Segundo deputada, criação da Universidade do Seridó passa pela aprovação do Plano Nacional da Educação

Padre Ivanoff, Fátima Bezerra, Oberdan, monsenhor Tércio e Cláudio
Padre Ivanoff, Fátima Bezerra, Oberdan, monsenhor Tércio e Cláudio

O Rural Debate deste domingo (28), apresentado por padre Ivanoff Pereira e Cláudio Sandêgi, na Rádio Rural AM de Caicó, recebeu a deputada Fátima Bezerra (PT), a fim de discutir a instalação da Universidade Federal do Seridó. Ela foi acompanhada no debate pelo diretor do Colégio Diocesano Seridoense, monsenhor Ausônio Tércio de Araújo, e o presidente da Associação dos Ex-Alunos do CDS, médico Oberdan Damásio.

Durante sua intervenção, monsenhor Tércio lembrou que a “ciência está atrás de qualquer inovação profissional e técnica. E ter uma universidade pensando nessa situação é importante economicamente, oferecendo a oportunidade a outros no avivamento das comunidades”.

Para Oberdan, Caicó foi é uma cidade privilegiada em termos educacionais. “Mas é importante um olhar mais abrangente, para nós pensarmos o Seridó. A UFRN tem grandes desafios, por isso a gente precisa descobrir as nossas soluções através dessa nova instituição de ensino”, disse o presidente da associação.

Fátima Bezerra lembrou que o pleito é legítimo para contribuir com o desenvolvimento econômico, social e cultural sustentável para a região do Seridó. “Quero dizer que um luta como essa está ligada a desafios que estão colocados no presente que é avançar na aprovação do Plano Nacional da Educação (PNE), com os 10% do PIB para a educação. Dai a luta pelos royalties do petróleo para a educação. Temos que sair dos atuais 14%, que é a taxa de acesso ao ensino superior no Brasil, para 33% dos jovens”, destacou a deputada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

outubro 2021
DSTQQSS
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Categorias