Precatórios TJ: Casal acusado com destino incerto

A Tribuna do Norte destaca que as acusados de liderarem um esquema de desvios no setor de precatórios do Tribunal de Justiça do Estado, George Leal e Carla Ubarana, foram retirados ontem de suas celas, após solicitação do Ministério Público Estadual, para prestarem depoimento. Até o fechamento dessa edição o casal não havia retornado para os respectivos centros de detenção. A informação foi confirmada por cinco fontes no sistema prisional e na Polícia Militar e pelo advogado Felipe Cortez, que disse não ter sido informado acerca do local para onde os dois foram levados e nem acerca dos motivos da saída.

A única fonte a negar a retirada dos dois presos foi o próprio Ministério Público Estadual. A promotora Patrícia Antunes afirmou, segundo a Assessoria de Comunicação do MPE, que não tinha conhecimento da movimentação dos presos. De acordo com fontes do jornal, o documento que oficializou a saída dos presos foi assinado pela própria Patrícia Antunes. O advogado Felipe Cortez, que disse não ter sido informado da saída dos presos, anunciou que irá renunciar à causa.

“Estive com George na noite de ontem (segunda-feira) e não fui informado de nenhuma saída. Liguei hoje para o presídio e confirmaram os fatos. Acho que houve quebra de confiança e amanhã (hoje) mesmo vou renunciar à causa”, afirmou Felipe Cortez. A reportagem da TRIBUNA DO NORTE entrou em contato com outro advogado que atua na defesa do casal Ubarana. Marcos Braga também disse não ter informações sobre para onde o casal foi levado e nem o motivo da saída.

CLIQUE AQUI para conferir matéria completa

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Categorias