos estão orgulhosos” dos jogadores. Ela vai recebê-los nesta segunda-feira (14), na Casa Rosada (palácio presidencial), antes de viajar a Rio Gallegos, no extremo sul do país, para comemorar o aniversário de um ano de seu primeiro neto.

 

TJRN interroga testemunhas do caso Dilermando Mota na Mercatto

De Fato –  O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte interroga esta semana as principais partes do processo contra o desembargador Dilermando Mota, por este ter humilhado o garçom na Padaria Mercatto, em Natal, no mês de dezembro de 2013.

O primeiro depoimento nesta segunda-feira, 14, será por volta das 8h30. Quem será interrogado será o empresário Alexandre Azevedo, que ficou conhecido por Gordinho da Mercatto depois que tomou as dores do garçom Jefferson e repreendeu a atitude do desembargador.

O fato foi gravado em video e teve mais de 200 mil acessos no Youtube, despertando até a mídia nacional. Diante da repercussão, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte instaurou processo contra o desembargador Dilermando Mota.

Henrique retoma trabalhos da Câmara com esforço concentrado

henrique supersimples

Henrique Eduardo Alves não anda disposto a deixar o Rio Grande do Norte para perder a viagem. Ontem, a Câmara enviou um comunicado a todos os gabinetes lembrando que na segunda-feira é dia de trabalho. Haverá esforço concentrado. Henrique Alves não quer fazer papel de bobo, esperando na cadeira da presidência o quorum mínimo para abrir a sessão, como volta e meia acontece.

O recado aos colegas, quase em tom de bedel, foi objetivo: Henrique Eduardo Alves comunica que haverá Sessão Deliberativa Extraordinária, com aferição de presença pelo painel eletrônico, para a próxima segunda-feira, às 18 horas. Quem não aparecer vai levar falta e está arriscado a perder conceito na cartilha do presidente.

Por Lauro Jardim

Grupos adversários vão apoiar Henrique e Wilma em Tenente Laurentino

wilma furna
Foto: Vlaudey Liberato.

Depois do prefeito de Tenente Laurentino, Titico Araújo, e os vereadores do PMDB fecharem o apoio a Henrique Alves (governo) e Wilma de Faria (Senado), sábado (12) foi a vez de o grupo oposicionista tomar o mesmo caminho. Durante reunião na fazenda Furna da Onça, pertencente ao deputado estadual Ezequiel Ferreira (PMDB), os candidatos da coligação “União pela Mudança” receberam a adesão do ex-prefeito Júnior Laurentino e vereadores, suplentes e lideranças oposicionistas.

Estados “penduram” R$ 30 bi em serviços e obras

Os governos estaduais terão, neste ano eleitoral, um desafio a mais para fechar as suas contas: um volume recorde de “fiado”, o maior desde o início do atual mandato. Levantamento do jornal Folha de S.Paulo mostra que os 27 governadores têm quase R$ 30 bilhões a pagar em serviços e obras que foram realizados em anos anteriores, mas cujo pagamento ficou para este ano.

Esse montante é chamado de “restos a pagar”. É uma espécie de pendura oficial, um instrumento comum na contabilidade pública, já que as despesas passam por várias etapas até o pagamento. O problema é que, se a conta da “caderneta” for grande, pode ser um fardo – especialmente em ano eleitoral, que tem mais restrições fiscais do que outros anos de gestão.

Pela lei, o governante não pode deixar contas a pagar no último ano de mandato sem que haja dinheiro em caixa para quitá-las, sob pena de responder por crime contra as finanças públicas e o risco de se tornar inelegível. Por causa disso, o governante precisa, além de gastar com mais parcimônia, saldar o máximo de dívidas possível no decorrer deste ano.

gastos estados

UFRN publica edital para selecionar novas empresas para incubação no Metrópole Digital

O Instituto Metrópole Digital (IMD), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio de sua incubadora de empresas, a Inova Metrópole, publica nesta segunda-feira (14), edital para processo seletivo de acesso ao seu sistema de incubação. Estão sendo abertas neste edital 15 vagas para empresas residentes na etapa de pré-incubação e 5 vagas para empresas residentes na etapa de incubação. As inscrições começam dia 22 de julho e prosseguem até o dia 19 de setembro de 2014.

O processo de incubação consiste em um período no qual as empresas recebem apoio para transformar suas ideias em negócios inovadores. Esse apoio inclui salas individualizadas e compartilhadas, diversos tipos de laboratórios, capacitações, consultorias/assessorias e monitoramento da evolução da empresa. A incubadora Inova Metrópole apoia, atualmente, o estabelecimento e consolidação de 22 empresas.

