Se quiser se coligar com o PMDB na proporcional, PR de João Maia não poderá apoiar Iberê Ferreira para o governo do Estado

O parecer da Procuradoria Regional Eleitoral do RN(PRE-RN), à consulta do PR sobre coligações proporcionais e majoritárias, deixa o PMDB em situação complicada.

É que o partido, se não fizer coligação na majoritária, só poderá fazer coligação na proporcional com agremiações solteiras, ou seja, que também não se coliguem no pleito para o Governo do Estado.

Exemplo: o PMDB só poderá se coligar com o PR na proporcional caso o partido presidido pelo deputado João Maia não faça coligação na majoritária.

Não fazendo coligação na majoritária, o PMDB seria obrigado a seguir carreira solo para deputado estadual e federal.

Ou faria coligação com alguns partidos nanicos que não terão candidatos ao Governo do Estado e nem farão coligação na majoritária.

Perguntas:

1 – O PMDB não vai se coligar na majoritária e correr o risco de sair sozinho nas eleições para deputado estadual e federal?

2 – O PMDB vai se coligar com o PSB ou o DEM e apoiar Iberê Ferreira ou Rosalba Ciarlini?

3 – O PR não vai fazer coligação na majoritária com o PSB, preferindo se coligar com o PMDB na proporcional?

4 – Ou o PR deixa o PMDB sozinho e vai se coligar na majoritária com o PSB e apoiar Iberê?

O nó é grande.

Do blog de Oliveira Wanderley

4 respostas

  1. Por isso que seria prudente muito gente esperar os registros das coligações, das candidaturas, a justiça eleitoral tem tomado algumas decisões no sentido de moralizar um pouco as eleições, dependendo do entendimento da justiça pode mudar todo esse cenário que se discuti hoje apontando vitória de fulano ou beltrano. Segundo o Senador Garibalde, existe uma possibilidade mesmo que remota do PMDB lançar candidatura própria ao Governo do Estado. Como também o SR. Zé Agripino ser o vice de Serra, porque é o único que o DEM tem pra apresentar, ai volta tudo a estaca zero começando de fato a campanha eleitoral.

  2. Resposta 1 – É suicídio Eleitoral para Henrique.

    Resposta 2 – É suicídio Eleitoral para Garibaldi.

    Reposta 3 – É suicídio Eleitoral para João.

    Resposta 4 – Iberê vai exigir o tempo do PR, assim como Wilma.

    Além do que, João não pode ter a mesma ingratidão que Vivaldo teve, com o governo que o projetou. Assim será o futuro do PR.

    Quanto ao futuro do PMDB, este terá que se coligar com o PDT de Carlos Eduardo, senão, vejamos:

    1 – Henrique pela aproximação e projeto político de presidir a Câmara não poderá se coligar com o DEM (Rosalba);

    2 – Não poderá se coligar com o PSB (Iberê) porque “mata” o primo Garibaldi que é o maior referencial do PMDB e precocemente declarou apoiar Rosalba (DEM);

    3 – Não pode coligar com o PV (Micarla), porque este é oposição ao governo Lula e indicará o suplente de José Agripino (DEM);

    4 – O PHS (que tem 1 Dep. Estadual-Arlindo Dantas) vai repetir a coligação com o PSDB (Rogério Marinho) que também são contrários ao Governo LULA;

    Por fim, a tábua de salvação de Henrique sera o PDT de Carlos Eduardo/Álvaro Dias. Aqui pra nós:

    A CABRA DE SORTE ESSE HENRIQUE !!! Isso além de ser sua única alternativa; resolve sua eleição e a de Garibalde também. Vá ter sorte assim na baixa da égua !!!

  3. boa terde robson em itaja o nempotimo nao fonciona a familha do prefeito ta toda na prefeitura e justiça nao fas nada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

outubro 2022
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias