Viatura 924: policial alvo de escutas telefônicas tem pedido de liberdade negado

924

O desembargador plantonista Amaury Moura indeferiu pedido de liminar feita pela defesa de um policial militar que se encontra preso preventivamente para que ele pudesse aguardar, em liberdade, o julgamento final do processo criminal em que responde pela prática do crime de Corrupção Passiva. Outros dois PMs na mesma situação tiveram o pedido de liberdade também rejeitado.

O policial integrava um grupo formado por 12 militares presos por participação em achaques, tráfico, roubo, tortura. O episódio ficou conhecido em todo o país como o “Caso da Viatura 924”, quando o veículo foi monitorado com escutas durante 18 dias. O grupo pertencia aos quadros do 9º Batalhão de Polícia e agia, sobretudo na Zona Oeste de Natal. A operação coordenada pelo Ministério Público Estadual ficou conhecida como “Novos Rumos” e foi realizada em 29 de setembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

dezembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 
Categorias