Propina: ministro acusado de levar R$ 7 milhões

IMG_6219

Mais um ministro de Michel Temer caiu na lista da Odebrecht. Trata-se do bispo Marcos Pereira, da Igreja Universal, que recebeu R$ 7 milhões da Odebrecht para vender o apoio do PRB à chapa Dilma-Temer, em 2014.

O acerto foi revelado nas delações de Marcelo Odebrecht, Alexandrino Alencar e Fernando Cunha, segundo reportagem de David Friedlander e Andreza Matais.

Depois de apoiar a reeleição, Pereira rompeu com o governo Dilma e aderiu ao golpe parlamentar de 2016, ganhando, como contrapartida, o ministério do Desenvolvimento, mesmo sem ter qualquer afinidade com a área econômica ou industrial.

Uma resposta

  1. São poucos os políticos que tem condições morais para serem candidatos a um cargo, agora com o lava-jato vamos saber que tem. Justiça Forte brasileiros sem ser politico forte e Brasil pra frente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

Novas denúncias contra Trump

O NYT reproduz novos relatos de assédio sexual cometido por Donald Trump. Jessica Leeds contou que, mais de três décadas atrás, Trump tentou agarrá-la durante

Leia Mais

Firme com o chefe

Tão logo tomou conhecimento, ontem, de uma notícia infundada, segundo ele, dada pelo Estadão, dando conta de que teria entregado o cargo, o ministro da

Leia Mais

Saúde de Mossoró continua um caos

Atualmente, a Secretaria da Saúde convive com dívidas superiores a R$ 166 milhões, desabastecimento de medicamentos e de alimentos, os maiores hospitais públicos fechados por

Leia Mais