Prefeito de Alto do Rodrigues usa dinheiro público para se promover até em velórios.

COROAE1 Prefeito de Alto do Rodrigues usa dinheiro público para se promover até em velórios.Em tudo, o prefeito Eider Medeiros quer tirar proveito e fazer promoção do seu nome e a conta quem paga é a prefeitura, ou melhor, o povo. Em vários velórios, nota-se uma coroa de rosa, enviada pelo prefeito Eider e a primeira-dama, Jaqueline Medeiros, até aí tudo bem, se a coroa fosse paga o dinheiro do casal.

Mas no seguinte, alguém da funerária ou da prefeitura vai até a casa do parente, para pegar os documentos, para fazer empenho e a prefeitura pagar a coroa que foi ofertada pelo casal. Suspeita-se que em alguns casos, o empenho é do serviço de velório completo, onde há pessoas que já pagam planos funerários, não precisando da prefeitura.

É a segunda vez que o prefeito usa o sentimento das pessoas para se promover, a primeira vez foi quando fez uma pequena reforma no cemitério público e gastou nada mais, nada menos do que R$ 75 mil só com fogos de artifício.

Impessoalidade

Segundo o professor de Direito, Leandro Cadenas o Princípio da Impessoalidade alerta para os gestores públicos tomarem cuidado com promoção pessoal. “A publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos deverá ter caráter educativo, informativo ou de orientação social, dela não podendo constar nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou servidores públicos.” diz o professor de Direito Administrativo.

A atitude do prefeito em divulgar o nome dele e da esposa já configura uma promoção pessoal e não deveria ser pago com dinheiro público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

Demissões na Barragem de Oiticicas

Vários funcionários que prestavam serviços nas obras da Barragem de Oiticicas, na região do Seridó, foram demitidas. O consórcio responsável pela obras explicou o motivo.

Leia Mais