Prisão de Pimenta Neves reabre debate sobre excesso de recursos na justiça

A prisão do jornalista Antonio Marcos Pimenta Neves, na última terça-feira, reabriu o debate sobre conhecida mazela da justiça brasileira: o excesso de recursos, que faz com que os processos se arrastem na Justiça.

Condenado em maio de 2006 pelo assassinato da também jornalista Sandra Gomide, em 2000, Pimenta Neves ficou cinco anos fora da cadeia valendo-se de toda sorte de instrumentos que o ordenamento jurídico oferece àqueles que dispõem de meios para retardar o cumprimento de uma sentença.

“Enfim, é chegado o momento de cumprir a pena”, resumiu o decano do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, ao mandar prender Pimenta Neves, encerrando impressionante batalha judicial. Foram mais de 20 recursos apresentados pela defesa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2024
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Categorias

Bobagem!

O blogue do Xerife já tinha ‘cantado a pedra’ faz tempo. O prefeito que substituiu Carlos Eduardo Alves na prefeitura de Natal ‘admitiu” hoje (02),

Leia Mais

Robinson Faria de olho em 2018

Com o empréstimo de R$ 698 milhões aprovado pela Assembleia, o governador Robinson Faria (PSD) vai colocar os salários dos servidores em dia, investir na

Leia Mais