PSDB e DEM condenam tentativa de adiar julgamento no TSE

Parlamentares do PSDB e do DEM — dois dos principais partidos de sustentação da base do presidente Michel Temer — reagiram de forma negativa à tentativa do governo de protelar o julgamento de cassação da chapa presidencial no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), previsto para começar no dia 6 de junho.

Os partidos desejam uma solução rápida para a crise política em que mergulhou o país desde que foi divulgada a delação da JBS, que tornou Temer alvo de investigação no Supremo Tribunal Federal (STF). O presidente do DEM, senador José Agripino (RN), afirmou que a protelação não interessa ao país, e destacou que o fato de o Congresso ter funcionado esta semana, com a aprovação de diversas Medidas Provisórias e outros projetos, não significa um gesto dos partidos da base de sustentação em relação ao governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

Todo mundo demitido em Macau

A frustração de receitas, devido à queda no repasse dos recursos federais e estaduais levou o prefeito de Macau, Tulio Lemos (PSD), a optar pela

Leia Mais

Governo consegue enganar o gigante

A relação do brasileiro com a política é algo único. Não somente com a política relacionada aos corredores do Palácio do Planalto, Assembleias Legislativas e

Leia Mais