Suspeito de matar psicóloga em Assu é servidor do TJRN

A Polícia Civil prendeu no fim da manhã desta quarta-feira, 24 um servidor do TJRN e advogado, identificado como João Carvalho, suspeito do assassinato da psicóloga Fabiana Maia Veras, de 42 anos, morta na tarde de terça-feira 23, em Assu, no Oeste potiguar.

Segundo informações preliminares, a prisão aconteceu em Natal, em um Condomínio no Bairro Nova Descoberta. 

Fabiana Veras foi encontrada morta dentro da casa onde morava. Peritos do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) concluíram a perícia no caso do assassinato da psicóloga. De acordo com a análise, a vítima foi morta com golpes de um objeto cortante, possivelmente uma faca. Indícios sugerem que a vítima lutou contra o agressor, pois apresentava cortes nas mãos.

2 respostas

  1. Eu conhecia ele malhava na academia ele o mesmo malhava na minha antiga academia em Natal vizinho ao antigo IDEMA , .musclemania ,eu notava que esse BOMBADO era agressivo , mas, não imaginava uma coisa dessas.

  2. Psicopata? Então interna ele na casa de saúde de Natal, lá tem o manicômio.
    Vai dá certíssimo pra ele!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Categorias