Prefeitura de Mossoró lança plano contra Aedes e decreta estado de emergência

dengue

O Município de Mossoró passou a contar a partir desta quinta-feira, 17, com um Plano Municipal de Enfrentamento ao Aedes aegypti, mosquito transmissor de doenças como Dengue, Chikungunya e Zika. O lançamento foi feito pelo prefeito Francisco José Júnior no auditório da Estação das Artes Eliseu Ventania. Na ocasião, também foi decretado estado de emergência.

O documento norteará todas as ações do município de prevenção e combate ao vetor, que se darão de maneira integrada entre 15 secretarias do município e diversas organizações não-governamentais. O plano prevê mobilizações sociais, mutirões em bairros e diversas estratégias de monitoramento e de combate ao mosquito.

Índice de infestação predial e agravantes

De acordo com o Ministério da Saúde, o índice de infestação predial – quantidade de imóveis onde se encontram as larvas do mosquito – é de 5,7%, situação considerada muito grave. O recomendado é que este índice não ultrapasse 1%.
Outro agravante, segundo o Programa Municipal de Combate à Dengue, é que Mossoró possui uma média de 50 mil tonéis ou potes abertos que propiciam a proliferação do mosquito. Além disso, 10 em cada seis casas possuem focos de dengue. Os bairros de Planalto e do santo Antônio são os que possuem maior concentração de focos do mosquito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

julho 2022
DSTQQSS
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Categorias