Surto de febre amarela faz laboratório aumentar produção de vacina

vacina-310x245

O surto de febre amarela fez com que o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz) aumentasse a produção de imunizantes contra a doença, passando de 4 milhões para 9 milhões de doses por mês, capacidade máxima de produção da vacina.

Segundo o instituto, a produção da vacina tríplice viral, que protege contra caxumba, rubéola e sarampo, chegou a ser afetada pela medida, mas a população não sentirá o impacto. “A população não foi afetada por essa priorização temporária, visto que as doses necessárias foram compradas no mercado internacional para atender à demanda nacional”, informou, em nota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Categorias

Culpa do povo. E acabou!

No dia em que registrou o maior número de mortes por Covid-19, o Brasil registrou também a menor taxa de isolamento social. Culpa de quem?

Leia Mais