Temer seria candidato em 2018, antes do grampo da JBS

downloadA delação premiada dos donos da JBS jogou um balde dos donos da JBS jogou um balde de gelo nas pretensões políticas de Michel Temer. Animado por estudos levados a ele pelo ministro Moreira Franco (PMDB-RJ), o presidente estava convencido de sua viabilidade eleitoral e já fazia planos de concorrer à reeleição em 2018.

“Estarei no segundo turno”, disse Temer a interlocutores próximos dias antes de a bomba explodir em seu colo. Pelos planos dele e de Moreira, a reforma da Previdência seria aprovada na Câmara, a economia aceleraria no próximo ano e a popularidade do presidente subiria.

Joesley Batista frequentava não apenas a residência oficial como também a casa de Temer em São Paulo.

E o empresário reforçou sua segurança e de sua família depois que iniciou as tratativas para o acordo de delação premiada

2 respostas

  1. Vai te embora peste!!!!….. ninguem quer mais vc sendo presidente não ….como diabos esse temer nojento não ver que a situação está insustentável e não renuncia?? …. A pior praga De presidente que já teve nesse país ….. Da até nojoooooooo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

A venda nos olhos de Robinson

O governador Robinson Faria (PSD) usa uma venda nos olhos que o impede de enxergar a realidade. Sempre que questionado, ressalta “legados” do seu governo

Leia Mais