Sob críticas de feministas, Congresso de Direito Administrativo do RN é cancelado

panico Sob críticas de feministas, Congresso de Direito Administrativo do RN é cancelado

O III Congresso de Direito Administrativo do RN que ocorreria entre os dias 8 e 10 de dezembro foi cancelado nesta segunda-feira, 30. O Instituto de Direito Administrativo Seabra Fagundes (Idasf) não informou o motivo do cancelamento, mas segundo apurou o Justiça Potiguar a pressão de movimento feminista na advocacia potiguar seria um dos motivos para a não realização.

Em uma das postagens que circula nas redes sociais, advogadas questionam a presença de apenas 4 mulheres entre os 24 palestrantes que estavam confirmados para o evento.

Em nota oficial o Idasf cita apenas que, “torna público que cancelou o II Congresso de Direito Administrativo do Rio Grande do Norte: Direito Administrativo em Pânico. Oportunamente, agradece aos professores que aceitaram os convites formulados para participar dos painéis concebidos pela organização a partir de temas de relevância nacional. O IDASF também dirige uma palavra de reconhecimento aos inúmeros interessados que confiaram no evento e realizaram suas inscrições no site. O IDASF reafirma o interesse em conceber parcerias com entidades públicas ou privadas para realização de eventos acadêmicos compatíveis com as suas finalidades estatutárias”

Justiça Potiguar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

A marca de Álvaro Dias

O prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB), já vislumbra uma marca para deixar na sua gestão: o novo Plano Diretor de Natal. No entanto, precisa

Leia Mais