Tendêndia do deputado seridoense

O deputado estadual,

11 respostas

  1. Ele vai ter que se dobrar,até por questão de sobrevivência política, outra coisa, não vai demorar muito em apoiar também a Governadora Wilma de Faria, o Presidente Lula já deu o recado que quer toda “base aliada” unida, vai marchando também para o interior!!!

  2. Aqui em Caicó ele veste a camisa verde(PV e PMDB)lá veste uma camisa vermelha, é um camaleão!!!!

  3. Venho até este blog para pedir a vc que fale sobre a situação em que se encontra o renomado Restaurante Popular. O restaurante encontra-se ilhado de esgotos estourados e sem falar na falta de higiene pelos os funcionários e a organização tem com o mesmo. Robson vc precisa conferir com encontra-se o Restaurante Popular… É uma sujeira sem limites. As bandejas onde são servidas as refeições fedem a azedo, os pratos onde comem milhares de pessoas ainda molhados, é uma peste de moscas que não tem quem agüente, chegando até a cair dentro dos pratos, o local já tem uma fedentina danada, acredito que nunca teve uma limpeza geral desde a abertura. Eu como cidadão tenho o direito de falar, faço minhas refeições todos os dias no mesmo. Estando errado tem que falar mesmo. Espero que com essa puxada de orelha mude alguma coisa e para melhor. Obrigado.

  4. Eu soube que a candidata Fátima Bezerra viu os números que lhe são favoráveis, e já calçou um sapato desses bem altos, é verdade? Não custa lembrá-la de que a humildade, mesmo que em doses pequenas, faz muito bem, além do que, como no futebol, por exemplo, a partida só termina com a apuração dos votos.

  5. Xerife, lá vem esse Paulo Besteira com mais uma pérola de suas ilações ridículas. Ele cita acima “…como no futebol, por exemplo, a partida só termina com a apuração dos votos.” Ou babaca, quais os votos são apurados numa partida de futebol? Deixe de ser otário rapaz!

  6. É, Parágrafo D, parecem ser bastante sérios os seus problemas existenciais. Mas não se preocupe, pois posso colaborar com você, meu caro, já que de tudo, como percebe, manjo um pouco. Deixe de ler a Revista Caras, que só serve para aumentar as suas frustrações, e assine, se puder pagar, a Revista Filosofia (talvez já tenha visto alguma nas bancas). Como anda doente, também pode ser Medicina & Saúde. Um bom livro também deverá fazer-lhe bem: prescrevo Pensamentos, de Blaise Pascal e Sobre a Potencialidade da Alma, de Santo Agostinho, para você ir melhorando um pouco. A Bíblia, talvez, pois não sei se terá cuca para interpretá-la. Associada ao que acabo de sugerir, uma boa música. Entenda, rapaz, você terá de deixar de lado os seus preferidos Cavaleiros do Forró, Ferro na Boneca e quejandos para dedicar parte do tempo à audição de uma musiquinha clássica; como não-iniciado, pode começar por um Vivaldizinho básico, um Bethoven, para ir se acostumando à idéia. Depois, mais evoluído, você pode se aventurar por algo mais fora dos padrões de quem está experimentando o novo. Procure remédio para as dores da alma, Parágrafo, e para livrar-se do ódio instalado no seu coração: eles existem, pode crer.

  7. Talvez por isso, Cacete, tenha trilhado uma carreira que incluiu a administração das oito últimas agências em que trabalhei. Hoje, aposentado, gozo os privilégios do que realizei na ativa. E você, meu caro, o que fez ou ainda está fazendo da vida? Lamento desconhecer as razões pelas quais me tem como desafeto, afinal, não tenho lembrança de ter feito o mal a ninguém por aí. Serão os reflexos da inveja? Só Deus e você sabem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Categorias