Quem esconder réu com prisão expedida poderá ser preso

Proposta em análise na Câmara dos Deputados modifica o Código de Processo Penal (CPP – Decreto-Lei 3.689/41) para prever a hipótese de prisão em flagrante do morador que ocultar em sua residência réu com ordem de prisão expedida. A medida está prevista no Projeto de Lei 512/15, de autoria do deputado Major Olímpio Gomes (PDT-SP).

O código atual prevê apenas que o morador que se recusar a entregar o réu oculto em sua casa “será levado à presença da autoridade, para que se proceda contra ele como for de direito”. Segundo o CPP, se o executor do mandado de prisão verificar que o réu entrou ou se encontra em alguma residência, o morador é intimado a entregá-lo. Em caso de desobediência, o código prevê que o executor convocará duas testemunhas e entrará à força na casa, arrombando as portas, se for dia. Se for noite, a casa será cercada para que o arrombamento ocorra pela manhã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

O “Legume” Júlio César

Se nós estivéssemos vivendo à época do Império Romano o “Legume” que espalha rama pelo chão era o Imperador CAIO JÚLIO CÉSAR. Ou simplesmente: CÉSAR,

Leia Mais

Álvaro Dias queimou o ‘filme’

Para aliados Álvaro Dias ele comprometeu sua ‘imagem’ como prefeito de Natal ao ‘nomear’ e depois ‘desnomear’ um Ficha Suja para ocupar a chefia da assessoria técnica

Leia Mais