Sucessão em 2014: Quem manda é o PMDB, diz Agnelo

agnelo-alvesAgnelo Alves destaca em sua coluna na Tribuna do Norte que a  sucessão governamental sinaliza, segundo a unanimidade dos analistas políticos locais, que a vez é do PMDB. O cavalo está de banho tomado, pelo escovado e sela acochoada, parado na porta do PMDB, esperando pelo ministro Garibaldi Filho ou pelo deputado Federal Henrique Eduardo Alves. Qual dos dois montará?

Garibaldi tem declarado que não é candidato. Não deseja e não será candidato. Seu candidato é Henrique Eduardo, que, por sua vez, tem declarado que só fala sobre sucessão no Rio Grande do Norte em 2014, ano das eleições. Marca até o mês: “A partir de março”.

A oposição não existe ou não atua. Tem o nome do vice-governador, Robinson Faria, que se movimenta bem no interior do Estado e tem também o nome da vice-prefeita Wilma Maria de Faria, que, entretanto, nega ser candidata ao governo.

A governadora Rosalba Ciarlini não é cogitada sequer pelos governistas, face ao desgaste do seu governo.

Uma resposta

  1. Xerife,

    A propósito da vinda dos 6.000 (seis mil) médicos cubanos, gostaria de saber a opinião do deputado Agnelo Alves.

    Cito o deputado porque já li matéria (na tribuna), de autoria dele, sobre o curso de medicina nas Universidades Públicas.

    Agnelo cita, com razão, acho eu, que quem cursa medicina são geralmente (grande maioria) filhos de pessoas abastadas, que têm condições de pagar uma Universidade particular.

    Depois de formados não querem ir de maneira nenhuma pro interior. Aliás, não retribuem ao Estado nada do que foi investido no curso, pelo erário.

    Tem, se não me engano, projeto do Senador Cristovam Buarque sobre o tema.

    Com a palavra, sempre muito bem abalizada, o Deputado e Jornalista Agnelo Alves. E quem mais se interessar pelo assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

dezembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 
Categorias