Felipão não é mais técnico da Seleção Brasileira

felipao croacia

Depois do fiasco diante dos holandeses no Mané Garrincha, na noite de sábado, Felipão, como prometeu, entregou o cargo de técnico da Seleção. A CBF oficializará a saída do treinador e de toda a comissão técnica nesta segunda-feira. O anúncio ocorre após dois vexames consecutivos da Seleção na Copa. Na semifinal, levou 7 a 1 da Alemanha, no Mineirão. E na disputa de terceiro lugar, contra a Holanda, também foi goleada por 3 a 0.

Felipão voltou ao comando da Seleção em 2012, substituindo Mano Menezes. No ano seguinte, foi o técnico do tetra na Copa das Confederações, quando derrotou a Espanha por 3 a 0 no Maracanã. Em seu retrospecto desde que retornou ao cargo, Felipão acumulou 29 jogos, 19 vitórias, seis empates e quatro derrotas. Se sair logo, a CBF pode recorrer a Alexandre Gallo, observador da Seleção e técnico da equipe sub-20. Gallo teria ainda a desculpa do projeto da Olimpíada de 2016, no Rio, competição em que o Brasil jamais venceu e jamais levantou o ouro.

Na final da Copa, Dilma volta a ser hostilizada

dilma copa do mundoAs aparições da presidenta da República Dilma Rousseff (PT) no telão do estádio do Maracanã, palco da partida final da Copa do Mundo, duraram pouco tempo, mas foram suficientes para ela ser vaiada por torcedores. Ela entregou a taça à seleção da Alemanha, que derrotou a da Argentina por 1 a 0, na prorrogação. E ouviu grito de “Dilma, vai tomar no c…” durante os segundos em que segurou o troféu, antes de entregá-lo ao capitão alemão, Philipp Lahm. Dilma já tinha sido hostilizada antes mesmo de aparecer no telão. No segundo tempo do jogo, foi xingada. Desta vez, ao contrário do que ocorreu na cerimônia de abertura do evento esportivo, em 12 de junho, as manifestações foram menos intensas e, em parte, abafadas pela comemoração dos alemães.

Hoje, a petista ficou sentada na tribuna de honra entre a chanceler alemã Angela Merkel e o presidente da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Joseph Blatter. Mas a petista não assistiu à festa de encerramento da Copa, antes do jogo. Outros chefes de Estado, como Merkel e o russo Vladimir Putin, viram o show. No último dia 7, Dilma confirmou que entregaria a taça à seleção campeã e disse que não temia ser hostilizada novamente. “São ossos do ofício”, disse, naquela ocasião. Candidata à reeleição, Dilma já havia sido vaiada e xingada em coro por parte da torcida que compareceu ao Itaquerão, em São Paulo (SP), para o jogo de abertura do Mundial (Brasil x Croácia). Na abertura da Copa das Confederações, em Brasília (DF) em 2013, já havia passado por isso.

Congresso retoma atividades após pausa na Copa

congresso vazio

Curtindo uma ressaca pós-Copa do Mundo no Brasil, deputados e senadores devem retornar ao Congresso nesta semana antes de mais uma provável paralisação das atividades – o recesso parlamentar a partir do dia 18, o que depende da aprovação da lei de diretrizes orçamentárias (LDO) para 2015. Na Câmara, os deputados poderão votar nesta segunda-feira (14), em sessão extraordinária, projeto apresentado pela oposição para cancelar os efeitos do decreto presidencial que prevê a criação da política nacional de participação social.

Os oposicionistas argumentam que o decreto invade prerrogativas do poder Legislativo. Os deputados também precisam votar a medida provisória que altera a lei de comercialização de energia elétrica e normas sobre leilões para o setor elétrico. Há previsão de outra sessão extraordinária nesta segunda para análise de pedidos de urgência para oito projetos e tentativa de votação de 19 propostas. No Senado, três medidas provisórias trancam a pauta de votações da Casa — a que autoriza o Banco Central a ceder dois imóveis à companhia de desenvolvimento urbano da região do porto do Rio de Janeiro, a que cria, em caráter temporário, funções comissionadas de grandes eventos e extingue funções comissionadas técnicas no âmbito da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos do Ministério da Justiça e a que abre crédito extraordinário de R$ 5,1 bilhões a órgãos do Executivo. Essas medidas estão na agenda do Senado para terça-feira.

Posts Recentes

Posts Recentes

Categorias

RN bem conceituado

O Rio Grande do Norte alcançou o conceito ÓTIMO na mais recente publicação da Transparência Internacional. O Ranking Transparência no Combate à Covid-19 avalia como

Leia Mais

Ronaldinho Gaúcho entra no PRB

O ex-jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho se filiou nesta terça-feira (20) ao PRB, em Brasília. Ele deve ser candidato a senador ou deputado federal pelo

Leia Mais