Um comentário “polêmico” sobre o episódio de Ilha de Santana

Francineide | [email protected] | IP: 200.141.128.10

Na verdade todos, ou seja, o Governo do Estado do RN, que se diz dono da obra e que liberou, mesmo sem ter sido inaugurada, para realização do evento; O Governo Municipal de Caicó, que solicitou à liberação e que, pelo qual, se utilizou, inclusive, para fazer marketing político diariamente quando na realização do evento na própria Ilha e ainda mais, sendo proprietária e responsável pela montagem da estrutura dos banheiros que ocasionaram o problema; A COSERN que fornece a energia, permitindo que se utilizem as famosas “gambiarras

5 respostas

  1. FRANCINEIDE, vc acertou em cheio… A culpa disso tudo é de quem INVENTOU DE INVENTAR UMA ILHA.
    J

  2. O carnaval de Caicó tem tomado proporções grandiosas, tornando-se esse ano de 2008 o maior em público participante. Mas faltou infra-estrutura de banheiros, som, alimentação e de contratar boas bandas para animar o carnaval. Todo ano fala-se em melhorar o som do bloco do magão, que está mais para um rádio de pilha e nada se faz nesse sentido, sem falar na falta de planejamento para o fulião, que ao chegar a ilha os folióes só tinham a esperar deitados sobre a grama por falta de uma banda que continuasse a folia que vinham seguindo, pois ali cessavam e só recomeçava ás 23h, dando tempo suficiente para a morgação do público. É lamentavel falar de tudo isso, além de uma tragédia que podia ter sido evitada pois foi avisado pelo zelador que o banheiro estava dando choque, que várias pessoas haviam reclamado, e os organizadores da festa e a prefeitura nada fizeram, ai estando o descazo do poder público e da empresa que promove o carnaval. Da competência do poder público: a irresponsabilidade e a imcompetência de não promover o carnaval, pois sabemos que era promovido pela prefeitura, e funcionava muito bem, embora nessa gestão o prefeito fuja de sua responsabilidade, pois o carnaval e a festa de Santana são uns dos únicos eventos que a prefeitura tem a gastar durante o ano, ou sera por que são muito rentáveis? E o prefeito joga para a iniciativa privada, dando assim a chancea sua turma enfeltrarem na negociata com o ganhador do evento? Assim como uma secretaria que cobra o valor de 5,00 por carro no estacionamento e ainda oculpando uma outra funcionária da mesma secretaria para uma cobrança ilegal. Enquanto deveria ser para os cofres públicos. Da competência da empresa ganhadora: a ganância de muito lucro, e que foge da responsabilidade de oferecer conforto a quem lá estão como, por exemplo:os banheiros em péssimo estado, mal instalados com gambiarras e jogando os dejetos para o leito do rio seridó.Por que a empresa ganhadora do carnaval não alugou banheiros químicos? É para aumentar seus lucros? Ou será que tudo é bancado pela prefeitura pelo seu vínculo de amizade com o prefeito? Em respeito à dor da família da vítima a ilha era para ter sido fechada no último dia do carnaval, mas enquanto houver interesses de grupos isolados ligados ao prefeito a nossa ilha continuará linda, mas com tristes histórias. Já tem gente dizendo que a ilha não tem estrutura para grandes eventos. Por que não disse antes? QUE NO FINAL A CULPA NÃO SEJA DA V

  3. Não há como negar que a ilha é um belo cartão postal para Caicó e uma grande obra que servirá para lazer e para grandes eventos. Mas não se pode esconder que a obra tem muitas falhas. Vou apontar pelo menos três:
    1º – A parede de proteção da passarela da ponte é da altura da cintura de um adulto, então basta um desequilíbrio para que alguém mergulhe de cabeça no rio seco. Graças a Deus nenhum bêbado ou criança caiu de lá. Sabe quando vão consertar? Quando alguém cair e morrer.
    2º – O alicerce ou barreiras de pedras que limitam a ilha com o rio, é segurado por um arame de galinheiro. Daqui a uns anos a ferrugem toma conta daquilo e tudo começa e desmoronar.
    3º – Quando chove, as margens de terra que ficam junto ao alicerce ou barreiras de pedras, são infiltrados nessa pedra e vão embora de rio abaixo. Ou seja, desmoronamento.
    Quero ver se houver uma grande chuva e o rio descer com MUITA água. Será que as paredes da ilha ficaram inteiras? Perdoe-me o Engenheiro, mas eu duvido muito.

  4. Por que vocês não combinaram com São Sebastião se ele aceitava esse movimento no terreiro dele? Agora pelos questionamentos que eu li aqui, quando juntar todo esse pessoal para ser interrogado, pode aparecer algum “gaiato” e gritar: “seguindo em passeata”, o comício será na Ilha.

  5. Não sou corporativista, mas vou defender a instituição Corpo de Bombeiros de Caicó. A senhora Francineide foi infeliz no seu comentário ao dizer que os Bombeiros deram atenção apenas aos camarotes dos privilegiados. Assistir a vistoria e vi a preocupação constante com as medidas exigidas pelo código de segurança do Estado nas saídas de emergência sob os camarotes ( que é para onde o povão poderia empreender uma rota de fuga em caso de incêndio e Pânico), e as exigências em relação ao palco e as torres de som para que evitassem que viessem abaixo, atingindo a população mais próxima dessas estruturas. Portanto, não procede a crítica da senhora Francineide sobre a vistoria dos Bombeiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Categorias