Vereador diz que “acha é pouco” morte de menores infratores

adao eridanO portal No Ar classificou de politicamente incorreto o pronunciamento do vereador natalense, Adão Eridan (PR), sobre a possibilidade de menores infratores pegos cometendo atos infracionais (crimes) a partir de agora irem para casa por falta de espaço e condições do sistema socioeducativo do Estado e de assistência oferecida pelo município de Natal. Segundo ele, o problema é que faltam castigos físicos a esses menores. E mais: com eles soltos, a população, ou pelo menos aqueles “que tiverem mais sangue nos olhos”, vai se revoltar e começar a matá-los, para fazer justiça com as próprias mãos.

“O povo não vai deixar passar não, vão começar a matar e eu acho é pouco”, afirmou Adão Eridan, após declaração da vereadora Júlia Arruda, do PSB, que faz parte da bancada do prefeito Carlos Eduardo Alves na Câmara Municipal de Natal, mas cobrou mais investimento municipal no setor, para evitar o agravamento do problema.

2 respostas

  1. É isso aí Adão. Vamos ter fazer justiça com as proprias mãos para tentarmos buscar por nossa segurança. E tome pêa.

  2. E se forem os playboy “di menor” que tocam fogo em morador de rua, ganham carro de painho pra correr nas avenidas da cidade, que roubam bebidas alcoólicas em supermercados da capital e quebram braços de patricinhas em festas. Esses também merecem castigos físicos?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

maio 2022
DSTQQSS
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031 
Categorias

Pegou mal para Styvenson Valentim

O favorecimento de parentes pelo mandato do senador Styvenson Valentim (PODE) pegou mal. Comenta-se nos bastidores que ele pretende articular o credenciamento da Uni-facex para

Leia Mais