Prefeito discorda dos números anunciados pelo CENSO 2008 e deseja nova recontagem

O prefeito de Caicó, Bibi Costa, não ficou satisfeito com o resultado apurado pelo CENSO 2008 e já cuidou de tomar uma providência: Encaminhou um documento ao IBGE onde consta provas concretas de que várias pessoas da cidade que não receberam a visita do recenseador e, portanto, não foram contabilizadas na contagem geral da população.

O prefeito disse ter provas de que em pelo menos dois bairros da cidade, mais de 200 pessoas não foram notificadas pelo CENSO 2008.

Pelo último resultado apontado pelo IBGE a população de Caicó diminuiu. O fato poderá trazer reflexos para uma possível queda na arrecadação municipal. Ou seja, o FPM – Fundo de Participação dos Municípios, principal fonte de arrecadação de qualquer prefeitura, poderá cair. Uma nova recontagem deverá ser feita.

Respostas de 4

  1. Tio Patinhas já foi tomar providências pra saber se é verdadeiro ou não os números do IBGE… e o medo de não ter dinheiro pra reeleição do ano que vem?

  2. voces politicos nao trabalhan para garantir o desenvolvimento da regiao e depois reclamao, falta emprego e novas empresas para gera renda e emprego.
    vamos cria um pouco de vergonha na cara o povo ta indo para a capital

  3. Direito de Defesa

    Venho através desta esclarecer algumas informações que foram divulgadas pelo prefeito Bibi Costa.
    Sou um recenseador e trabalhei no recenseamento da cidade de Caicó. Os recenseadores estão sendo prejudicados pelo que o prefeito anda divulgando em uma rádio de Caicó.
    Ele diz que o recenseamento foi mal feito e os recenseadores não trabalharam direito.
    Ele está equivocado, parece que ele não conhece a realidade do nosso trabalho. Falar mal do nosso trabalho é fácil, mas fazê-lo não é para qualquer pessoa.( É tanto que houve concurso público Federal).
    Tivemos algumas recusas e nesses casos chamávamos nossos superiores para conversar com os entrevistados e em alguns casos os moradores estavam viajando, então não era possível fazer a entrevista, mas constantemente os recenseadores voltavam a essas casas para verificar se ainda continuavam fechadas.
    Após o recenseamento verificou-se que algumas casas permaneciam fechadas, porém nossos supervisores chamaram os recenseadores que mais se adaptaram no trabalho e começamos a fazer a RECOLETA de dados. Apenas nas casas fechadas, vagas e de uso ocasional obtivemos um ótimo resultado.
    Com relação às pessoas que dizem que não foram recenseadas podemos ilustrar da seguinte forma.
    Se em uma casa residiam 4 pessoas, não era obrigado que todas as pessoas dessem as informações, bastava que apenas uma respondesse às informações sobre seus familiares, mas, por falta de comunicação, os outros achavam que não tinham sido recenseadas.
    Houve ainda casos onde moradores foram a algumas rádios dizer que não tinham sido recenseados e quando nossos superiores procuraram seus dados em nosso sistema, verificaram a existência de recenseamento dos mesmos.
    O prefeito quer jogar a população contra os recenseadores. Ele não tem embasamento para desqualificar o nosso trabalho.
    A população de Caicó não diminuiu, mas aumentou, infelizmente não foi na mesma proporção que se esperava, resta saber os motivos para tal situação.
    Continuo trabalhando na Coleta Descentralizada fazendo o censo agropecuário e venho recebendo crítica injusta. Empenhei-me ao máximo,mas como o resultado do censo contrariou algumas pessoas de Caicó, todos os recenseadores foram taxados de incompetentes, coisa que não somos.
    Tivemos problemas durante o recenseamento, mas todos foram solucionados. E por que caicó não cresceu ? Seria bom analisar…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

Cotas para ladrões

O TSE cassou 25 minutos de propaganda partidária do PT e 20 minutos do PMDB. Não porque financiaram suas campanhas com dinheiro roubado, e sim

Leia Mais