Temer usará economia para tentar se salvar

Enquanto prepara sua defesa contra a denúncia na Câmara dos Deputados, o presidente Michel Temer busca argumentos econômicos como indicadores de crescimento e a melhoria do ambiente de negócios como estratégia de convencimento dos parlamentares. O Planalto tem sido alvo de pressão de partidos aliados ávidos por indicações políticas para cargos comissionados e pelo pagamento de emendas parlamentares, mas não consegue aplacar o desejo da base no ritmo exigido pelos deputados.

Um dos focos do governo é explorar a comunicação do “período mais longo de inflação baixa pós-Plano Real” e a queda dos preços de produtos da cesta básica, o que elevou o poder de compra do salário mínimo. Segundo dados do Ministério da Fazenda, que foram apresentados a Temer, um salário mínimo compra atualmente 16,7%, em produtos da cesta básica, do que há um ano

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Categorias